Boceta molhada chama pau!

24 de Julho de 2014 Tailah Amorim Contos Eróticos 57393

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Estavam sendo dias difíceis pra mim. Quando uma mulher  entra no seu período fértil, a perereca fica piscando e molhada, doida pra ser fodida. Eu pelo menos sou assim, quando estou nessa semana, fico louca de tesão, a calcinha fica molhada o dia todo e me imagino transando com qualquer cara bonitinho com quem topo. Transando não, me imagino metendo forte, rebolando no seu pau, chupando-o, coisa pesada, selvagem, animalesca. É uma necessidade de foder gostoso incontrolável. E, quando não se tem parceiro fixo, satisfazer essa necessidade, por vezes, se torna uma missão difícil. Não dá pra sair na rua e gritar: "Quem quer me foder?". E aí, se você está em plena terça-feira, sozinha em casa, suas amigas não toparam sair pra beber uma cerveja, a "bucetinha" molhadinha, vc faz o que? Eu assisti todos os vídeos pornôs que consegui, li vários contos eróticos, me masturbei, tomei banho frio e nada me tirava aquele vontade louca de DAR A BOCETA. Fui correr no parque, distrair a cabeça e parar de pensar em sexo (ou não, rs). O que importa é que na volta da corrida, encontrei o namorado da minha amiga, Paulo. Eles namoram há três anos e o cara é um tesão. Sempre fico admirando seu corpo, quando posso e consigo ser sutil. Além de tesão, é gente boa demais. Caminhamos e conversamos por algum tempo e eu encharquei minha calcinha enquanto conversávamos de tanto imaginar ele me comendo gostoso. No caminho, reclamei pra ele que estava animada aquele dia, mas as minhas amigas não tinham topado sair comigo (inclusive a namorada dele que tinha prova no outro dia). Ele me falou, então, que também havia chamado a Ká (minha amiga, namorada dele) pra sair e que ela não havia topado, pois estava estudando. Já na porta de casa, chamei ele pra subir até meu apartamento, pois eu tinha cervejas no freezer e podíamos tomar umas pro dia não passar em branco. Eu acho que ele entendeu tudo já naquele momento, pois eu senti que estava exalando desejo, observava-o com vontade de agarrar nos seu braços, acariciar seu peito e mamar no seu pau. Ele mais do que depressa topou. Quando subimos, falei pra ele ficar a vontade porque eu precisava de um banho.. Ele falou: "AH não, se eu vou ficar suado aqui, vc tb vai". EU respondi: "Mas vc está cheiroso, eu não!". Ele respondeu: "Vc tb está.. Está cheirando safadeza. Se vc entrar nesse chuveiro, vou ser obrigado a te pegar aí dentro". AMO homem esperto e safado. Entendeu tudo que eu queria aquele homem tesudo, que delícia. Disse pra ele se sentir a vontade: "Se vc quiser tomar banho comigo, eu não posso fazer nada, além de te dar prazer, é isso que os amigos fazem e vc é meu convidado, preciso te deixar a vontade aqui". Ele mais do que depressa tirou a roupa, me agarrou por trás e me empurrou para o banho. Eu sentia aquele líquido quente transbordando da minha "bucetinha", que finalmente ia ganhar o pau que estava merecendo. Por trás, ele esfregava seu mastro na minha bunda e agarrava meus seios, com vontade. Com a outra mão, passou o dedo no grelinho e disse: "Que safada, boceta molhada heim". Eu virei de frente pra ele e falei que minha perereca estava molhada o dia todo, doidinha para ganhar pau gostoso com o dele era. Entramos no chuveiro e ele me mandou colocar as mão na parede e empinar a bunda pra ele, ainda com o dedo no meu grelo gostoso, ele se abaixou e lambeu meu cuzinho e a bucetinha, gritei de prazer. Ele enfiava a cara na minha bunda - aquele tarado - e enquanto chupava, falava que eu tinha um cu delicioso e uma bunda grande e gostosa: "Sempre tive vontade dessa bunda, sabia, Tailah? Você tem um rabão que é uma delícia, vai cavalgar no meu pau deliciosamente depois". Mais do que depressa virei de frente pra ele, beijando-o vorazmente e me abaixei pra mamar naquela piroca. O tamanho era normal, mas era um pinto grosso, gostoso de chupar, engoli até o talo, chupei suas bolas gostosas e quase fiz ele jogar porra quentinha na minha boca. Depois foi a vez dele, mandou eu arreganhar as pernas e chupou minha boceta com vontade, reclamou que a Ká não deixava ele chupar a dela e disse que meu melzinho era delicioso: "Que delícia de boceta heim, vadia. Você também não presta heim, sua puta. Essa "bucetinha" depilada sua tá me deixando louco. Vem sentar no meu colinho, vem". Adorei todos aqueles xingamentos; ele se sentou e eu agachada, cavalguei forte naquele pau gostoso, sentava e rebolava do jeito que eu gosto, com meu rabo virado pra ele. Fiz ele gritar de prazer. Depois de um tempo cavalgando, gozei muito no pau dele e logo depois ele fez o mesmo na minha "bucetinha" (por conta disso, tomei pílula no dia seguinte, já que eu estava no meu período fértil e não queria um baby, rs). Tomamos banho e fomos, finalmente, tomar uma cerveja, o que obviamente resultou em mais sexo gostoso. O Paulo me comeu de quatro em cima da mesa, me chamou de puta safada; enquanto bombava, colocava dois dedinhos no meu cu, o que me fez enlouquecer; depois, encheu meu cu de porra. Ainda me comeu mais uma vez - de ladinho, posição que eu também adoro, bem romântica, e me fez gemer igual uma atriz pornô. Ele me elogiava o tempo todo, dizia que a Ká não era gostosa como eu, que eu era muito safada e puta, sabia como deixar ele louco e que ele ia querer me comer mais vezes. Quando fui me despedir dele, meu tesão ainda não tinha acabado - parecia sem fim - pra fechar com chave de ouro, fiz um boquete delicioso nele e ganhei leitinho na cara, fiquei toda lambuzada e engoli a porra que foi pra dentro da boca. Deixei ele louco quando fiz isso. Foi uma noite deliciosa. Satisfiz os meus desejos e ganhei um PA (pinto amigo). Sempre que estou louca de tesão e sem companhia, ligo para o meu PA, que ele resolve tudinho pra mim. Rs. 


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
A história verdadeira de Lia,seus sonhos e desejos há 1 dia

Sou Lia,18 anos e a história que começo a narrar mudou minha vida... T...
laureen Virgindade 21


Voltei mas pedi seu cuzinho virgem há 1 dia

Voltei mas pedi seu cuzinho virgem como prova de amor ...sexo delicioso,tes...
laureen Virgindade 34


Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam há 1 dia

Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam Leo me deixava louca, estava ...
laureen Grupal 47


fuderam a bucetinha da minha namorada há 1 dia

fuderam a bucetinha da minha namorada liberal,sexo total delicia Meus mome...
laureen Grupal 27


Mana dormiu em casa e meu marido mandou rola há 1 dia

Minha irmã safada e fogosa adoro rola atolada na sua bucetinha e cuzinho d...
laureen Grupal 55


Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro d há 3 dias

Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro dele, a vagabunda pirou de...
bodiar Traição/Corno 48