Fugidinha

12 de Agosto de 2014 GatsBaby Contos Eróticos 2921

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Sua respiração ofegante eu sentia em minha nuca. Suas mãos percorriam meu corpo, deixando-me trêmula, tal qual mal conseguia me manter em pé. Aos poucos sua mão passou por baixo dos shorts e calcinha do biquíni.
Fui colocada sobre a mesa havia naquele pequeno cômodo. Ele desamarrou a parte superior do biquíni e tocou meus seios. Num gesto rápido puxou-me para próximo dele e os colocou na boca, deliciosamente os deliciando, mordicando, chupando... Enquanto isso sua mão direita me masturbava deliciosamente com um, seguido de dois e três dedos alternados entrando e saindo da minha bucetinha.
Mal parou por instantes para colocar seu pau para fora, desci, pus-me de joelho, dei uma última olhada para seu rosto e coloquei o mastro na boca, maravilhosamente quente e pulsante. Uma de suas mãos percorria meus cabelos, chegando ao máximo nos seios de biquinhos rijos por tesão, enquanto a outra acompanhava e influenciava cada vez mais o movimento de vai e vem naquele boquete.
No ápice, ele pegou-me pelo braço, deixou-me sofá, tirou meu short, abriu minhas pernas e adentro meu seu. Aquela língua quente, áspera, percorria os lábios de minha xana igualmente quente e brincava de coelho na toca. Eu gemia baixinho e seguida fiquei de quatro, chamava-o carinhosamente para me fuder imediatamente, rebolando lentamente.
Ditoso, logo veio ele e penetrou com aquela pica grossa, iniciando um entra e sai rápido, aumentando aos poucos a velocidade das entocadas, cada vez mais fortes, mal conseguia continuar na posição, logo que cada uma me movia para os lados.
Em seguida, ele sentou, posicionando-me defronte a ele, iniciei a cavalgada, ao mesmo tempo sentia suas mãos em minhas nádegas e sua boca novamente chupando meus peitinhos. De movimentos lentos a rápidos, subia e descia com toda energia em sua virilidade, emendada num gozo lubrificante que aumentava ainda mais o clima do sexo em si.
Prosseguimos a transa em pé, eu apoiada na parede, sua mão envolvendo meu quadril, socando ágil em minha bucetinha. O resultado do orgasmo já começava a escorrer lentamente por minhas coxas, em conjunto permanecia naquele entra e sai, entra e sai, entra e sai...
Mantivemo-nos assim por longo tempo, até ele pegar-me nos braços fortes, eu agarrada a seu pescoço e me movimentar de cima para baixo, devagar, ousado e aprazível.
Retornamos ao sofá em sentido direito e esquerdo a posição de ladinho, findando com um 69 dos deuses quando ele liberou aquela surpresinha branca em minha boca, quente e pura, chegando a escorrer pouco por minha face. Recompomo-nos por alguns segundos, mantivemos carícias por certos minutos até voltarmos e nos juntarmos novamente ao pessoal na praia, após nossa fugidinha!


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
Sempre fui putinha e de papai tb sexo incesto há 1 dia

O que vou contar aconteceu quando eu tinha 18 anos.Sou filha única,minha m...
laureen Incesto 598


De moça virgem a garota de programa luxuoso há 1 dia

conto de uma gde amiga Maria box box box.............. É um segredo qu...
laureen Virgindade 270


Agarrei a bunda gostosa da coroa ruiva no ônibus. há 2 dias

Olá, me chamo Marcos e amo uma boa oportunidade de tocar em bundas, mas va...
ylovearrimon Aventura 447


Nanda - Bombadas no Ano Novo há 2 dias

Nanda – Bombadas no Ano Novo (Conto Real) Uma amiga em comum nos apres...
kasa Heterosexual 210


Meu natal com a Fer, a ultima foda antes da viagem há 3 dias

Olá galera esse será o último conto antes da viagem,,,,,,,,, o meu Nata...
bodiar Exibicionismo 221


DE VOLTA À PIZZARIA - Capítulo 12 há 3 dias

DE VOLTA À PIZZARIA CAPÍTULO 12 ATENÇÃO ESSE É O DÉCIMO SEGUNDO ...
carlaomg Aventura 138