Dona Marta - Uma visita na madrugada.

23 de Setembro de 2014 O Admirador Contos Eróticos 12299

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Eram duas horas da manha e eu não conseguia dormir.
Ao meu lado, Karin, minha esposa, dormia feito um anjo.
Uma semana havia passado desde sua volta do Rio de Janeiro, onde tinha ido a mando da empresa para tratar de negócios. Uma semana em que eu e minha sogra apenas trocávamos olhares de cumplicidade todas as vezes que nos encontrávamos pela casa. Dona Marta e eu tínhamos tido uma experiência incrível enquanto Karin estivera no Rio.

Não consigo dormir. Amo minha esposa e sempre amarei. Nosso sexo é incrível. Nunca caímos na rotina. A mente aberta de Karin nos proporcionava noites de enorme prazer, mas, o meu desejo pela minha sogra estava em alta. Ter transado com ela mudou a minha vida. Eu tinha duas mulheres fogosas dentro de casa e precisava dar um jeito de sempre ter as duas na cama.

Sentei na cama e me certifiquei que Karin estava dormindo. Levantei, sai do quarto, fechei a porta, fui até o quarto da Dona Marta e abri a porta. A luz do abajur estava acessa e uma penumbra que misturava sensualidade e romantismo tomava conta do lugar e, o que eu vi foi de encher os olhos: dona Marta estava se masturbando.

Ao me ver ali, parado na porta olhando para ela, continuou o que estava fazendo e me perguntou se eu iria ficar ali parado. Não pensei duas vezes. Entrei no quarto, fui direto para o meio das suas pernas e comecei chupar sua buceta que já babava de tanto tesão. Ela me agarrou pelos cabelos e pressionou minha boca na sua cona, deliciosamente molhada. Eu sorvia o liquido e matava a minha sede dela.

Dona Marta não segurou e gozou na minha boca saciando o seu e o meu desejo.

Não tínhamos muito tempo, era muito arriscado o que estávamos fazendo. Minha esposa esva dormindo no quarto ao lado. Podíamos ser descobertos a qualquer momento, então não perdi tempo e fui para cima dela e enfiei o meu pau naquela buceta quente e apertada. Ela me prendeu pelo calcanhar e me puxava para dentro dela fazendo meu pau ir o mais fundo possível. Metia com gosto na dona Marta. Meu pau entrava e saia de dentro dela enquanto beijava a sua boca ou mordia o bico dos seus seios. A sensação era deliciosa.

Ela me virou e subiu em cima de mim e passou a cavalgar no meu pau. Subia e descia sem parar, rebolava e surrava meu pau com sua xana gulosa e num grito contido e prazeroso chegamos ao orgasmo. Gozamos.

Quando dona Marta deitou ao meu lado, eu vi minha esposa assistindo a tudo parada a porta do quarto. Minha sogra se assustou ao vê-la ali, olhando, surpresa, para o que estava acontecendo.
Tentei falar, mas não conseguia. O que poderia dizer?
Dona Marta também tentou:

-“Filha, eu...” – foi a única coisa que conseguiu falar.

Karin entra no quarto apenas de calcinha, como costumava dormir, se aproxima de mim, que estava em pé, nu, sem saber o que fazer e calada, não abriu a boca durante o tempo que estivera ali, ajoelhou-se e enfiou o meu pau na boca. Olhou para a sua mãe e, sem tirar o pau da boca, estendeu a mão chamando-a para dividir o membro do seu marido. Dona Marta hesitou, ponderou por um minuto, mas acabou cedendo e, logo depois, dividia a minha pica enrijecida com Karin, sua filha e minha esposa.

Karin virou-se para sua mãe e beijou-a na boca. Era surreal o que estava acontecendo. Que a minha esposa tinha a mente aberta eu já sabia, mas não imaginava que era tanto assim. Mas, minha maior surpresa foi ver a minha sogra retribuindo o beijo com a mesma paixão. Já não havia mais pudores e nem certo ou errado, estávamos dominados pela fantasia e aquelas primeiras horas daquele dia estavam apenas começando.

Continua em:
Dona Marta, Karin e eu – Uma família feliz.


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
historinhas de corno .....sexo gostoso corno tesão há 7 horas

Conheça histórias dos cornos ...... homens que têm prazer em dividir su...
laureen Traição/Corno 17


fudeu minha bucetinha gulosa,bem gostoso amei, há 1 dia

fudeu minha bucetinha gulosa,bem gostoso amei, Dentro de casa ele fude...
laureen Virgindade 61


Meu Genro e seu pai me foderam, primeira DP...amei há 2 dias

"saiu do banho enrolado apenas em uma toalha branca, chegou próximo a mim,...
dammasafada Aventura 96


dando a bucetinha e cuzinho para ajudar meu marido há 3 dias

00000000000000000000000 Adorava namorar na área de casa ou no jardim...um...
laureen Traição/Corno 156


meus amigos fuderam a buceta de mamãe sexo delici há 7 dias

------------------------------ Minha mãe é linda, saúde e corpo,perf...
laureen Traição/Corno 249


Tomei a porra do meu Genro Safado e Gostoso! há 8 dias

“ela entrou no banheiro, ele foi até a janela e ouviu o chuveiro abrir, ...
dammasafada Aventura 275