Jovens em Êxtases e Delirios

11 de Setembro de 2014 Docecomomel(hgata) Contos Eróticos 2446

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Jovens em Êxtases e Delirios




Olá eu sou Marcela e vou relatar para vocês como foi a minha primeira vez, foi quando eu dei para meu namorado Diego.
Eu tinha 18 anos já tinha perdido a “virgindade” com meu primeiro namorado, mas atualmente eu namorava com Diego.
Que tinha mesma idade que eu e morávamos no mesmo bairro
Estudávamos no mesmo colégio, já fazia três (3) meses que namorava com ele, mas nunca tínhamos transado o máximo que já tínhamos nos aventurado a fazer foi deixar Diego de mamar nos meus seios na garagem de minha casa e dedilhar minha xoxota até eu gozar em seus dedos que ficaram lambuzados... Ele muito safado lambeu os dedos todos...
-Uma delicia até minha calcinha ficou meladinha.
Tinha que aproveitar o quanto podia.
Minha mãe dava muita marcação em cima da gente, eu morria de tesão assim de noite sozinha no escuro do meu quarto eu curtia siri rica adoidado, pois morria de vontade de fazer sexo. Dormia e acordava pensando em transar com Diego,ainda mais que ele tinha um cacete enorme,ele é negro aí já podem imaginar a delicia que era.
Eu sou normal como toda mulher jovem e saudável.
Mas quando Diego achou um emprego em um mercadinho no bairro falou: Marcela meu primeiro dinheiro que receber vou te levar a um motel, você topa?
Assim ficou planejado o tempo foi passando o desejo aumentando e nós nada de ir até o bendito motel.
Quase sempre namorávamos nos intervalos das aulas, até que na semana passada. E nada de transar assim um dia após o trabalho Diego veio para o colégio com uma motocicleta, que usava para fazer entregas,
-Que legal Diego agora está motorizado ein...•.
-E sim Marcela não é minha, mas está sobre meus cuidados posso usar o tempo todo.
-Ah tá ai uma coisa que gostei dá ate para sair da aula e chegar a casa mais cedo. Sim ficou melhor e te levarei em casa sempre minha gata gostosa e já vinha me beijando gostoso. Aí delicia meu nego sabia me cativar.
Assim naquela quinta feira tivemos duas aulas vagas ficamos no pátio do colégio namorando discretamente esperando a hora de ir embora.

Coisa normal de namorados estava sentados no pátio nós beijando muito até que na ânsia daquele corpo que eu tenho muito tesão comecei a passar a mão sobre seu cacete. Com descrição é claro,longe de nós sermos pegos pela direção.
Diego estava super excitado de leve retribuiu o carinho passando a sua mão em minha xoxota sobre a roupa.
Tanto eu como ele ficamos mais excitado ainda, doidos por sexo, mas sem saber o que fazer sem ter para onde ir foi quando Diego me chamou para ir até a casa de sua avó idosa que morava perto do colégio.
Vamos Marcela minha avó, não enxerga direito entramos e saímos ela nem vai perceber o que viemos fazer eu ligo para meu tio dizendo que estou por lá fazendo companhia para ela ate ele chegar do trabalho na cidade vizinha.
-Hum tem razão Diego vamos senão vamos ficar doidos de tanto tesão reprimido.
Chegamos era quase 21 horas conversamos com sua avó que ficou feliz de conhecer a namorada de seu neto ficamos vendo um pouco de televisão foi quando avó de Diego disse que ia dormir.
Levamo-la até seu quarto vestimos sua roupa de dormir, demos seus remédios calmantes e fomos para sala esperar até seu tio chegar.
No sofá ficamos entre amasso e beijos até que o celular de Diego toca.
Era seu tio dizendo que iria se atrasar um pouco que Diego o esperasse, pois houve um acidente na rodovia... Hum se alguém pensou que achamos ruim, se enganaram.
Diego era só tesão agora tínhamos um lugar para saciar nossa ânsia de sexo e quando Diego tocou em minha xoxota eu já estava excitada soltei um gemido rouco e comecei acariciando seu cacete.
Diego me segurou por uma das mãos e fomos até um quarto que estava desocupado, caímos na cama como alucinada entre amasso e beijos e toque em segundos estava sem roupas eu só de calcinha fio dental vermelha e ele de cueca Box preta. Meus olhos cintilavam de tesão.
Eu queria que este momento se prolongasse ao máximo.
Esta seria a noite do meu amor maior. Diego carinhoso e gentil foi tirando minha calcinha e com beijos molhados começou dando lambidas em minha xoxota que estava meladinha de tesão.
Foi então que invertemos a posição começando um sessenta e nove (69).
Eu fiquei por cima.
Estávamos ambos loucos de tesão reprimido quando Diego começou a sugar meu grelinho eu fiquei como uma louca alucinada gemendo rebolando em seu rosto lambuzando-o com meu mel.
Foi impossível controlar, mas nem bem comecei eu gozei em abundancia.
Foi ai que comecei a sentir a dimensão do cacete de Diego que entrava e saia de minha garganta me deixando até com falta de ar...
Ele queria prolongar ao máximo, mas tínhamos o fator tempo... Precisávamos aproveitar quando Diego me colocou de quatro na pequena cama de solteiro e com cacete todo babado de minha saliva me veio encochando até que senti a cabeça do cacete entre os grandes lábios e com um movimento hábil e certeiro meteu... Com força e vigor, gritei e quando me dei conta de onde estávamos mordi os lábios.
Diego segurou pelos meus cabelos me fazendo sentir como uma potranca e com os movimentos sincronizados fomos acelerando um vai e vem, até chegar ao ápice do prazer.
Diego fudeu loucamente minha xoxota, parecíamos dois insanos em uma corrida desenfreada onde o premio seria o êxtase de dois seres que se deixaram ser aquecidos pelo clamor do sexo.
Fomos irresponsáveis na ausência da camisinha e nem respeitamos a casa de sua avó.
Coitada que deve ter achado que sonhou com gritos e gemidos, mas foi apenas eu e seu neto Diego por força maior acabamos consumindo nossa primeira transa em sua casa.
Mas graças aos bons ventos deu tudo certo quando o tio do meu namorado chegou estávamos na sala vendo TV e fomos embora sem deixar vestígios.
Agora sempre encontramos um jeito e estamos sempre transando, sem deixar de usar o preservativo afinal é essencial.
Diego está mais liberal e estamos pensando em realizar uma fantasia sua que é de fazer ménage feminino.
Estou ciente do que pode ocorrer, mas também estou curiosa de conhecer o outro lado do sexo que é ter uma mulher dividindo meu macho e ele bem sabe que adoro inovações e vou querer provar e ser provada com todas as emoções possíveis. Para evitar surpresas nós estamos à procura de uma garota de programa para fazermos uma noite a dois.
Eu espero que assim que encontrarmos a mulher que caiba dentro de nosso perfil, eu possa voltar aqui para relatar a vocês.
Ainda quero tirar muitas fotos, eu e a pessoa disputando o cacete de Diego. Quero fazer o que nunca fiz e tenho certeza que não será uma única vez.
Delicia...

Docecomomel (hgata)
Feira de Santana 10 de setembro de 2014
Bahia: Brasil
Visitem meus Blogs




Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
fudendo a bucetinha da colega de escola delicia há 1 dia

Eu com 18 anos e ela mais de 30 e divorciada. Começamos uma amizade dentro...
laureen Heterosexual 66


Meu sogrão tarado me engravidou duas vezes há 1 dia

Meu sogrão tarado e gostoso me engravidou duas vezes,meu maridinho era est...
laureen Traição/Corno 83


AS TRÊS MULHERES há 2 dias

No tempo antigo, três mulheres caminhavam por uma estrada. O destino delas...
madalao Masturbação 61


O DESCONHECIDO há 2 dias

Ela desembarcou no terminal do Jabaquara. Saiu apressada em busca de ônibu...
madalao Casual 60


depois que papai viu que era putinha me fudeu deli há 3 dias

Sou filha única,minha mãe morreu quando eu era muito nova e por isso semp...
laureen Incesto 186


Meu sogro fudeu minha bucetinha delicia de foda há 3 dias

Meu marido sai para trabalhar todas as noites e fico solitária e carente n...
laureen Traição/Corno 124