A CRENTE CASADINHA E O CARINHA DO BUSÃO (DESPEDIDA

09 de Novembro de 2018 Tigresolitario Aventura 380

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Olá queridos leitores, continuando o conto anterior PARTE 2- A crente casadinha e o carinha do busão
-Acorda amor...acorda...
- humm....vc me matou, vc me matou....desculpa...
- Lana, que isso...o que vc esta dizendo
- hummm....
- vc estava tendo um pesadelo, o que vc estava sonhando?
- nada...
A visão ainda estava turva, ainda se acostumando à realidade...fiquei um tempo na cama, esperando a realidade...meu marido se arrumava...perguntei-lhe:
- vai aonde? Vc vai trabalhar?
- não, vou na minha mãe...
- hum...
- vc esta bem?
- sim, to
- vc estava gemendo, depois me xingou...tava sonhando com o que? Perguntou desconfiado.
- não sei amor, não sei....não lembro de nada.
- hum, murmurou.
A ida de Márcio a casa de sua mãe foi providencial, me levantei, comecei a arrumar as coisas e aos poucos fui me lembrando do pesadelo, senti um sinal de alerta soar em mim, mas uma vez o remorso por tudo que tinha acontecido nos últimos tempos me abatia, não posso continuar nesse caminho, imagina se meu marido descobre tudo, pensava...resolvi me acalmar, tomei um banho e fui assistir televisão.
De repente escuto alguém me chamar no portão, fui atender e era Rodrigo...
- er...oi...ta fazendo o que aqui?
- boa tarde pra vc tbm, respondeu sorrindo...
- ah sim, desculpe...boa tarde...tava cochilando.
-tudo bem delicia, posso entrar?
-Sim, mas...é....sem querer ser mal educada....meu marido daqui a pouco volta.
- Tá, sim...mas eu não vou te morder não gostosa, fica tranqüila...é que minha mãe contou que você ficou de passar um documento da escola pra ela e como eu vinha por aqui me ofereci pra buscar...ela tentou te ligar antes, mas não conseguiu falar ctg...
- ah sim, me esqueci...vc espera um pouco, eu ainda tenho que arrumar, é rapidinho, Entra.
Ele riu e entrou...
- quer alguma coisa, refrigerante, café?? Já almoçou??
- calma linda, fica tranqüila...só tem uma coisa que eu quero: você.
- para com isso garoto...não fala essas coisas...
- qualé Lana, desde aquele dia, desde que te vi La em casa que não paro de pensar em vc.
- Rodrigo, foi gostoso, foi maravilhoso aquela loucura do ônibus, mas eu sou casada, não quero mais fazer isso com meu marido e além do mais vc é filho de uma amiga minha.
-Qualé Lana, pó, ninguém vai saber de nada....vc não gostou de mim foi isso?
-Não, não é isso....vc é lindo, gostoso....mas...é...poxa....me entenda...
Ele não entendeu...Fez aquela carinha de menino chorão e resmungou:
- poxa, olha como que estou só de estar aqui perto de vc...
E tirou aquela piroca grossa e gostosa meio mole, meio dura... minha bucetinha piscou, minha boca encheu d´agua( eu não resisto a uma piroca grossa rsrsrs), mas tentei me manter firme:
- guarda isso garoto, ta louco( minha voz saíra do “NÃO!!!!” para o “não, quase sim”)
- olha...vc disse que foi bom, não foi?
- sim, foi.
- então, me da uma despedida então?
- como assim?
- vc não disse que não quer mais fazer isso, então, vamos ficar só essa vez, prometo que não vou mais te incomodar.
um sorrisinho maroto saíra nos meus lábios...
- ainnn Rodrigo, não faz isso...
- ah Lana, poxa, vc não quer!? Não esta sentindo vontade? Sabe como é pra mim, um garoto simples deixar um mulherão como vc atraída, poxa, é a realização de um sonho e o pior é que vc ta assim....toda gostosa com essa roupinha...meu deus do céu, tem noção de como eu fico aqui, olhando pra vc, te desejando...
-não é querer ou não
Ele se aproximou, pegou na minha cintura, percebeu que minha respiração estava ofegante, foi me beijando de mansinho na boca, no pescoço, falando coisinhas no meu ouvido...seus dedos apalpavam minha minhas coxas subindo até minha virilha...
- para Rodrigo, meu marido pode chegar.
- vai chegar não...vem pra mim vem,,....te quero amor.
- hmmmm Rodrigo paraaa, não faz isso...
Não tinha mais volta, eu já estava atracada aquele guri safado e aproveitador, minha mão já alisava seu pau e meus seios já estavam em sua boca, ele tentava sem sucesso sugar todo meu seio que mal cabia na sua boca, chupava como um bebe esfomeado e eu segurava melões por baixo pra ajuda-lo....minha perna automaticamente se ergueu se envolvendo em suas pernas e deixando minha grutinha ainda mais a mercê dos seus carinhos....rebolava em seus dedos e gemia gostozinho, eu já tinha me esquecido completamente da promessa que havia me feito horas antes...
Ele me deitou no sofá e caiu de boca na minha xaninha, eu gemia, me remexia e ele sugava todo meu melzinho...mordiscava meu grelinho e lambia até chegar no meu cuzinho como um cão bebendo água...eu só gemia e me deliciava, chegando ao gozo...a partir daí eu voltava a ser a laninha putinha crentinha casadinha...ansiava por pica, queria meu machinho dentro de mim, a porta que eu sempre tento fechar escancarava-se..
- seu safado....me fode vai, fode sua putinha, vai...supliquei...
Ele riu e com carinha de anjinho canalha, retrucou:
- vc gosta né, safada? Confessa vai...diz que ama essa rola, diz...
- amo..hmmmm amo essa pica, e batia ela na minha buceta, me fazendo dar gemidinhos torturantes
-então como é a ultima vez vc vai ter que aproveitar muito ela...
-me da ela vai, da rola pra putinha casada dá, faz o que o corno não sabe fazer
E lambia meus seios, fazia cara de vadia dengosa, ele me fez ajoelhar e bateu sua piroca na minha cara e me ordenou chupa-la, eu vadia submissa do jeito que amo ser tratada, obedeci; abocanhei aquela tora pulsante, engolia tudo, levantava seu pau e chupava seu saco, lambia, mordiscava, passava lingua na cabecinha, punhetava...
Meu homem me botou de 4 e me fodeu do jeito que mais gosto, sentia seu saco batendo, fazendo aquele barulho de tapa, após uns 5, 6 minutos bombamdo sem parar, ele anunciou o gozo....virei de frente e levantei meus seios pra receber leitinho, era tanta porra que não só meus seios, mas minha cara estava toda melada...
Após o torpor, liguei para meu corninho pra saber onde ele estava, ele disse que ainda estava na mãe e lá pelas 18:00 sairia de lá, tinha tempo, pensei, tempo suficiente para mais um round dessa última batalha..rodrigo já estava com tesão de novo e fomos para um banho regado a muita luxuria.
Devidamente limpos e cheirosinhos levei meu gostosinho para a caminha do corno( como dizia seu Joel, chifre bom é quando acontece na cama onde o corninho dorme) e como já havíamos feito as preliminares no banho, meu gatinho ficou me beijando por longos minutos sobre mim como se fossemos um casalzinho apaixonado... Rodrigo tem um beijo maravilhoso: forte, apaixonado, vibrante...sua piroca sozinha já encontrara o caminho da minha xaninha e já estava recebendo metidas amalgamadas ao beijo alucinante que dávamos...
Se antes fudemos com avidez, agora era calmo e gostoso, romantico e apaixonante...meu menino me mandou ficar por cima e assim o fiz,fiquei cavalgando devargarzinho, rebolava, jogava meus longos cabelos pra trás, mordia os lábios com os olhos fechados, enquanto Rodrigo apertava meus peitos com uma das mãos e às vezes me dava tapinhas na cara( coisa que me deixa ainda mais louca) tive uns 3 orgasmos seguidos ali...após me saciar era hora de fazer meu homem feliz....aumentei o ritmo da cavalgada, fazendo meus peitos quicarem e após um tempinho, o guri já se contorcia embaixo de mim...urrando e me xingando de tudo quanto era nome:
- vai vadia, cavalga porra..ahhh....me faz gozar sua puta safada...sua cadela.
- isso me xinga vai....me bate caralho( primeira vez que falava caralho rsrsrs), hmmmm ainnn ...mostra pra tua vadia que vc é quem manda...
Virei de costas pra ele sem tirar a pica de dentro, me apoiei nos seus pés e cavalgava exibindo meu rabão pra ele:
- vai safada, que delicia....que bunda maravilhosa essa puta tem, que visão deliciosa é essa.
Bastou mais alguns segundos assim e senti seu pau inchar dentro de mim, percebi que ele ia gozar e diminui o ritmo, rebolando e sentando devagarzinho... gozamos juntinhos...até hoje essa foi uma das melhores fodas que tive na vida, mesmo hoje, depois de já ter sido comida por vários machos essa foi uma das melhores que tive....
Caímos esgotados, agarradinhos...eu de bruços, ofegante e meu novinho ao meu lado, ainda com a camisinha abarrotada de porra...ficamos ali, quietos por alguns segundos, nos olhando e trocando pequenas caricias e estalinhos...até que ele rompeu o silêncio:
- essa é despedia mesmo?
-acho que sim, vc tem que aproveitar...
Eu ri, já meio sonolenta, como quem diz “e tu acha que acabou mesmo”... dormimos cerca de 1 hora ali, entre o sim, o não e o talvez, acordei assustada, já era 5 da tarde e dentro de uma hora o corno chegaria...
Rodrigo..amor..acorda
- Daqui a pouco meu marido chega, você precisa ir.
- deixa de bobeira gostosa, vem cá pra gente meter mais um pouquinnho...
- vc ta louco menino, vai, vai...
- só vou se vc me der uma despedida...
- Ainnn Rodrigo....
E ele ria, mordendo os lábios e balançando aquele pau gostoso pra mim, ele já tinha decifrado meu mapa do tesuro, sabia que eu não resistia aquele rostinho safado e eu ria maliciosamente vendo aquele menino tão bonito deitadinho, peladinho na minha cama, cheio de tesão por mim...
- Rapidinho ta, murmurei...
- quero especial, retrucou...
- que especial?
- no cuzinho...sussurrou no meu ouvido.
- eu apenas ri, enquanto chupava seu pau.
É óbvio que não foi uma despedida e a partir desse dia esse era o argumento jocosamente usado por Rodrigo toda vez que transavamos: a última, a despedida, a saidera, nos víamos cada vez mais...moteis, na minha casa, na casa dele, na rua...
Nesse dia Márcio chegou em casa e como sempre nada percebeu ...eu continuava me sentindo culpada e percebi que tal culpa era um dos principais combustíveis de minha lascívia. A transição entre a esposinha recatada que ia aos poucos sendo possuída pela vadia infiel era extremamente excitante e, estranhamente, deixava os homens ainda mais loucos de tesão por mim...
Resumidamente, tudo ia erradamente bem, até que recebo um telefonema de Fernanda me convidando pra ir a sua casa....

LEIA O MEU BLOGUE COM OS CONTOS ERÓTICOS: https://estoriasgospel.blogspot.com/


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
fudendoa bucetinha da enteada sexo gostoso demais há 9 horas

Olá. Hoje venho relatar como foi minha primeira vez com o meu padras...
laureen Incesto 66


FUDI GOSTOSO A BUCETINHA DA MINHA SOBRINHA há 10 horas

Minha sobrinha é muito safada e trepadeira. Chamo-me Marcos, tenho 4...
laureen Incesto 49


SOU TRANS E ELE IA ME BATER MAS ME FUDEU DEMAIS há 10 horas

Esse relato aconteceu em meados de 2010, eu tinha recém assumi...
laureen Gays 38


A MADRE SUPERIOR SAFADA há 12 horas

O que passarei a relatar a seguir ocorreu há uns três meses atrás, comig...
tigreraiado Aventura 44


Carol, a ruiva infiel e o estuprador há 17 horas

Carol, a ruiva infiel e o estuprador Carol, ainda vestindo o pijaminha ...
marcela Fantasias 56


Carol e o sequestro diabólico há 18 horas

Carol e o sequestro diabólico Carol e o marido, finalmente conseguiram ...
marcela Fantasias 33