Confie

16 de Julho de 2014 Lich Contos Eróticos 2448

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


   O bar mequetrefe do subúrbio fedia a uma mistura de varias podridões, o homem sentado no banquinho embaixo da luz fraca e falha parecia não se importar, bebia o centésimo copo de uísque naquela noite, tinha um olhar depressivo e ao mesmo tempo raivoso, olhou para o gorducho que servia as bebidas com ar arrogante e grosseiro, não era difícil imaginar o porquê aquela espelunca estava as moscas, pagou a metade do que tinha tomado e pediu para o careca ‘pendurar’ o resto, claro, o homem o olhou com desprezo e bufou enquanto o jovem de uns vinte e oito anos, esquelético, já ia saindo sentindo o agradável cheiro da noite, se dirigiu a uma serie  de carros parados do outro lado da avenida quando lembrou que não tinha carro, tinha há que caminhar, sua casa ficava a dois quarteirões dali, tudo bem, suas pernas já se acostumaram a andar, afinal, era carteiro desde os dezoito anos, com seu salario nunca iria comprar um carro na vida.

   Cambaleando, enjoado, cansado e com frio, ele andou, andou ate uma encruzilhada de vias desertas onde algo o chamou atenção, eram duas loiras vestidas como piriguetes num beijo convidativo para sua mente pervertida, se achando irresistível pelo poder que só o álcool pode te dar, ele foi em direção a elas, notando a cada passo que dava que as garotas pareciam bem menores do que ele pensava, quando finalmente chegou e começou a conversar com as duas, se surpreendeu ao saber que elas tinham quinze e dezesseis anos, se assustou mais ainda quando lhe disseram que ambas tinham Sousa como sobrenome, ninfetinhas safadas, eram irmãs, agora era tarde, elas tinham-no deixado excitado, tinham que resolver aquele “problema”.

   Antes que a luz do poste piscasse outra vez, eles já estavam num beijo triplo tão quente que parecia que o sol tinha nascido dentro de suas calças, continuaram nesse jogo de mãos, puxa, apalpa, segura e arranha enquanto andavam para um beco afrente, escuro, era o que ele precisava para não ser multado ou preso por algum policial madrugador, não estava só cometendo um ato violento contra o pudor, era pedofilia, se fosse pego estaria completamente ferrado, a mais nova não demorou a tirar as calças do homem e começar a chupa-lo com perfeição, como pode? Ela era tão nova e pequena, devia ter muita pratica. A outra já estava nua, peitinhos pequenos, nenhum pelo no corpo, pele branca, macia e cheirosa como as pétalas de uma margarida, mas essa pele, não demostrava o tesão que os três sentiam, era fria, gelada, como um freezer, a da mais nova também, mas não era nada que atrapalhasse a penetração, era como enfiar o pênis num saco de gelo, estava acelerando as estocadas e fungando no pescoço da mais velha enquanto a outra apalpava sua bunda, aquela perversão era maravilhosa,antes que ele gozasse, a menininha sapeca já estava cavalgando nele enquanto beijava a irmã, aquela cena era perfeita demais, gozou, gozou muito, litros enchendo aquela bunda de mel branco, aquilo o esgotara, estava sem energia alguma no corpo, o sono veio com força, a ultima coisa que viu foi os rostos das garota parcialmente iluminados pela a lua, aquelas carinhas de anjo se desfigurando, dentes crescendo em suas bocas, sono, frio, cansaço.

    Sua esposa relutou a procurar a policia e mais tarde os jornais, “aquele bêbado”, pensava ela, “havia de ter se perdido de novo, desgraçado”, mas depois de dois meses a coisa ficou seria, todos já conheciam a estória do carteiro que desapareceu, virou lenda para as crianças, ninguém queria sair à noite. A policia afirmou duas possíveis causas para o sumiço, ou era uma quadrilha conhecida na região que havia feito mais um sequestro, ou o homem já estava morto, mal sabiam eles que as duas possibilidades estavam corretas.


   Continuação em: http://www.texton.com.br/contos-eroticos/10823/#!/no



Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Ola galera sou bodiar, como ja tenho comentado min há 1 hora

Ola galera, é pequeno o conto mas quero relatar,,,,,,perto do meu deposito...
bodiar Traição/Corno 5


Eu e a Fer,,,,,,vizinho Davi vôlei no campinho are há 1 hora

Ola galera sou bodiar, como ja tenho comentado minha esposa não larga do m...
bodiar Exibicionismo 5


FER! Meu pau não saciou SEU TESÃO!,,,Ofereci outro há 1 hora

Ola galera quero dar continuidade no dia em que tiramos para comemorar o di...
bodiar Traição/Corno 5


buceta deliciosa da minha tia há 15 dias

Minha tia é uma mulher de 39 anos, uma coroa muito enxuta, toda trabalhada...
laureen Incesto 48


quando fui comer um cuzinho apareceu uma bucetinha há 16 dias

quando fui comer um cuzinho apareceu uma bucetinha tb demais sexo gostoso r...
laureen Grupal 87


Fodendo Gostoso com o Veterinário da nossa Fazenda há 16 dias

"Fui tomar um banho antes que faltasse luz, eu estava em um misto de apr...
dammasafada Aventura 75