Vizinho bonito e sensual

05 de Julho de 2014 Monica Contos Eróticos 4778

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Estava de férias do trabalho, aproveitei esse tempo para descansar e organizar algumas coisas pessoais e da casa. Com bastante tempo livre aproveitei também para fazer uma das coisas que mais gosto, passava as tardes sentada em meu pequeno jardim em frente a casa, onde lia até a chegada do crepúsculo. Foi em um fim de tarde desses que vislumbrei o regresso do meu vizinho que há tempos não o via, desde que se foi para um curso de formação em um centro de preparação para oficiais. Não me recordava muito bem dos seus aspectos físicos que agora me impressionavam e mexiam com a minha imaginação e libido. Notei que ele também havia me notado, afinal meus longos cabelos loiros e meu corpo magro, porém definido me tornavam atraente. Decidi que merecia além de um pouco de organização pessoal e boas leituras, um pouco de divertimento e que divertimento! Empenhei-me no meu objetivo, e as táticas foram logo planejadas em minha mente, teria de arranjar um jeito de esbarrar com ele e logo trocar contatos. Qual não foi a minha surpresa quando ao voltar no outro dia pela manhã da padaria encontrei com ele na entrada de sua casa, pelo jeito que ele se encontrava estava na cara que estava ali de propósito, ele também desejava me saborear. Como antigos vizinhos logo fomos nos cumprimentar e conversar sobre o que aconteceu enquanto ele estava fora, não sei o que dizia ao certo, pois não conseguia me concentrar direito com aquela protuberância de músculos na minha frente, ele gentil e atencioso como sempre me convidou a entrar em sua casa e tomarmos um café enquanto conversávamos. Não pensei duas vezes lógico, e prontamente aceitei seu convite observando uma faísca de malícia em seus belos olhos escuros. Sua casa era bastante confortável, fomos direto para a cozinha onde me sentei em um dos bancos do balcão enquanto ele falava e me preparava um café. Com o café pronto ele foi ao meu encontro sentando-se ao meu lado enquanto saboreávamos o liquido quente, semelhante aos nossos corpos ferventes de luxuria, nossos movimentos desajeitados tornava claro o desejo e a tensão sexual que se formava entre nós. Sem mais hesitar Rodrigo me enlaçou pela cintura e começou a me beijar ardentemente, a morder meu pescoço e lamber minha orelha, enquanto colava seu corpo no meu e me fazia sentir o tamanho do seu desejo brotando de dentro de sua calça, com isso meu corpo tremia com ânsia de ser possuída por aquele corpo másculo que me despertava tanta cobiça. Ele começou a desabotoar minha blusa e logo os meus seios rosados estavam em seus lábios, enquanto minha mão repousava dentro dos mistérios da sua calça que depressa pude sentir o quão enorme eram as armas daquele belo soldado, que com gosto eu o segurava masturbando-o e visualizando em seu rosto imenso prazer. Sem perder tempo suas mãos desceram mais e ele começou a acariciar minhas cochas e em seguida minha boceta que ansiava ser tocada por ele, suas mãos eram deliciosas e seus movimentos por entre minhas pernas me faziam gemer de êxtase, enquanto ele acariciava meu clitóris, fazendo minhas pernas oscilarem de tremulas devido ao intenso prazer. Em um movimento brusco virou-me e começou formar desenhos com as mãos em meu bumbum e quando eu menos esperava penetrou-me com vontade de costas, nesse momento pude sentir seu membro gostoso e pulsante dentro de mim, era tanto prazer que eu já não me lembrava nem me importava com nada, apenas sentia seus movimentos fortes e suas mãos deslizando sobre meu corpo. Rodrigo parou seus movimentos e levou-me em seus braços para a sala, onde me deitou no sofá e começou a me chupar com vontade, deslizando sua língua úmida por toda a minha boceta enquanto eu urrava de prazer e me contorcia, ficando cada vez mais molhada. Ele penetrou-me de novo e eu podia sentir seus movimentos dentro de mim proporcionando-me uma sensação fantástica de delírio, não suportando tanto prazer comecei a cravar as unhas em suas belas costas ao qual saltavam músculos rígidos, encerrando a nossa loucura em um intenso gozo inesquecível. Durante as minhas férias e depois com o início do meu trabalho repetimos várias vezes a dose, que melhorava a cada trepada, até finalmente ele ter que retornar as suas atividades no exercito, enquanto eu, bom eu aguardava novas férias.


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Eu tinha 13 aninhos e todos me fuderam no colégio há 5 dias

Eu tinha 13 aninhos e todos me fuderam no colégio Eu estudava numa escola...
laureen Virgindade 341


Perdendo a virgindade com a titia delicia buceta m há 5 dias

Perdendo a virgindade com a titia Paul, 18 anos,vou contar como perdi a...
laureen Virgindade 106


o pai da minha amiga comeu minha bucetinha gostoso há 5 dias

Aos 19 anos, após entrar na faculdade, conheci Karen, minha amiga que já ...
laureen Heterosexual 223


EU E A FER,,,,NOSSA COPA SÓ COMEÇOU,,,NOVOS AMIGOS há 6 dias

EU E A FER,,,,NOSSA COPA SÓ COMEÇOU,,,NOVOS AMIGOS,,,COMEÇO DE UMA NOVA ...
bodiar Traição/Corno 92


dando a bucetinha no trem sexo tesão há 6 dias

somos um casal normal, tarados por sexo e exibicionismo, essa ocorreu em ...
laureen Fantasias 161


melzinho da bucetinha para meu queiro papai há 6 dias

Abri a porta do quarto que só estava encostada e ao adentrar vi meu pai n...
laureen Incesto 253