Batendo uma punheta para a vizinha ver...

13 de Julho de 2014 challenger Contos Eróticos 60780

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Todas as vezes que eu vou visitar meus pais e minha irmã, fico de olho na vizinha deles, uma loira que adora malhar na sua casa e além de linda é muito gostosa. Sei que ela não me olharia, não porque sou feio (ou tarado mesmo), mas é pelo fato que ela é casada e o seu marido é do tamanho de uma porta, assim como a mesma largura. 

   Eu só tenho 1,85, moreno, cabelos curtos e bagunçados, magro mas forte, com peitoral e barriga travada, assim como coxas torneadas (de tanto futebol e corridas morro acima), olhos castanhos claros e um cacete que eu adoro mostrar para as mulheres. Não é grande e nem muito pequeno, mas é grosso e bonito....eu acho meu pau bonito, essa é para fazer rir.

   Acho que minha vizinha se chama Helen e só dá para vê-la malhar da janela do quarto da minha irmã, que era no segundo andar da casa. Ainda bem que minha mana foi para a academia e meus pais estavam dormindo. Já sabia mais ou menos o horário que a minha vizinha malhava, lá pelas três da tarde, sempre no mesmo lugar, um quarto que ficava no térro, com uma grande janela. Hoje ela estava usando um macacão rosa com bolinhas brancas. Quando começou seu aquecimento, eu coloquei minha mão dentro da calça, alisando minha rola e vendo ao redor para que ninguém possa me ver. Barra limpa, vamos ao que interessa.

   Minha vizinha era magra, loiria, com cabelos até a cintura, bundinha pequena, pele branca e tinha seios médios, redondos. Sei que são de silicone, porque anos atrás ela tinha peitinhos pequenos. Apesar do quarto da minha irmã ser no segundo andar, dava para ter uma visão muito boa daqui, e ela estava com o cabelo preso, tipo rabo de cavalo e batom rosa, e daqui pude perceber que ela não usava calcinha, estando com seu macacão bem enfiado na sua bunda, deixando sua buceta com desenho bem marcante.

   Meu pau já estava duro quando coloquei para fora da calça e comecei a bater uma punheta de leve, imaginando estar encoxando aquela bunda. Por alguns momentos fechava meus olhos, com a minha mão apertando meu cacete. E numa dessas fechadas rápidas de olhos, não percebi que minha vizinha percebeu o que eu estava fazendo e ficou ali parada, enquando eu continuava a bater punheta. 

   Quando abri meus olhos, ela me encarava e eu é claro, envergonhado, parei na hora, guardando meu pau dentro da calça, mas não conseguia me mexer, ficando paralisado com ela me olhando. Mas não tinha raiva e nem vergonha no seu olhar, apenas me olhava. Nisso, soltou ses cabelos e começou a se acariciar, me olhando nos olhos. Ainda com meu pau mole, não poderia acreditar no que estava vendo. Ela continuou se acariciando, tocando com suas mãos, por cima do macacão, seus seios, sua barriga e entre suas pernas. Sua língua ficou fora da sua boca, lambendo seus lábios e ainda me olhando. Meu cacete começara a ficar duro novamente, tendo eu que tirar de dentro da calça, pois estava doendo de tão duro que ficou.

   Recomecei a bater minha punheta, com ela olhando e se tocando. Então ela ficou no chão, de quatro, empinando sua bunda, que estava maravilhosa naquele macacão. Ela me deixou louco de tesão, quando eu comecei a pensar em sair daquele quarto, pular o muro e atacar minha vizinha. Mas vai que ela estava fazendo isso justamente porque não pode trair seu marido. Porra, para de pensar e continua batendo a punheta!

   Eu pensava eu agarrar aquela loira gostosa naquela posição, puxar seus cabelos e fuder sua buceta até gozar dentro, para depois melar meu pau naquele rostinho perfeito dela. Minha vizinha ficou de barriga para cima, massageando com sua mão entre suas pernas e agora, colocando sua outra mão dentro do seu macacão, apertando seus seios. Fazia uma cara de puta que estava me tirando do sério. 

   Nisso, minha irmã havia chegado, entrado no quarto e ficado chocada com o que eu estava fazendo. Expliquei que ela tinha que ficar quieta e veio discretamente ver a minha vizinha, que estava de olhos fechados, se masturbando na sua casa, enquanto eu batia uma punheta aqui em cima. Eu e minha irmã éramos safados e temos nossas histórias. Minha irmã trancou a porta, tirou toda a sua roupa e deitou-se na cama, para me ver e se masturbar também. 

   Foi quando a minha vizinha se levantou e começou a tirar seu macacão, me deixando louco de tesão. Abaixou a parte de cima e fez questão de mostrar como seus seios siliconados eram durinhos e empinados, fora que são lindos. Continuava a bater punheta, só que mais rápido. Quando tirou todo o macacão, ficou novamente de quatro, arreganhando sua buceta rosada e enfiando seus dedos dentro dela. Virou seu pescoço para me olhar no exato momento que eu comecei a gozar. Gozei de emporrar meu líquido branco na janela, deixando a porra à mostra e gemendo de excitação. Minha vizinha me deu tchau, pegou suas roupas do chão e saiu. Eu, com meu pau duro, saí da janela, e fiquei em pé, de frente para a minha irmã, que batia sua siririca, olhando para mim e mordendo seus lábios, gemendo baixinho e se contorcendo na cama. Resolvi ajudá-la, colocando dois dedos meus dentro da sua xaninha molhada. Aí que ela realmente ficara louca, subindo e descendo sua bucetinha, até gozar na minha mão.

   Ela ficou ali, toda entregue e jogada na cama, me olhando e rindo com sua boquinha safada. Ouvi um carro chegando, era o marido da minha vizinha, que acabara de ser "corneado", rindo eu desse pensamento...


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Dando a bucetinha para meus sobrinhos tesão delici há 2 dias

Boa noite sou Bia e tenho 30 anos branca com cabelos escorridos e falsa ma...
laureen Incesto 99


DE VOLTA À PIZZARIA - Capítulo 37 há 2 dias

DE VOLTA À PIZZARIA CAPÍTULO 37 Aviso aos seguidores que, após qu...
carlaomg Traição/Corno 38


DENTRO DO ONIBUS ELE ENFIOU O DEDO NA MINHA BUCETA há 3 dias

Sou Mel , tenho 25 anos ,seios fartos ,bunda arrebitada bem gostosa ,tesuda...
laureen Fantasias 184


Peguei o cunhado FODENDO minha filha e FODI c/ ele há 5 dias

Olá, me chamo Geane, na época deste fato eu era casada com um médico, ca...
dammasafada Aventura 321


AMANDO O PADRASTO há 6 dias

Agora que eu expliquei meu décimo oitavo aniversário, eu preciso de tomar...
tigreraiado Incesto 285


FUDENDO A BUCETINHA DELICIOSA DE UMA GP há 7 dias

Todos os meus colegas já saíram com garotas de programa e eu sempre ...
laureen Heterosexual 164