Os dois irmãos safados!!!

05 de Agosto de 2014 Silvinho Contos Eróticos 13713

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Essa aconteceu comigo e não tem como esquecer.

Faz muito tempo.

Sexta de manhã. O dia estava bem nublado, mas nada que impedia de soltar pipa em um terreno baldio.

Eu sempre fui baixo e magro.

A molecada estava a toda com as suas pipas até que começou a chover. Recolhi a minha pipa e sai correndo. Enrolei a minha pipa na minha camiseta.

Como não queria molhar a minha pipa parei na frente de uma casa onde tinha um toldo. Era de dois colegas, irmãos, que moravam ali que irei chamar de A1 e A2.

Eu já estava todo molhado quando chegaram correndo os dois carinhas. Eles eram bem mais alto do que eu. Me viram e convidaram para entrar. Entrei pelo corredor e fui até a cozinha. Eles pegaram uma toalha de rosto mesmo e me deram para me enxugar. O A2 falou - Tira essa bermuda que está encharcada e torce ela. Olhei meio que com vergonha, mas acabei fazendo isso. Virei de costas para eles e comecei a torcer. Nisso o A1 falou algo que só escutei - Que bundinha magrinha e redonda. O que você acha?. Eu estava usando uma cueca pequena e apertada, era meio velha para mim.

Nisso A2  Falou - Espera um pouco. Saiu correndo.

Quando eu ia colocar a bermuda o A1 falou que não era para por que estava molhada e deveria esperar dar uma secada.

Nisso o A2 deu um berro nos chamando para o quarto deles. Fui junto do outro e quando entrei no quarto o A2 estava sentado na cama me chamando para sentar junto. Sentei e nisso ele me mostrou uma revistinha de sacanagem onde tinha quatro homens na maior meteção. Nunca tinha visto aquilo e nem imaginava que isso dava para fazer. Os três comendo um deles e o que estava sendo comido parecia que estava gostando bastante.

Os dois resolveram tirar a roupa, ficando de cuecas, alegando que estavam molhadas. Cada um sentou do meu lado, ficando eu no meio. O A2, mais tarado, me perguntou se eu não queria fazer aquilo com eles. Nessa hora fiquei assustado.

O A1 entrou no embalo e começou a me encorajar, que aquilo era normal e bastante gostoso.

Ai perguntei - Estão sozinhos? Eles falaram que sim, que o pai estava trabalhando e a mãe tinha ido cuidar da avó que estava doente e só iria chegar depois do almoço.

O A2 estava ficando meio desesperado tentando me convencer. Eu olhava a revistinha e ficava pensando - Parece que o cara comido esta gostando disso.

Perguntei - Como irão fazer? O A2 falou para eu tirar a cueca e dar uma voltinha. Respirei fundo e tirei. Dei uma voltinha na frente deles. Ai os dois se levantaram e vi o pau dos dois duros embaixo das cuecas. Tinham um volume considerável e dava para ver o formato exato da cabeça deles de tão inchados.

O A1 falou - Vamos fazer um sanduiche nele, vamos abraçar juntos. Um veio pela frente e o outro por trás. Me abraçaram e sentia o pau de cada um, um na altura acima do meu umbigo e outro no meio das costas. Ficaram esfregando e dando risadas. Eu ali no meio sem saber o que fazer. O A2 me soltou e já foi me jogando na cama. Deitei de costas com as mãos juntas no peito. O A2 veio e levanto as duas pernas abrindo-as. O A1 olhou e disse - Será que entra? Acho que não vai dar certo. O A2 não quis nem saber. Me puxou para o canto da cama, me deixando na beirada, jogou minhas duas pernas fazendo chegar quase no meu peito e veio tentando achar o caminho com a cabeça do pau. Senti no momento que ele encostou a cabeça do pau no meu cu e começou a forçar a entrada. Não estava entrando. Ele resolveu me virar e colocar de quatro. Ele encostou o pau nas minhas costas e colocou o dedo. apontando e falando - Olha vai parar se entrar tudo! Voltou a forçar a entrada, mas não estava entrando. Ai ele deu uma cuspida no meu cu. Achei aquilo nojento. Voltou a forçar a entrada. Ai eu comecei a sentir meu cu ir se abrindo. Nunca tinha sentido aquilo. Começou a vir uma dor que estava me incomodando. Ele ficava forçando cada vez mais. Falei que estava doendo e ele disse que já passaria. o A1 só ficava do meu lado olhando aquilo entrando e batendo uma. Ai o A1 resolveu se deitar na minha frente e falou para chupar o dele. Não gostei muito da ideia, ainda mais que estava fedendo a suor. Mas acabei chupando, mas só a cabeça. O A1 fala - Engole mais, você consegue. Tentei engolir mais, mas estava quase engasgando  e tinha metade para fora da minha boca. Quando me dou conta a cabeça do pau do A2 acabou passando o meu cu. Meu uma dor aguda e quase dei um pulo para frente. Ele deu uma parada e chamou o A1 para ver. Falou - Olha que da hora! O cu dele esta apertando pra caramba o meu pau. O A1 falou - Deixe eu enfiar um pouco. É minha vez. O A2 falou - Mas nem enfiei tudo. Depois que eu acabar é a sua vez. O A1 voltou na minha boca e o A2 resolveu terminar de entrar.

Eu sentia aquilo ir me rasgando por dentro. Que dor lazarenta! Chegou em um momento que não cabia mais, sentia empurrando o meu intestino para dentro. Sentia o meu intestino ir pegando o formato do pau dele. Pedi para parar que estava doendo pra caramba e falou - Falta só mais um pouquinho.

Nesse momento eu estava com o pau do A1 na minha boca sem fazer nada e o A2 forçando para entrar tudo! Até que falou para o A1 - Olha. Entrou tudo. Lembra onde eu apontei com o dedo? Está aqui! O A1 deu risada.

Meu coração estava a milhão com aquela situação. O A2 fala - Agora ta na hora de gozar. Aguenta ai, certo?

Pensei comigo - O que poderia piorar? Acenei com a cabeça que sim.

E piorou.

Ele começou a entrar e sair com tudo do meu cu. Tinha hora que tirava tudo e entrava com força total. Achei que tinha entrado tudo na primeira vez, mas não. Agora estava me segurando com as duas mãos na minha cintura e dando cada estocada que só não entrava o saco para dentro. Eu estava com os dentes serrilhando de dor e pensando - Vai logo!!! Goza logo!!!

Nisso comecei a sentir, além de foder meu intestino, o meu cu ir se abrindo mais. Aquilo estava inchando mais, pois estava preste a gozar. Nisso só escutei - Vou gozar! Me segurou com muita força pela cintura e travou o pau lá no fundo do meu cu todo inchado. Putz. Que dor! Ele ficou mais um minuto dentro de mim e ai resolveu tirar. O A1 começou a dar risada e falando - O seu pau tá todo cagado! Até eu olhei e fiquei com vergonha de ter sujado ele. O A2 falou - Você sujou todo meu pau com merda.

Fiquei sem jeito. Me levantei. Nisso senti escorrer porra pela minhas pernas. Segurei com a mãos e fui até o banheiro. Meu cu estava dormente. Me limpei bem e voltei para pegar a minha cueca e ir embora.

Mas tinha me esquecido do A1.

O A1 fala - Onde pensa que vai? Agora é a minha vez! Deite aqui na cama.

Puta que pariu. De novo?

Deitei do lado dele e me colou de lado com a bunda virada pra ele. Ele já veio ajeitando pau na entrada do meu cu. Começou a entrar sem muito esforço, mas estava ardendo pra caramba. Ai ele tirou, deu cuspida na cabeça para facilitar, mas o cuspe parecia que tinha jogado álcool no meu cu. Ardeu mais ainda! Ele começou a entrar e nem perdeu tempo. Foi enfiando sem lacear. Lá foi o meu intestino pedindo arrego. Nisso me falou para sentar em cima dele sem tirar de dentro.

Com jeito fui me levantando e sair de dentro do meu cu. Soltei o meu peso sobre ele e dei um pulo com tudo, mas sem tirar o pau de mim. Parecia que tinha entrado mais que o do A2. Ai eu percebi que o pau do A1 era maior. Mesmo ele tentando entrar mais não cabia. Esse não tinha jeito. Pediu-me para ficar subindo e descendo do pau dele, mas fiquei controlando para não entrar mais do que eu podia aguentar.

O A2 percebeu e falou - Não entrou tudo. Senta direito até sumir.

Falei - Não tem jeito, não cabe tudo.

O A2 veio na minha direção e tentou me fazer sentar ate entrar o resto.

Falei no mesmo instante - Se vir aqui eu paro e vou embora!.

O A1 pediu para ele não fazer isso e mandou eu continuar.

Continuei ali e comecei a sentir a pau dele inchar, que queria dizer que estava prestes a gozar.

Quando ele foi gozar me segurou pela cintura e deu aquela enterrada com gosto. Arregalei os olhos, dei um berro e pulei com tudo. Sai rolando pela cama. O A1 acabou gozando sobre ele mesmo.

Que dor!!!

Novamente sai correndo até o banheiro para me limpar. Dessa vez o papel estava com sangue. Esse pau foi demais para o meu cu.

Os dois ficaram dando risadas da situação. Peguei a minha cueca, vesti ela e a bermuda e estava indo embora quando os dois falaram - Vamos repetir isso amanhã?

Falei que nunca mais, que eles tinham judiado de mim. Me enganaram que aquilo era gostos para mim.

deram risadas e me deixaram ir embora. Perguntei se falariam disso para alguém e me garantiram que não, pois os pais deles eram evangélicos e não poderiam ficar sabendo disso.

Passei três dias com o cu ardendo até por dentro.

Nunca mais entrei naquela casa.


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
Meu marido me ofereceu para seu amigo da rola gran há menos de 1 hora

Meu marido me ofereceu para seu amigo da rola grande , sexo tesão demais ....
laureen Traição/Corno 5


DIA NAMORADOS,VIAGEM, UMA FANTASIA DA FER,E MUITO há 2 dias

DIA NAMORADOS,VIAGEM, UMA FANTASIA DA FER,E MUITO EXIBICIONISMO,,,,CADA VEZ...
bodiar Exibicionismo 27


Eu tinha 13 aninhos e todos me fuderam no colégio há 7 dias

Eu tinha 13 aninhos e todos me fuderam no colégio Eu estudava numa escola...
laureen Virgindade 441


Perdendo a virgindade com a titia delicia buceta m há 7 dias

Perdendo a virgindade com a titia Paul, 18 anos,vou contar como perdi a...
laureen Virgindade 130


o pai da minha amiga comeu minha bucetinha gostoso há 7 dias

Aos 19 anos, após entrar na faculdade, conheci Karen, minha amiga que já ...
laureen Heterosexual 277


EU E A FER,,,,NOSSA COPA SÓ COMEÇOU,,,NOVOS AMIGOS há 8 dias

EU E A FER,,,,NOSSA COPA SÓ COMEÇOU,,,NOVOS AMIGOS,,,COMEÇO DE UMA NOVA ...
bodiar Traição/Corno 110