Adoro um Coroa (parte 2) - Fiquei Apaixonada

15 de Julho de 2014 mc_quelzinha Contos Eróticos 5038

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia a primeira parte aqui.

Liguei para o Dr. Fulano, que me atendeu e foi um doce comigo no telefone, totalmente cavalheiro e galante. Fiquei molhada só com o timbre de voz dele, juro. Ele se ofereceu para me buscar na escola, e me levar para almoçar aqui perto. Não queria parecer tão fácil, mas ele parecia me manipular, conduzir minhas atitudes. Aceitei.

Quando ele veio me buscar, estava com outro carro, um conversível. As meninas ficaram loucas quando ele parou para me buscar, mas mesmo se ele tivesse ido de fusquinha eu iria aonde ele quisesse me levar. Ele me levou pra almoçar em um delicioso restaurante de massas no Rio Sul, como ele adivinhou meus gostos? E fiquei impressionada como ele foi respeitoso a cada momento, mas eu sentia que aquele homem iria me satisfazer como nunca.

Acabamos de almoçar e, quando chegamos no carro, nos beijamos. Ele tomou cuidado de escovar os dentes antes de sair do restaurante, e o aroma de hortelã me inebriou. Serei sincera: tudo nele me inebriava, eu estava totalmente encantada por aquele homem.

Deixei ele dirigir para onde ele quisesse, e ele me levou para o motel Vip's. Quem é do Rio de Janeiro sabe aonde fica esse motel, com vista privilegiada para o mar, embora nem sempre o que se quer ver em um motel é a vista externa. Subimos para a melhor suíte, e ele ainda abriu uma champagne pra gente.

Ele me pediu licença e foi ao banheiro, depois voltou enrolado em um roupão, deixando seu peitoral hirsuto à mostra. Era um belo homem elegante, um encanto. Prometi a mim mesma que deixaria ele tomar a iniciativa, mas enquanto eu mexia no rádio tocou uma música da maldita Anitta, e antes que eu me desse por mim mesma, estava em cima da cama, fazendo um strip tease ao som de Show das Poderosas. Ele me observava, com uma taça de champagne na mão, e o volume armado embaixo do seu roupão.

Deixei só a calcinha pra ele, e ele manteve a mesma expressão serena. Comecei a ficar meio decepcionada, achei que ele era fraco, apesar das minhas expectativas, mas logo ele mostrou que não. Fiz menção de descer da cama e ir para a varanda, ver a vista do mar, mas então o coroa mostrou sua cara. Ele me puxou pelo cabelo e falou grosso em meu ouvido, perguntando "aonde vai minha putinha?", e em seguida pegou em meu peito com a outra mão, logo antes de chupar meu pescoço.

Juro que nunca vi minha buceta se molhar tanto de uma vez só, e quanto mais ele me acariciava, mais molhada eu ficava. Ele tirou o roupão e já estava com o corpo colado no meu, eu sentia seus pelos roçando nas minhas costas e o pau dele tocando no meio da minha bunda. Então ele me virou de frente pra ele, deu um tapa no meu rosto e mandou eu chupar. Nem precisava mandar.

Me abaixei e comecei a chupar, mas ele mandou eu ficar ajoelhada. Dito e feito, ajoelhei e passei a chupar seu pau, enquanto ele me conduzia pegando em meu cabelo. O pau dele era mediano, tanto em comprimento quanto grossura, um "pau padrão", mas era bonito, sem imperfeições, e com cheiro de pau, nenhum odor desagradável. Abocanhei aquele pau com vontade, chupei como nunca tinha chupado antes, e ele forçava minha cabeça pra frente, o pau dele ía na minha garganta, eu engasgava e babava tudo, mas ele se divertia com aquilo e eu continuava.

Escorria baba pelo meu queixo e nos meus peitos, e ele então me puxou pra cima, pelos cabelos, e disse que iria me foder como uma puta. Jura? Era tudo que eu queria ouvir. Ele me atirou na cama, eu me virei logo de frente e ele tirou minha calcinha (pena que não rasgou, essa podia rasgar). Achei que ele viria sobre mim e socaria o pau dentro da minha buceta de uma vez, mas primeiro ele me chupou. Nossa! Por melhor que eu viesse a descrever aqui, não seria justa com a habilidade daquele moço em me chupar. Eu gozei uma, duas, várias vezes, e quanto mais eu estremecia, quanto mais minha buceta piscava, mais ele caprichava na chupada.

Eu estava prestes a emendar mais um orgasmo absurdo, quando ele repentinamente veio sobre mim e me invadiu, entrou de uma vez na minha buceta toda molhada. Ele deu duas bombadas e tirou, disse que precisava da camisinha infelizmente, mas eu já tinha gozado só de sentir ele me invadir. De camisinha colocada, ele veio e meteu em mim com força, primeiro no papai e mamãe, depois me botou no frango assado e então deitou pra eu cavalgar sobre ele.

Sentei, quiquei e rebolei como manda o figurino, não podia decepcionar aquele homem maravilhoso. E eu gozei muito, em cada gozava eu parava e ficava tremendo, e ele sorria, estava adorando a sensação de usar seus 55 anos de experiência pra fazer a garotinha gozar. Então ele me botou de ladinho depois, me fodeu muito nessa posição, e eu já estava toda ardida, mas o coroa longe de gozar. Fiquei de quatro em seguida, tentei seduzir ele rebolando, e só o incentivei a meter mais em mim, forte demais, eu quase não aguentava a pressão, mas era delicioso. Gozei outra vez!

Pela primeira vez eu não aguentei, minha buceta estava queimando, parecia estar em carne viva, e então ele me deixou descansar. Ele deitou na cama, eu tirei a camisinha dele e chupei seu pau, na esperança de fazer ele gozar e beber sua porra. Não adiantava, o moço gemia, se contorcia todo, mas nada de gozar, nada! Eu estava ficando desesperada, e pensei em oferecer meu cu, quando ele mesmo me pegou pelo cabelo (eu adoro isso) e falou:

"Hora de rasgar o cu da minha putinha."

Nossa, estremeci só de ouvir isso. Se ele tivesse um pau de grosso calibre eu definitivamente iria tentar fugir, mas resolvi encarar. Meu medo era ele meter infinitamente no meu cu e não gozar, pois eu nunca tinha levado mais de 5 minutos de pau no cu de uma vez só na vida. E aquele cara já estava comendo minha buceta fazia umas duas horas. Fiquei de quatro na cama e esperei ele colocar a camisinha, mas ele disse que não, e me levou até a varanda, mandou eu segurar no muro e empinar a bunda.

Ele iria foder meu cu enquanto eu gemia para o mar. Espetáculo isso! Fiquei empinada como uma puta de carteirinha, e ele enfiou o pau no meu cu sem camisinha, lubrificado com KY, e me segurando com as duas mãos no cabelo. Loucura total! Eu gemia e gritava como louca, acho que dava para ouvir meus gritos em todo o Vidigal e São Conrado, e ele continuava metendo sem parar.

Gozei não uma, mas duas ou três vezes, juro que perdi a conta, e meu cu estava muuuuuuito dolorido, eu precisava que ele gozasse logo, então virei e implorei a ele para gozar logo. Não é que funcionou? Ele deu mais umas socadas fortes e gozou, urrou como um urso enquanto eu sentia seu leite escorrer dentro do meu cuzinho. Que sensação deliciosa, amei!

Eu não tinha mais condição de foder depois disso, e fiz um boquete maravilhoso pra ele na banheira, fazendo ele gozar outra vez, na minha boca, e eu bebi cada gotinha da porra dele, sendo deliciosamente chamada de puta pelo meu coroa gostoso. Depois da foda, já devia ser umas 8 da noite, e ele me deixou na esquina de casa. Eu desci e caminhei até o prédio totalmente satisfeita, realizada, apaixonada.

Mas eu não sabia que ele iria me foder novamente. Não foder meu cu ou minha buceta, e sim foder meus sentimentos. Liguei pro telefone dele no dia seguinte e nada, deu fora de área, e a mesma situação continuou por todas as semanas que eu o procurei, até enfim desencanar e desistir dele. Maldito seja esse coroa gostoso. Pelo menos nunca mais eu esquecerei dele.


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Eu tinha 13 aninhos e todos me fuderam no colégio há 5 dias

Eu tinha 13 aninhos e todos me fuderam no colégio Eu estudava numa escola...
laureen Virgindade 341


Perdendo a virgindade com a titia delicia buceta m há 5 dias

Perdendo a virgindade com a titia Paul, 18 anos,vou contar como perdi a...
laureen Virgindade 106


o pai da minha amiga comeu minha bucetinha gostoso há 5 dias

Aos 19 anos, após entrar na faculdade, conheci Karen, minha amiga que já ...
laureen Heterosexual 223


EU E A FER,,,,NOSSA COPA SÓ COMEÇOU,,,NOVOS AMIGOS há 6 dias

EU E A FER,,,,NOSSA COPA SÓ COMEÇOU,,,NOVOS AMIGOS,,,COMEÇO DE UMA NOVA ...
bodiar Traição/Corno 92


dando a bucetinha no trem sexo tesão há 6 dias

somos um casal normal, tarados por sexo e exibicionismo, essa ocorreu em ...
laureen Fantasias 161


melzinho da bucetinha para meu queiro papai há 6 dias

Abri a porta do quarto que só estava encostada e ao adentrar vi meu pai n...
laureen Incesto 254