Casual Day

24 de Setembro de 2014 O Admirador Contos Eróticos 1626

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


"Não. Hoje não vou me permitir ficar aqui, sentada sem fazer nada.
Tenho levado minha vida regrada nos moldes da sociedade. Gosto disso, não sou uma aventureira, não me queixo de ser uma mulher honesta e fiel, pelo contrário, tenho orgulho disso. Mas, estou sozinha. Tenho 37 anos, sou bonita, atraente, inteligente e sempre faço o que é certo, mas, hoje, me darei um dia casual. Um encontro casual, um lance, um momento, umas horas. Sempre ignoro os convites do homens, das mulheres (essas porque não fazem meu tipo), sempre rechaço as cantadas nas ruas, mas, hoje, eu vou me dar um dia diferente. Farei isso por mim. Não vou pensar na pessoa que esta comigo, não dessa vez, uma vez satisfeita, dane-se o resto. Egoismo total. Casual day, aí vou eu."

E foi.

Saiu do serviço ás dezessete horas e, dessa vez, fez um caminho diferente do que costumava fazer. Passou por debaixo de uma ponte e continuou, determinada em ter umas horas só suas. Mesmo que estivessem com alguém (seja ele quem fosse), Helena teria um dia só dela. Não demorou muito e:

-"Não sou quebra cabeça, mas me encaixo perfeitamente em você".

A cantada era péssima e de mal gosto. Mas, vindo de onde veio, perfeitamente aceitável. Parou e olhou para aquele homem num portão feito de tapume, com um macacão sujo, botas bico de aço, mãos calejadas e sorriu e pensou consigo mesma:

-"Casual day. Vai ser como eu pensei."

Helena andou até o homem que, devia estar pensando "puts, fiz merda", e disse:

-"Será que se encaixa mesmo? Me mostra que quero ver".

Sem acreditar no que estava acontecendo o homem abriu o portão e Helena entrou. Ele levou-a para o segundo andar da obra onde uma bancada estava montada.

Helena não perdeu tempo. Levantou a saia, tirou a calcinha, sentou na bancada e arregaçou as pernas:

-"Vamos, quero ver se você se encaixa perfeitamente em mim".

O homem parado a sua frente, de boca aberta, ainda sem acreditar no que estava acontecendo, abriu o ziper do seu macacão e sacou para fora uma pica dura e melada de tesão. Avançou na mulher sentada de pernas abertas esperando por ele e enfiou seu cacete sem dó.

Helena, estava com o corpo inclinado para trás apoiada nas mãos, a cabeça erguida e os olhos fechados, enquanto o homem se deliciava no seu sexo entrando e saindo ininterruptamente.

Helena só pensava no seu prazer. Não tinha nenhum tesão no homem que estava tendo um dia de sorte. Ela só queria gozar. Ter uma metida casual. Queria um dia diferente de todos e estava conseguindo.

A vara do pedreiro era incansável. Rasgava a buceta de Helena, incessantemente, quando ela o empurrou com a perna, desceu da mesa e debruçou sobre a mesa com o peito, ficando de quatro. O pedreiro, então, entendendo o que ela queria, a segurou pela cintura e enfiou o pau mais fundo que pode.

Metia com força. Sem dó. Sua rola castigava a pulsante buceta de Helena que, com espasmos por todo o corpo, chegava ao orgasmo silenciosamente.

Helena endireitou o corpo. Afastou-se do homem que protestava dizendo que não tinha terminado, colocou a calcinha, ajeitou a sala, desceu as escadas e saiu da obra satisfeita.

Voltou a realidade revigorada. Ela nem se lembrava do rosto do homem. Ela nem sabia o seu nome. Não precisava. O dia era dela. Só dela.


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
fudendo a bucetinha da colega de escola delicia há 1 dia

Eu com 18 anos e ela mais de 30 e divorciada. Começamos uma amizade dentro...
laureen Heterosexual 66


Meu sogrão tarado me engravidou duas vezes há 1 dia

Meu sogrão tarado e gostoso me engravidou duas vezes,meu maridinho era est...
laureen Traição/Corno 83


AS TRÊS MULHERES há 2 dias

No tempo antigo, três mulheres caminhavam por uma estrada. O destino delas...
madalao Masturbação 61


O DESCONHECIDO há 2 dias

Ela desembarcou no terminal do Jabaquara. Saiu apressada em busca de ônibu...
madalao Casual 60


depois que papai viu que era putinha me fudeu deli há 3 dias

Sou filha única,minha mãe morreu quando eu era muito nova e por isso semp...
laureen Incesto 186


Meu sogro fudeu minha bucetinha delicia de foda há 3 dias

Meu marido sai para trabalhar todas as noites e fico solitária e carente n...
laureen Traição/Corno 124