Esposinha traída e vingativa... (p/ adultos (+18))

08 de Julho de 2014 PpedroMaia Contos Eróticos 7250

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria



Luíza é um doce de
mulher!!! Um doce cor de caramelo... um doce com par olhos negros e
levemente orientais, com cabelos combinando com os olhos, lisos e volumosos... Ela tem 1,62m de altura, seios médios muito
firmes, seus mamilos são da cor de vinho... lindos... ela também é
ligeiramente gordinha... Mas ela tem tantas qualidades que uns quilos
a mais dificilmente são percebidos, a menos que se queira olhar só
para seus defeitos... como fazia Fernando, seu marido...



- Lu... para de
comer... você vai explodir!!


Ela detestava essa
brincadeira...



- Ei... a comida está
sem sal.


E Luíza corria a
buscar o saleiro.



- Isso aqui está
muito salgado!


E ela se desculpava...



- Se desculpar não vai
mudar nada, sua anta!!!



Luíza sonhava com um
casamento perfeito e era muito recatada... mas seu marido não
ajudava... em nada!!! Era recatada mas estava de saco cheio... E como estava!!!



Como se não bastasse,
Fernando adorava escrever sobre suas “aventuras” sexuais e as publicava
num blog destinado a “contos reais”... Claro que Luíza não
fazia parte dessas histórias... e o pior é que todos os amigos e
amigas do casal sabiam, o que a deixava profundamente envergonhada.
Alguma coisa precisava acontecer!!! E aconteceu.



Um dia, ao levar o
filho para brincar, é vista e reconhecida por um amigo de longa
data... (na verdade foram um pouco mais que amigos no passado). Era o
Pedro que depois de certa indecisão, foi até ela...



- Oi... você é a
Luiza, não é? Nossa!!! Claro que é... Você não mudou nada...
Continuas linda!!! Teus olhos são inesquecíveis...


- Sou eu mesma,
Pedro... obrigada!!! Meus olhos são os mesmos... mas ganhei uns
quilos a mais.


- Ganhou o suficiente
para ficar no “jeito”!! 



E eles riram...



O fato é que eles
conversaram muito naquela manhã. E na próxima manhã conversaram
mais um pouco... e na outra... e estavam se vendo sempre que dava... e
sempre dava!! Até que num determinado dia o filho de Luíza foi para
a casa da avó... e os dois corpos passaram a manhã de um
determinado dia unidos na cama do Fernando...



E repetiram isso várias
vezes... Muitas vezes...

Fernando já era corno mas Luíza ainda não
estava totalmente satisfeita. Queria vingança por toda vergonha que
havia passado.



Um dia, ao chegar em
casa tarde da noite, Fernando se dirige à esposa com o carinho
habitual.



- Tem comida?


- Não...


- Não? Por quê?


- Vai pedir pra
gostosona loira que você escreveu no teu blog...


- Se eu for pedir e ela
fizer, nunca mais volto pra você!


- Então vai... é
melhor do que ficar me humilhando para nossos amigos... e essas
histórias nem devem ser verdade... tudo fantasia tua. Se algum dia
eu tiver certeza que você me trai, você vai ver...


- Não enche... vou ver
o quê??? Eu só te traio porque você é fria e chata. Um verdadeiro
“pé no saco”... qualquer uma é melhor que você!!!



PLIM... Como num passe
de mágica, Luíza teve a ideia de como dar o troco...



- Sou fria, é? Você
me dá uma chance... só uma chance... e eu provo que não sou
fria... e outra: você vai se arrepender de tudo o que me fez passar.


- Pois eu dou essa
chance... O que você vai fazer?


- Surpresa... só digo
que você vai se surpreender. Você não me conhece!!!



E após algum tempo, o
dia da grande vingança chegou... Luíza estava um pouco nervosa mas
tinha tudo planejado... Pedro seria seu cúmplice.



Em um dia normal, ao
voltar do trabalho na hora habitual, Fernando se depara com sua
mulher em traje de guerra, ou melhor, com uma roupa decotada,
comprada especialmente para a ocasião... Fernando riu...



- O que é isso? Cadê
o resto da roupa?


- Você vai ver amor...
vai tomar banho e volte cheiroso... Você prometeu me dar uma
chance...


- tá... só quero ver
onde essa palhaçada vai acabar...


- eu também quero...
(isso na voz mais provocante que o leitor possa imaginar)



E Fernando foi para o
banho e voltou com uma camiseta velha e bermudão... Tudo normal.



- Senta aí... ela
ordenou...


- Aqui?? Nesse banco
pesado??


- Sim...



Fernando sentou-se... e
imediatamente foi amordaçado... por uma fita adesiva daquelas bem
fortes... E ela não economizou e deu 3 voltas com a fita em volta da
cabeça do marido.



- Hoje você não vai
falar nada!!!



Fez um dos seios saltar
do decote... passou pelo rosto do marido e quando este foi
tocar-lhe... ela bateu em sua mão.



- Tire as mãos daí!!!
Hoje estou no comando... Posso fazer o que eu quiser, né?



Ele consentiu com a
cabeça. E ela prendeu seus pulsos com a mesma fita... prendeu os
pés... prendeu os pulsos nos pés... colocou o “animado” pau do
marido pra fora... e amarrou o resto... no banco. Era impossível ele se soltar. Vez por outra passava os
seios nele... e ele...



- Hummmmm


- Gostando??



E o marido fez que
sim...



- E olha que você não
viu nada... ainda...



Ela pegou o celular,
mandou uma mensagem... e 3 minutos depois a campainha tocou. E entrou
um homem com máscara de “Homem Aranha”... daquelas bem
coladas... O pau de Fernando abaixou, e ele...



- Huuummm hummmm hummm


- Gostando amor??


- Hummmm hummm hummm


- Que bom!!! Sabia que
você iria gostar...


- Hummmm hummm hummm


- Amor... olha ali. Eu
gravei você me permitindo fazer o que eu quisesse...


- hummm hummm hummm


- Quietinho aí...



E Fernando viu a mulher
jogar aquele estranho na cama... oferecer-lhe os seios, beijar aquele
rosto mascarado... e viu muito mais.



- Hummm Hummm


- Fica calmo
amorzinho... meu amigo ficará aqui por mais 3 horas... fique
calmo... Você ainda vai ver muito...


- Hummm Hummm hummm



E Luíza começou a
usar sua boca de forma habilidosa para levantar a blusa do
“estranho”, chupar seus peitos... oferecer-lhe uma massagem com
creme hidratante... O marido via a tudo incrédulo... Viu o pau do
Aranha ficar mais rígido após se encontrar com a boca da mulher
que ele tanto desprezara... Já estava muito arrependido... Sua
mulher é um tesão...



E Luíza notou que o
pau do marido começou a subir de novo.



- Olhe Aranha... o
corninho está excitado...


- Quer que eu goze
olhando pra você??


- Hummmmm


- Então tá amor...
Fica vendo o que ele sabe fazer... Presta atenção para aprender...


- Hummmmmmmm



E pôs seu amante
virado para o marido na beira da cama, sentou-se de costas para o
primeiro, peitos apontados para o segundo... Seus peitos estavam como
mísseis a serem lançados de uma plataforma suada... Fernando nunca
tinha visto os peitos da mulher tão duros daquele jeito...


E Luíza ficou ali....
cavalgando.... até que gozou loucamente... Olhando fixamente o
marido...



- Gostou corninho?


- Hummmm Hummmm...


- Vem Aranha.... me
pega por trás...



E quando o amante
estava socando cada vez mais forte, Luíza ameaçou chupar o pau
ereto do marido, mas logo desistiu.



- Hoje não quero
chupar nada pequeno...


- Está aprendendo
corninho? Está vendo como ele me pega? Pena que teu pintinho não me
faça gozar direito... como o dele... o dele... Hummmm



E Fernando viu sua
esposinha gozar mais uma vez no pau daquele estranho sujeito que nada
falava... e ficava a pensar onde aquilo iria parar... E quando pensou
que sua tortura estava no fim, viu o Aranha colocar sua esposinha
deitada, rasgou a máscara na altura da boca e começou a beijá-la...
suavemente, enquanto suas mãos deslizavam por aquele corpo suado...
E Fernando ficou loucamente excitado... ao perceber isso, Luíza
perguntou:



- Gostando corninho?


- Hummmm (fez que sim).


- Também estou
adorando... Quer que ele pare?


- Hum Humm (e Fernando
fez que não).


- Adoro corninho
assumido... (e riu maliciosamente)



E o Aranha passou a
chupá-la por todo o corpo... até parar naquela buceta molhada que
Fernando não lembrava mais do cheiro... e viu sua esposa gozar na
língua do estranho... e depois o Aranha meteu tudo, com violência...
e Luíza gozava, chorava, ria, gemia, gritava, gozava.... tudo ao
mesmo tempo... Fernando jamais presenciara uma cena daquelas, nem nos
habituais filmes pornôs... e jamais imaginou que sua esposinha
querida (querida???) fosse capaz daquilo... até que viu o estranho
gozar forte... Os corpos ficaram parados, abraçados por um tempo...
até que se separaram, sem nada falarem...



E Luíza virou-se para
o Aranha...



- Pronto... Por hoje
basta, tá??



E abriu a gaveta, pegou
a carteira do marido, tirou 100 reais e entregou ao estranho.



- Foi isso que
combinamos, né? E ele fez que sim...


- Espere um pouco...



Foi na sua própria
carteira, pegou mais 200 reais.



- Toma... Hoje você
mereceu muito mais... Pode ir.



E Fernando viu o
estranho se arrumar, abrir a porta de sua casa e sair... Estava lá,
sentado, amarrado, ainda de pau duro, sem saber o que fazer...



- Quer que eu te solte?


- Hummmmm



E Luíza cortou a fita
que tão bem prendia a boca do marido.



- Que porra é essa
mulher??


- Porra é essa é o
caralho!!! Porra é essa é você escrever 12 textos dizendo que
comia todo mundo e terminava dizendo: “Aquilo sim é que é
mulher... não a gorda que tenho em casa”!!! E sempre me tratando
como empregada... Pois saiba que já tinha dado para ele 11 vezes.
Empatei aqui... na tua frente... E quer saber??? Quero que você
escreva mais... cada vez que você me trair de novo, já sabe o que
vou fazer...


- Meu amor... juro que
não faço mais isso...


- Meu amor?? Agora sou
“meu amor”? Você é um babaca...


- Me desculpe... vamos
recomeçar...


- Jura que você quer
mesmo??


- Juro...


- Olha ali...



E ela lembrou a
Fernando que tudo estava sendo filmado...



- Olha (disse ela), se
você escrever mais uma vez sobre transas, vou postar um vídeo para
que todos saibam que você é corno manso, tá?



E só depois disso
soltou o marido... e falou em tom de quem estava no comando.



- Arruma essa bagunça
que vou tomar banho!!!


- Pode deixar...



Quando Luíza saiu do
banho tinha um chá quentinho esperando por ela. Fernando foi tomar o
seu (banho), deitou-se ao lado da amada esposa, implorou um pouco de
carinho, mas ela estava muito cansada...



- Amanhã, amor...
amanhã...



E naquela noite e em
muitas outras noites Luíza sentia a cama balançar levemente... era
sinal que o marido estava “se virando” sozinho.



Enquanto Fernando
passou a ser o marido mais atencioso e apaixonado do planeta, sua
mulherzinha querida recebia ao menos duas vezes por semana a visita
do amigo Pedro. Impressionava o quanto eles tinham a “conversar”!!!


 




Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
buceta deliciosa da minha tia há 14 dias

Minha tia é uma mulher de 39 anos, uma coroa muito enxuta, toda trabalhada...
laureen Incesto 30


quando fui comer um cuzinho apareceu uma bucetinha há 15 dias

quando fui comer um cuzinho apareceu uma bucetinha tb demais sexo gostoso r...
laureen Grupal 74


Fodendo Gostoso com o Veterinário da nossa Fazenda há 15 dias

"Fui tomar um banho antes que faltasse luz, eu estava em um misto de apr...
dammasafada Aventura 61


ENTRE TAPAS E BEIJOS COM MINHA TARADA! há 15 dias

Há anos que não visitava aquela cidade litorânea e como teria que ficar ...
luiz_sanches Hetero 47


Futebol e Sexo - Sempre tem um cuidando do alheio há 17 dias

Herbert e Luzia, um casal jovem, ele com seus 23 anos e ela com seus 19 ani...
juck Aventura 67


Como desvirginei a putinha de minha filha delicia há 19 dias

Como desvirginei a putinha de minha filha, delicioso tesão demais,bucetinh...
laureen Incesto 236