Amor e delírio

23 de Novembro de 2013 Mulheres Novas Contos Eróticos 10552

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Em um domingo, véspera de feriado, fui à casa de uma minha amiga nos Barris. Logo que cheguei ao play do prédio de cinco andares, fiquei embriagada com o forte cheiro de incenso.

Festa na csa de Adriana

- Olá, querida, você demorou – disse Luciana, a amiga de Adriana, que também era dona da casa.- Desculpa o atraso, tive uma noite agitada, por isso acordei tarde.- Noite agitada… Hum, sei…- Não seja pervertida, Luciana, eu trabalhei no sábado.- Muito chato, nem me conte – disse Luciana brincando.- O que é chato, Lu? – perguntou Adriana enquanto se aproximava.- Nada de mais, Adriana – respondeu Luciana – não vai cumprimentar a Morena?- Claro, onde está minha educação?

Depois de me cumprimentar, Adriana nos seguiu até o seu apartamento no último andar, quando chegamos lá, percebi de onde vinha o cheiro de incenso.A casa estava cheia de garotas, algumas mais femininas e outras mais do tipo Buthy, por toda parte alguém estava rindo, bebendo ou fumando.

- Você não me disse que era uma orgia, Adriana – disse desconfiada – Não acha que estão muito velhas para essa coisa de sexo, drogas e rock and roll? – completei.- Não seja chata, estamos nos divertindo, e não estamos fazendo orgia, acredite em mim, já estive em algumas e essa não é uma – disse Luciana.

Rimos juntas.

- O que estão esperando? Traga-me uma bebida.

Fui me enturmando enquanto Adriana e Luciana apresentavam as outras garotas. Ouvimos música, demos risadas, bebemos licor, vinho, cerveja e o que mais apareceu. A mistura fez minha cabeça rodopiar como um pião, então parei de beber e fui procurar glicose para melhorar mais rápido.

Movida pelo desespero de fazer xixi e a necessidade de eliminar um pouco de álcool do corpo, fui pro quarto de Adriana que ficava no andar de cima. Era uma suíte grande com uma cama de casal e uma janela que dava para o terraço de outro prédio. Não perguntei se era permitido, apenas subi torcendo para que a porta estivesse aberta.Tranquei a porta do quarto, tirei a bermuda e corri para o banheiro, estava tão distraída e agradecida por ter encontrado a porta aberta que não percebi o barulho que vinha de dentro…Quando parei na porta do banheiro dei de cara com quatro mulheres, uma delas tomava banho no box fechado, enquanto as outras três, que também estavam nuas, se beijavam, entre outras coisas.Fiquei parada por alguns instantes até que elas notaram a minha presença, nua da cintura para baixo, não seria fácil explicar que eu só estava indo fazer xixi, então me limitei a pedir desculpas e fechar a porta atrás de mim.

trianguloMuito mais apertada do que antes, tive a sorte de encontrar uma garota saindo de outra porta, perguntei se era um banheiro e, antes de ouvir a resposta, me atirei pra dentro. Aquele era o melhor xixi da minha vida.Ao sair encontrei com uma garota que pensei já ter ido embora, tínhamos trocado olhares, mas nem mesmo sabia seu nome. Para minha surpresa, ela estava me procurando e quando me viu saindo, me empurrou de volta para dentro e entrou trancando a fechadura.Nos olhamos por alguns instantes e nos aproximamos devagar, começamos com um beijo suave que logo ficou mais quente, nossos corpos pareciam se conhecer, seu perfume era familiar, ficamos ali por alguns minutos, nos tocando e nos conhecendo sem palavras, até alguém bater na porta.

- Acho que tem gente querendo usar – disse ela quebrando o silêncio.- Eu sei, mas só estávamos no começo.

Rimos juntas.

- Vamos – disse ela pegando em minha mão.

Abrimos a porta e a garota que estava batendo pediu desculpa, mas logo depois entrou como uma bala. No corredor, as quatro garotas que eu tinha surpreendido minutos atrás no quarto de Adriana, passaram por nós com sorrisos nada envergonhados, na verdade, acho que tinha até um certo orgulho naqueles sorrisos. Corremos em direção ao quarto, fizemos uma vistoria para ter certeza de que ninguém mais estava lá, e nos beijamos demoradamente.Então ficamos ali, não contamos o tempo, mas mesmo sendo interrompidas toda hora por algum casal “ardendo de desejo”, que, em sua urgência, sempre vinha checar se o quarto estava vago. Mesmo assim não deixamos que o toc toc inconveniente na porta fosse um empecilho e nos acariciamos gostosamente por algum tempo.Deixei que a garota sentisse a umidade entre minhas pernas e afoguei também os meus dedos entre as suas. Gozamos. E não sei se foi por causa da bebida, mas eu acabei adormecendo e acordando com Adriana me sacudindo e gritando.

dormir e perder a hora

- Nossa, Morena, que sono pesado – disse Adriana preocupada quando eu acordei – Achei que tinha acontecido alguma coisa com você. Está tudo bem?- Sim, está tudo ótimo – disse tentando explicar – acho que eu peguei no sono depois de…– Depois de…? O que foi que você andou fazendo, sua danadinha?- Não tenho certeza – eu ainda estava me situando. A cabeça doía. Eu estava de ressaca. – Quando você me acordou, eu cheguei a me perguntar se estivera sonhando.- Um sonho erótico, eu imagino – pelo olhar malicioso de Adriana, parecia estar óbvio.- Quem nunca gozou, que atire a primeira pedra.

Rimos juntas.

- Posso saber o nome da garota e onde ela está?– Boa pergunta, Adriana, mas eu não me lembro.

A festa, embora perfeita, já tinha acabado pra mim. Peguei um táxi e ,sem me despedir, fui pra casa. Amanhã seria outro dia e amanhã tentaria descobrir quem era aquela garota.

Quem sabe continua…


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
Sempre fui putinha e de papai tb sexo incesto há 12 horas

O que vou contar aconteceu quando eu tinha 18 anos.Sou filha única,minha m...
laureen Incesto 272


De moça virgem a garota de programa luxuoso há 12 horas

conto de uma gde amiga Maria box box box.............. É um segredo qu...
laureen Virgindade 131


Agarrei a bunda gostosa da coroa ruiva no ônibus. há 1 dia

Olá, me chamo Marcos e amo uma boa oportunidade de tocar em bundas, mas va...
ylovearrimon Aventura 294


Nanda - Bombadas no Ano Novo há 1 dia

Nanda – Bombadas no Ano Novo (Conto Real) Uma amiga em comum nos apres...
kasa Heterosexual 143


Meu natal com a Fer, a ultima foda antes da viagem há 2 dias

Olá galera esse será o último conto antes da viagem,,,,,,,,, o meu Nata...
bodiar Exibicionismo 180


DE VOLTA À PIZZARIA - Capítulo 12 há 2 dias

DE VOLTA À PIZZARIA CAPÍTULO 12 ATENÇÃO ESSE É O DÉCIMO SEGUNDO ...
carlaomg Aventura 106