Violada Na Ilha, Xaninha Chorou Engolindo Um Pau

08 de Abril de 2018 Songeun Aventura 188

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Oi neste domingo a temperatura estava dezoito graus um tempo normal nem calor nem frio.
Estava cansada da rotina escolar aos 15 anos eu sentia falta de diversão, meu tio tinha uns 28 anos.
Pra minha sorte meu tio me ligou dizendo que ia passear de lancha dando um volta em torno da ilha muito linda aqui em Itanhaém.
Me animei na hora falei com minha mãe e ela deixou contando que eu não dormisse fora sem avisar.
Tomei um banho coloquei minha calcinha rosa coladinha na minha bocetinha raspadinha formando três caminhos desenhando o formato da minha pepeca.
Sem sutiã vesti um tomará que caia sem as costas com um belo decote que só cobria as auréolas rosadas dos meus peitinhos.

Junto uma mini saia rosinha bem atrevida com dois palmos acima do joelho e rente com a polpa da minha bundinha empinada redondinha.
Meu tio buzinou o carro que era uma S10 eu desci voando com uma mochila cheia de roupas, repelente para afastar os mosquitos e algumas peças de roupa bem como meu biquíni completo.
Chegando ao clube meu tio deu as chaves para o manobrista estacionar o carro, fomos para a lancha que já estava na ancorada na água junto ao clube.

Entramos meu tio já foi para o assento do condutor porque tinha carta registrada para pilotar lanchas e barcos de pequeno porte.
Quando saímos fui toda feliz para perto do meu tio e o abracei feliz mas algo me deixou curiosa, quando ele me abraçou senti seu pau muito inchado e rolisso me apertando a barriga e ele me deu uma pegada na minha bundinha redondinha que minhas pernas tremeram de tesão e medo.
Ali já desconfiei que ele não tinha me chamado a toa, tinha algo em mente pois seu olhar me devorava com seu desejo íntimo.
Sentia uma grande atração física por meu tio porque ele era muito determinado no que queria.

Ele era um pouco gordinho mais lutou na academia para perder peso, ganhar massa muscular e definir a barriga.
E conseguiu ficar em forma dentro de três anos ao ponto que chamava a atenção quando tirava a camisa pois sua barriga agora parecia um tanquinho.
Bem definida retinha com aqueles cabelinhos lindos que começava do umbigo para baixo nossa que tesão, minha bocetinha ficou toda empapada escorregando melzinho que molhava minha calcinha.
Quando ela fazia aquela pose de homen musculoso parecia o peitoral do Bruce Lee, Aiiiiii que macho sarado.

Meu tesão só aumentava... Então após meu tio ligar o motor da lancha demorou uns vinte minutos para chegarmos até uma linda ilha enorme.
Meu tio ancorou a lanchonete um pouco longe e me disse que ia nadar até lá pois as águas eram cristalinas dava para ver os peixes um lindo lugar para mergulhar.
Então o safado se levantou tirando a camisa regata, o short sorf ficando de sunga vi por alguns segundos um pau muito grande e grosso
Ele me disse:
-- Vem não vai mergulhar nessas águas lindas?
Me levantei arranquei minha camisa e mini saia
Ficando só de calcinha e sutiã pulei na água junto com meu tio.

Nadamos um bocado mas aconteceu algo muito especial entre meu tio e eu, quando mergulhei junto com ele o safadinho me abocanhou minha xoxota por cima do biquíni, tirou meu sutiã beliscou o biquinho dos meus peitinhos durinhos os chupando com vontade já fora de controle.
Subimos sai da água muito assustada meu tio veio atrás mas eu gritei pra ele ficar longe de mim, ele me disse que não conseguia embora já tivesse tentado e não conseguia se segurar quando me olhava toda molhadinha.
Eu disse muito decepcionada:
-- Mas não podemos tio, eu sou virgem e nem sei fazer essas coisas apesar de já ter visto alguns filmes eróticos.

Ao dizer isso me virei dizendo que ia voltar ao barco porque queria voltar para casa mas ele num gesto desesperado me virou com força e tirou sua sunga deixando o cassete pular para fora.
Me assustei com o tamanho, grossura e o cabeçote estava roxo totalmente inchado cheio de nervos. Me virei chorando pois eu queria é cair de boca mas não podia nem tinha coragem.
Meu tio falou meio bravo:
-- Deixa disso sei que você gosta acha mesmo que não vi você no banheiro se masturbando.
Respondi toda envergonhada:
--Aiiiiii tio o senhor viu? Que vergonha!
Me abraçou tirando meu sutiã enchendo as mãos nos meus peitos.

E me levantou do chão eu estava de costas para ele, fazendo minha calcinha entrar todinha marcando a bocetinha e meteu a mão judiando do meu clitóris durinho.
Rasgou minha calcinha me virou de frente para ele Achei que ele ia se ajoelhar mas me surpreendeu muito.
Me deu um tapão nas nádegas me mandou por as minhas mãos no chão, fiz com medo de me recusar ele todo nú levantou minhas pernas me deixando de ponta cabeça.
Então ele se abaixou com a boca até minha bocetinha molhada abocanhou a chorona me erguindo me abraçando forte pela cintura.
Ao me erguir me deixou de cara para a tora e foi quando caí em mim e vi que não conseguiria sair dali então me entreguei peguei a tora e Engolindo seu pau senti ele se estremecer.

Meu tio me desceu com os pés no chão me levou na beirada da água onde a água batia nas minhas coxas, me ajoelhou vindo junto me mordia as costas apertando meu grelinho duro me chupando o pescoço e beliscando os biquinhos durinhos dos meus seios colocou a tora na entradinha da minha chorona forçava mas não entrava e causava uma leve dorzinha
Me sarrada a bocetinha me fazendo soltar um melzinho que saia da minha xoxota e passava na entrada da mesma.
Me deixou em pé com as pernas bem abertas na beirada da água quando voltou a forçar a entrada o cabeçote deslizou para dentro da minha bocetinha.

Dei um grito agarrando seus braços ele entendeu meu recado e parou um pouco sem tirar de dentro.
Queimava mas sentia uma sensação muito gostosa pois senti aquele pauzão pulsar dentro da xotinha.
Voltei a rebolar devagarinho naquele mastro daí meu tio empurrou tudo com tanta força que entrou me rasgando gritei alto:
-- Áaaaaaahhhhhhhh........caaaalmaaaa.....tioooo... minha....pepecaaaa....... tá.....ardendoooooo....paaaaaraaa....nhummmm...tiraaaaaahh...
Senti tanta dor misturada com prazer que joguei meu corpo para trás tentando segura-lo para me ajudar a aguentar quando ele entendeu que eu precisava dele me abraçou forte beijando minha boca mordendo levemente meus lábios.

Tirou sua rolona com tudo e não aguentei caí de joelhos na beiradinha da água, ele me grudou pelos cabelos me dizendo que eu era muito apertadinha.
Sentou sobre uma toalha me puxando para o seu colo, me soltei me entregando ao desejo
Sentei na sua pica ela segurando em seus ombros.
Senti ao poucos minha boceta molhada ir envolvendo, agasalhou toda a sua trolha.
começei a cavalgar feito uma putinha, com muita vontade eu rebolava gostoso, nos deitamos comecei a cavalgar naquele mastro lisinho e cabeçudo, me comia todinha com furor e desejo travava e gemia.

- aiiiii.........aiiiii....me...fode..... pauzão....nhumm. gozandooooooooooo........ gostoooosoooo.
gozei tão gostoso no pauzão grosso, latejando senti minha xotinha mordendo seu pau.
Que estava delicioso! Agora chupando meu cuzinho que estava uma delícia me arrepiava toda! Cheguei ao seu ouvido e com seu dedo massageando meu cú
- Deixa eu comer seu cuzinho?
- aiiii safadinho.....mete..... gostoso....mete.....vai logo seu taradão 
Me colocou de quatro dando uma última babada no meu cuzinho se arrumou atrás de mim colocando a cabeça na entrada do anelzinho e forçando a entrada escorregava para o lado.

Ele já aborrecido ia desistir mas ficou revoltado e me deu uns tapas fortes na bunda as marcando.
me pagou pela cintura e disse que eu ia sentir sua fúria.
Passou na entrada lambusando e forçou a entrada, senti minhas pregas cederem engolindo todo seu pau.
Uma dorzinha muito forte me obrigou a pedir para ele parar mas não me deu ouvidos e voltou a empurrar atolando toda a tora dentro da minha xoxota.
Mordia travesseiro daí ele se curvou precisando seu corpo sobre o meu fazendo sua jeba entrar mais fundo ainda.

Me virava para beijar-lo enquanto ele me fazia carrinhos apertando meus peitinhos durinhos agarrado na minha cintura.
Metia os dedos dentro dentro da minha bucetinha.
Tirou aquela rola delícia do meu cuzinho fiquei brava resmungando mas ele se sentou sobre uma toalha me chamando para sentar.
Fiquei de joelhos beijando meu tio enquanto ele pincelava a cabeça da rola na entrada da minha bucetinha ameaçando colocar mais não me penetrava.
Me segurei no seu pescoço jogando minhas pernas para frente daí ele meteu a rola com tudo eu fechei meus olhos abre a boca me jogando para trás sentindo aquela delícia de pau entrar me rasgando.

Cavalgando como uma doida me acabava naquele mastro, minha xotinha apertadinha se contraia espremendo seu pau bem gostoso deixando meu tio todo fogoso.
-- Aaaaaah.....como.... você... é.... apertadinha......gostosaaaaa!
Falei bem dengosinha:. -- Não é muito apertadinha é esse pau Delicioso que é muito Grossão tesudo.
Ele passou a me decorar com vontade parecia um cavalão me disse:
-- Áaaaaaaaaaiiiiii....que...boceta.... gostosaaaaa.....senta....bem....gostosoooo....linda...deliciosaaaaaa...

Eu me contorcia todinha naquela Vara sentindo meus peitinhos durinhos sendo mosdiscados e sugados me levando a loucura.
Meu tio me jogava para cima e me puxava com tudo metendo até o talo.
Arrancando gemidos prazerosos que vinham da minha alma mediante ao prazer que me proporcionava.
Meteu muito em mim sem preconceitos éramos um homem e uma mulher nos entregando ao nosso desejos mais íntimos nos amamos muito uma delícia.
Não aguentei e me tremendo toda gosei na sua rola gostosa ele ainda meteu muito e tive mais quatro orgasmos.

Me deitou com a tora cravada na minha xotinha me deixando com as pernas abertas me comendo sem cansar, numa animalidade violenta.
Enquanto me devorava a bucetinha me beijava mamava os biquinhos durinhos dos meus peitinhos se esfregando todo em meu corpo se movimentando em cima de mim como uma cobra correndo em meu corpinho, lambendo meu pescoço me chupando agarrou minhas mãos e entrelaçados nossos dedos metia muito com furor e muito desejo me arregaçando todinha daí gosou quentinho bem no fundo da minha xoxota.

Ficamos grudados ardentes e eu esperava que seu pau amolecesse mas permaneceu duríssimo e voltou a me destruir com movimentos fortes atolando toda a rola na minha bucetinha.
Eu sentia minha xaninha chorosa toda arregaçada que já estava ardendo toda dolorida de tanto levar cassete mas ainda assim cada estocada profunda me fazia estremecer, aiiii que delícia de piroca!
Falei toda dengosinha já dolorida:
-- Áaaaiiiiiii....nhummm..... amorzinho.... já......chegaaaa.... tô....toda.... dolorida........calmaaaa.....meu.... tiozão....gostoso....vai..... devagarinho....Háiiiiiiiiiiii....óooooooohhhhh.

Sendo fodida daquele jeito tão gostoso o tarado aindaaaaaa me dava mais prazer, virou-me meio de ladinho esfolando minha bocetinha levou os dedos os repousando no meu grelinho duro e apertava o coitadinho eu fechei as pernas apertando sua jeba maravilhosa e gemia com meu grelinho sendo judiado a tal ponto que me mijei todinha estremecendo na sua rola.
O empurrei desencaixando a rola da minha xoxota e me levantei me estremecendo falei:
-- Aaiiii.... já....chegaaa....tioooo....por...favooor...... não.....aguentoooooo.....m...mais!
Meu tio ficou furioso correu atrás de mim me agarrou pelos cabelos e deu palmadas nas minhas nádegas.

Gritou comigo quase arrancando meus peitinhos chupando todos passando a língua, se ajoelhou caindo de boca aberta na minha xotinha apertadinha enfiando a língua quentinha me chupando todinhaaaaa:
-- Tá querendo apanhar Songeun? Quem manda aqui é o seu macho entendeu me dá essa bocetinha raspadinha aqui! Agora vou te rasgar ao meio.
Me abriu as pernas passando cada braço pela cova dos meus joelhos, me erguindo do chão socou toda a tora até o talo.

Começou a me comer no ar me jogando para cima e atolava toda a rola de uma só vez na xotinha, nos deitamos sobre a toalha bem devagarinho depois voltou com todo seu furor me comendo com tudo como um animal no cio.
Me abraçou bem gostoso de maneira que não dava para escapar mesmo porque eu não queria sair dali nunca mais.
Só queria me sentir desejada e possuída daquela maneira pela minha vida toda.
Me ergueu no ar pela cintura e devorou minha boceta molhada muito gostoso.
Gosei naquele momento como uma cadela na rola de um cão feroz.

Me comendo até que não aguentando mais disse que ia gosar e me disse:
-- Saí.....nhummm.....vou....gosar.....Songeun....sai....logo.....dessa....varaaaaaaahhh.
Falei rebolando gostoso no seu caralho:
-- Naaaaaaaaooo.....querooooo...gosaaa... nhuaaaaiiiiiii......em.....mim.....vai....tioooooooo.....pauzudoooooooo!
Daí se grudou ainda mais forte com um abraço que tinha a força de um leão gosou quentinho me enchendo de porra.
Ficamos engatados ali e senti sua pica ainda dura.

Mas estávamos exaustos por isso descansamos juntos ali e liguei para minha mãe avisando que estávamos bem mas dormiriamos fora.
Pois estávamos um pouco longe e tínhamos que ancorar o barco para jantar em um restaurante.
Mentira a noite já caia fomos nadando até a lancha subimos e fomos tomar um banho nos preparando para o jantar.
Perguntei para meu tio o que tinha para jantar:
-- Linguiça calabresa grossa na bocetinha!
Rsrsrsrs respondi alegre:
-- Aiiiiiiiiiiiiiiiiihhhh... quê...... delícia....eu...quero!
Essa história fica para a próxima!


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
meu tio tirou meu cabacinho delicia adorei há menos de 1 hora

Entramos na casa de meu tio, ele me sentou em um banco, eu quase que desmai...
laureen Incesto 3


meu pai fudeu minha bucetinha bem gostosinho há menos de 1 hora

Desde menininha eu via meu pai fudendo minha mãe e Desde menina via meu...
laureen Incesto 5


tirei o cabacinho da minha prima fogosa buceta del há menos de 1 hora

tirei o cabacinho de minha priminha gostosa Eu morava um pouco distan...
laureen Heterosexual 6


o safado gozou na minha calcinha e bucetinha,metrô há menos de 1 hora

gozou na minha calcinha e bucetinha no metrô, Meu nome é Mel ,loir...
laureen Fantasias 8


DE VOLTA À PIZZARIA - Capítulo 38 há 9 horas

DE VOLTA À PIZZARIA CAPÍTULO 38 ATENÇÃO ESSE É O TRIGÉSIMO ...
carlaomg Traição/Corno 15


Dando a bucetinha para meus sobrinhos tesão delici há 3 dias

Boa noite sou Bia e tenho 30 anos branca com cabelos escorridos e falsa ma...
laureen Incesto 164