Meu Primo Safado e Gostoso

14 de Julho de 2014 mc_quelzinha Contos Eróticos 29383

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Eu já era bem espertinha em matéria de sexo (e bem experiente também), mas meu primo Rafael (da mesma idade) não sabia disso, e sempre me tratou como garotinha bobinha, e usava disso para se aproveitar de mim. De vez em quando me botava em seu colo para jogar videogame com ele, ou então no pique-esconde sempre me levava para algum lugar escondido e ficava atrás de mim, colando o corpo dele no meu. Fato é que eu sempre sentia seu negócio duro encostar em mim, e adorava aquilo.

Uma vez fiz Rafael ir à loucura, e sentada no colo dele enquanto jogávamos um jogo de futebol, cada vez que eu fazia gol, eu pulava e rebolava no colo dele, usando só um shortinho de algodão e calcinha. Espertinho como ele era, sempre deixava eu fazer gol, e eu retribuía rebolando com mais vontade. Ele estava usando um desses shorts que meninos usam pra ficar em casa, e eu sentia perfeitamente seu pau duro embaixo da minha bunda. Foi então que subitamente ele me empurrou e saiu correndo pro banheiro.

Quando ele voltou, com cara de bunda, dei um olhar de safadinha pra ele e disse:

- Que foi primo?

- Nada prima, tive vontade de ir ao banheiro. - Ele respondeu.

Ele quis parar de jogar videogame e disse pra eu ir pra sala enquanto ele ía se arrumar, mas eu disse que queria jogar mais. Ele então falou que ía trocar de roupa e ficar pelado, e eu disse que olharia pro outro lado enquanto ele estivesse se trocando. Dito e feito, ele foi pro canto do quarto trocar o short e a cueca que deviam estar gozados, e ficou pelado. Safada como sou, eu olhei, e ele tentou se esconder com o travesseiro.

- Eu vi, eu vi seu pintinho. - Falei, em tom de zombaria.

- Pintinho nada, é pica! - Ele respondeu, nervoso.

- Pintinho, bem pequenininho. Vou falar pra todo mundo que seu pintinho é pequenininho!

Ele ficou nervoso e disse que era muito grande, mas só a namorada dele podia ver. Provoquei ele até ele me mostrar, mas ele ficou ainda mais nervoso, botou a cueca e veio pra cima de mim. Eu corri pelo quarto, pulei na cama dele e ele veio atrás, derrubando um monte de coisa e dizendo que eu iria pagar caro por aquilo.

Quando ele finalmente me pegou, me deitou na cama e ficamos brincando de lutinha, mas eu senti que ele estava ficando muito excitado com aquilo, e seu pau realmente era grandão, e já estava fugindo da cueca. Teve uma hora que ele me pegou por trás, e eu deitada de bruços senti o pau dele roçando na minha bunda, aquilo me deixou totalmente molhada.

- Que isso encostando em mim, primo?

- É minha pica! Eu falei que era grande!

- Deixa eu ver?

Ele me soltou e ficou em pé ao lado da cama, e colocou para fora, era realmente grande. Eu disse que era um "pintão", e ele ficou todo bobo. Só que então eu levantei da cama e falei que iria embora, mas ele disse que tinha me mostrado a pica dele, mas eu não tinha mostrado a buceta pra ele. Neguei e tentei fugir, mas ele me pegou de novo e me colocou na parede, de frente pra ele, forçando minha barriga com aquele pau muito duro.

Eu disse que mostraria se ele me soltasse, mas era só olhar e nada mais. Ele aceitou, então abaixei o short e mostrei minha bucetinha pra ele. Vi que o pau dele estava agora apontando pra cima, e meu primo estava louco demais.

- Quer pegar nele, prima?

Eu fiquei envergonhada, mas estava com tesão demais, e peguei. Ele conduziu minha mão e me fez tocar uma punheta pra ele, e eu adorei ver que minha mão não fechava em volta daquele pau. Conforme eu punhetava ele, ele gemia muito, e eu pedi pra ele pegar na minha buceta também. Estávamos em pé no quarto dele, eu tocando uma punheta em seu pau, e ele me masturbando de forma desajeitada, com medo de enfiar o dedo na minha bucetinha achando que eu era virgem.

No auge do tesão eu fiquei louca pra dar pra ele, e perguntei se ele já tinha feito com a namorada. Ele disse que não, que ainda era virgem, e aquilo me tirou toda a vontade de dar pra ele. Ficamos nos masturbando até ele gozar, e a porra dele voou no meu braço e na minha mão, e um pouco pingou no chão. Ele então correu pro banheiro pra pegar papel e limpar o chão, enquanto eu fui me lavar no banheiro.

Eu fiquei com a buceta piscando naquele dia, doida para dar pro meu primo, mas não aconteceu. Depois desse dia ficamos muito tempo sem nos ver de novo, mas um dia finalmente ele me comeu, só que eu contarei outro dia como foi.


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
A história verdadeira de Lia,seus sonhos e desejos há 2 dias

Sou Lia,18 anos e a história que começo a narrar mudou minha vida... T...
laureen Virgindade 25


Voltei mas pedi seu cuzinho virgem há 2 dias

Voltei mas pedi seu cuzinho virgem como prova de amor ...sexo delicioso,tes...
laureen Virgindade 39


Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam há 2 dias

Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam Leo me deixava louca, estava ...
laureen Grupal 56


fuderam a bucetinha da minha namorada há 2 dias

fuderam a bucetinha da minha namorada liberal,sexo total delicia Meus mome...
laureen Grupal 36


Mana dormiu em casa e meu marido mandou rola há 2 dias

Minha irmã safada e fogosa adoro rola atolada na sua bucetinha e cuzinho d...
laureen Grupal 64


Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro d há 3 dias

Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro dele, a vagabunda pirou de...
bodiar Traição/Corno 53