Apenas uma Fã - Parte 4

25 de Dezembro de 2013 musiknonstop Contos Eróticos 2307

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria






No
dia seguinte M. acorda um pouco mais tarde. Estava precisando descansar também!
Mesmo a viagem não ter sido cansativa, os últimos dias foram de muita emoção!!
Em pouco tempo viverá o que nem ousara pensar em viver!! Apesar de já ter tido
alguns relacionamentos mais sérios, nunca havia sentido algo tão forte e
intenso, como o que sentia por ele! Em seus braços perdia a noção de tempo e
espaço! Nada mais importava ou fazia mais sentido do que estar junto dele.
Ainda mais por ele retribuir de forma tão carinhosa e sexy!!



Ele ainda dormia. Profundamente! Mas suas
feições que ontem eram tranquilas, hoje não eram. Dormia um sono intranquilo.
Sua face e seu corpo estavam banhados em suor! Ela preocupada encosta de leve
sua mão em seu rosto. Constatando assim que ele ardia em febre. Decide não
acordá-lo. Queria que descansasse ao máximo! Pede um café simples no quarto,
pois não queria deixá-lo sozinho! Entra no facebook. Queria falar com a
Marcela. Por sorte ela estava online!



“Oi
Marcela!! Tudo bem por ai? Saudades!!”



“Oi
Lú!! Tudo ótimo amiga! Já está em Oxford?”



“Sim
chegamos ontem!”



“E
ai como está? Curtindo muito seu gato guitarrista!? Pelo tom de voz não
perece!”



“Ah
então já estamos em Oxford! Mas em Bristol tivemos uma discussão! Foi tão
chato! Ele bebeu além da conta. Foi grosseiro antes do show. E depois queria ir
sozinho para o hotel, sem condições alguma! Deu trabalho! Parece ser stress de
turnê!



“Nossa
que coisa chata! Percebi pela sua voz que tinha algo de errado!”



“Ele
achou melhor que eu não ficasse na casa deles. Trouxe-me para um hotel e acabou
dormindo aqui. Pior que acho que ele não está nada bem! Hoje está com febre. E
ontem sentiu dor na coluna. Nem acordou ainda!”



“Você
vai para curtir e tem agüentar estrelismos!! Despacha ele para casa! Vocês mal
se conhecem, ainda vai ficar tomando conta dele amiga!! Se toca!!!”



“Acho
que não tenho coragem! Seus companheiros de banda são muito legais! Mas dá para
ver que ele está cansado. Precisando de cuidados e carinho. E você sabe, tem
momentos que só nós  mulheres sabemos dar
o que eles precisam!!!”



“Aff!
Eu desisto!! Apaixonadas são cegas mesmo!!! Ainda bem que não me apaixono!!
Pelo menos está curtindo a viagem? Como é o hotel?? E como é acidade?”



“A
sim estou adorando a viagem!! A cidade pelo pouco que vi é um espetáculo!! O
hotel é maravilhoso! Ai amiga como não são muitos dias que vou ficar e diante
de tudo não quis economizar no hotel.”



“Ah
que bom!! Você merece!!” 



“Ontem
ele me levou para jantar no restaurante aqui do hotel!! A...ai...Que delicia!!
E ainda teve sobremesa no quarto! Estou vivendo um sonho!! Queria que não
acabasse jamais!! Ao seu La...”



“Não
queria ser muito dura e realista! Mas você sabe que uma hora esse sonho vai
acabar?! Você vai ter que voltar e ele continuar sua vida, suas turnês e seus
shows!!”



“Eu
sei né!! Mas me deixa sonhar mais um pouquinho!! Poder vê-lo assim de tão
pertinho, sentir minhas mãos tocando sua pele macia, sentir sua respiração,
seus deliciosos toques... É tudo tão real, tão intenso, tão s...”



“Tão
meloso....afffff! Chega! Se não vai me contar os detalhes mais picantes.
Romantismos eu to fora!”



“Nossa
quanta educação! Eu aqui abrindo meu coração!! E você... Enfim...”



“Ai
desculpe amiga! Mas você sabe que romantismo não é comigo!! Bom boa sorte ai
com seu doentinho! Tenho que resolver umas coisas, vou nessa!”



“Ah
de boa! Vai lá. Até mais! Obrigada por me aquentar!”



“Amigas
são para essas coisas! Fui!!”



Ela
desconecta e vai vê-lo. Estava acordando. Se espreguiçando na cama, com olhares
e trejeitos de quem estava sentindo dor.



“Goodmorning
my Lord! Como disse que estava cansado, achei melhor deixá-lo descansar.”




Bonjour ma chére! E estava mesmo! Mas não dormi bem, principalmente de manhã,
por conta da dor nas costas, está me incomodando um bocado! Desculpe se me
agitei muito a noite e atrapalhei seu sono.”



“Não
atrapalhou! Imagina. Só fiquei preocupada com você de manhã, vi que estava com
febre.” – diz ela tocando de leve o rosto de seu amado e constatando que ainda
tinha febre.



“Acho
que não conseguirei fazer show! Não sei o que fazer! Aiii!! – diz ele segurando
de leve as mãos dela e tentando levantar da cama.



“Não
force! Espere um pouco, vou ligar para seus colegas e explicar o que está
acontecendo. Tenho certeza que eles saberão o que fazer.”



“Tenho
que fazer esse show!! É o último dessa turnê! Está marcado a meses. O que
pensaram de nós!”



“Não
sei e nem quero saber o que pensaram! Mas com dor você não vai fazer show
algum!! Nem que eu tenha que impedi-lo! O que acho que não vai ser difícil!”



“Ahahahah. Ai...! Convencida você!
Obrigado.”



“Já
volto. Fique ai quietinho”



Ela pega o telefone, vai para um lugar mais
reservado, e liga para o guitarrista:



“Oi,
good morning! É a M. quem está falando.”



“Oi
M. reconheci sua voz! Boa tarde já, não é! Tudo bem? Pelo seu tom de sua voz
vejo que não! O que foi? Alguma coisa com o J.?!”



“Então,
ele está de cama! Com febre alta, e desde ontem está sentindo dor nas costas.”



“Nossa!
Melhor eu ir buscá-lo!”



“Acho
que não precisa. Mas ele está muito preocupado com o show! E visivelmente não
tem condições! Está parecendo ser emocional. Acho que o que ele está precisando
é descansar!”



“E
ele ainda preocupado com o show! Só o J. mesmo! Enfim, vou ligar já no O2
Academy, ver o que posso fazer e te ligo.”



Ele
logo telefona para o Academy, explica o que está acontecendo e diz que não deve
ser nada muito grave! Em seguida retorna para M.:



“Oi
M. Consegui remarcar o show para daqui a dois dias! Eles estão com a agenda
super lotada! Eu insisto em ir buscá-lo. Você veio para se divertir e não ficar
tomando conta de marmanjo estressado!” 



“Eu
que é que vou insistir! Preocupo-me muito com ele e por isso entendo você, mas
acho que o que ele está realmente precisando vocês não podem dar!”



“Mas...
– tenta dizer ele, mas é interrompido por ela!”



“De
certa forma estou vivendo um sonho!! Sei que logo terei de ir embora, então
cada minuto que passo com ele é tudo para mim!”



“Nossa
é sério! Você realmente gosta do J. Uma pena ter de voltar para seu pais, ele
estava precisando muito conhecer uma garota assim: legal, atenciosa e que o
entende!”



“Obrigada pelos elogios. Embora ache-os um
tanto exagerados! Bom vou lá contar as novidades para ele. Até mais.”



“Qualquer
coisa você tem meu celular, me ligue. E boa sorte ai com esse teimoso!”



Ela
desliga o telefone e vai contar as novidades!



“Falei
com seu guitarrista! Ele queria vir te buscar. Eu disse que não precisava, fiz
mal? Acho que aqui você pode descansar mais sossegado!”



“Não
sei! Não quero te dar mais trabalho! Melhor mesmo eu ir para casa! E o show
como ficou? Eles reclamaram de alguma coisa?”



“Ele
conseguiu re marcar para daqui a dois dias, numa boa! Você ainda não entendeu:
quero que fique para eu cuidar de você.



“Do
jeito que estou nem vou conseguir discutir! Assim não vale!!  Ai...e por favor não se aproveite do meu
estado para abusar de mim!! Tenho que confessar que estou indefeso e em seu
domínio!!”



“ahahahha.
Boa!! Ai ai...não me de munição! Olhando para você assim desarmado, indefeso,
na minha cama é tão tentador!!” – diz ela segurando as mãos dele.



“Pelo
que vejo já tomou café? Nem estou com fome.”



“Eu
tomei um café rápido. Mas você precisa se alimentar!! A dor acaba tirando toda
energia! Como quer ficar bom para fazer o show sem se alimentar direito! Vou
pedir já alguma coisa. Que tal frutas, suco, pães, queijos?”



Ele
mesmo sem fome e vontade alguma, acaba aceitando as justificativas de M.,
dizendo o que quer. Ela liga para recepção e pede frutas, pães chá e leite. O
ajuda a se levantar e ir até o banheiro, enquanto isso arruma a mesa do café.
Ela o acompanha só para fazer companhia e diz:



“Você
conhece alguma loja de produtos naturais aqui por perto?”



“Não
que me lembre! Por quê?? “



“Pensei
em ver algumas coisinhas que conheço para aliviar essa sua dor nas costas! Vou
dar uma olhada na internet, deve ter alguma!”



Ela
pega seu ipad e faz uma pesquisa rápida. Acaba encontrando uma não muito longe
do hotel. Loja de produtos naturais, remédios alternativos, temperos e comidas.
Perfeito!!



“Achei
uma não muito longe daqui. Se não se importar gostaria de ir até lá. Prometo
não demorar.”



“Pode
ir te espero aqui! Vou aproveitar, o tempo livre, para buscar minha bike e
treinar umas manobras radicais que estou aprendendo com um amigo!!”



“Como??
Pensei que pudesse ficar sozinho, mas pelo que estou vendo terei de te amarrar
na cama!”



Diz
ela tentando parecer séria e brava. Não convencendo muito mas, ele entra na
brincadeira e responde:



“Please, no my Mistress!! Ai... Brincadeira.
Vai na boa! Vou ficar vendo teve!”



“Espero!!
Nada de ficar andando por ai!! Aproveite para descansar!”



Ela
mesmo recosa de ele não se comportar resolve ir. A loja era  muito boa! Compra um óleo de massagem para
dor, fitoterápicos e outras coisinhas! Terminada essa parte mais urgente
resolve dar uma olhada em guloseimas. Encontra uma porção de samosas, comida
exótica Indiana: Perfeito! Um tipo de pastel de massa leve, com sabor adocicado
e de temperos marcantes. Comida do tipo para aguçar ainda mais o paladar de
quem come com prazer!



Enquanto
isso no hotel J. obedece às ordens, apenas descansa, vendo teve. Ela tenta não
demorar, mas na volta passando por uma loja de sapatos vê na vitrine uns
coturnos femininos lindíssimos!! Não resiste acaba comprando um, cano médio, em
tom de azul esverdeado. Pensa que ficara perfeito com seu vestido azul marinho,
para usar no show!



“Nossa
quantas sacolas!! E é você que não leva muita 
coisa!! Imagina se levasse! Vocês mulheres consumistas!”



“Aff! Quanto preconceito! Nem sabe o que
comprei! Vou devolver tudinho e te deixar ai com dor!!” – diz ela tentando
parecer séria e decidida!



“Ai...Duvido que você teria coragem de
fazer isso comigo!! Não é você que diz gostar tanto assim de mim! Quanta
maldade com seu guitarrista doentinho!!.” – diz ele tentando se levantar da
cama.



“Maldade é vocês homens generalizarem nós
mulheres! Seu chato reclamão!! Mas, pior que como você disse, eu não teria
coragem...uhhhhh!!” – diz ela o impedindo de se levantar. 



“Sabe que até que estou gostando de ter
alguém para implicar e deixar bravinha!! Mas você sabe que é brincadeira, não
é?? Enfim, que trouxe de bom?? Bebidas? Da verdinha?! Brincadeira de novo.”



“Acho bom mesmo!! São verdes, mas acho que não
do que você quer! Sorry. Então trouxe alguns remedinhos naturais, um óleo para
massagem. Ah e trouxe umas samosas! Conhece?? Acho que sim, já li que você tem
gosto por comidas exóticas! Estou certa?”



“Ah sim eu gosto! Nos ingleses tivemos
muita influencia da culinária indiana e também tive a oportunidade de conhecer o
país pessoalmente!”



“Que bom! Espero que essas sejam boas! Bom
iria te propor você tomar os remédios, são todos naturais e eu te fazer uma
massagem, nada muito pesado!! Entendo um pouco! Mas acho que está frio aqui?”



“Nossa do jeito que estou aceito qualquer
coisa!! Desde que alivie essa dor! Pode ligar o ar, é esse botão ao lado da
cama! Aqui não faz o calor que vocês estão acostumados nos trópicos!”



“É não mesmo! Mas sabe que amo o frio!!”



“Eu também adoro! Embora goste de praias!
Ouvi dizer que as do Brasil são bem quentes!“



“São muito quentes mesmo, principalmente no
verão! Bom já liguei o ar, acho melhor você tirar a camiseta, te ajudo. Vou
lavar as mãos e colocar uma roupa mais confortável e já volto.”



Ela veste um moletom bem quentinho e
confortável. Leva os remédios para ele tomar. Liga um som calmo, algumas
musicas da trilha do filme Cinema Paradiso orquestradas. Estica o edredom no
tapete, pede para que ele se deite de bruços e fique bem confortável!  Pega o óleo passa em suas mãos! E assim
começa com movimentos lentos e delicados, deslizando suas mãos, sentindo cada
músculo e cada toque naquele tão sonhado corpo!



“Aiiii...aiiii! Mais devagar! Quer que eu
morra ainda jovem de dor! Você realmente sabe o que está fazendo??” – Diz ele
tentando se virar para reclamar!



“Nossa como vocês homens são tão sensíveis!!
Depois falam de nós mulheres! Calma! Relaxe...! Está muito tenso! Por isso a
dor! Fique tranquilo não sou do tipo sádica e sei o que estou fazendo! Acho eu!
Mas, ai.. ai..a seu lado nem sei bem que sou!”



“É olha ai!! Não confio muito em você! Mas
está ficando bom. Continue. Obrigado mais uma vez!!”



Assim ele começa a relaxar e confiar mais
em M. Fecha os olhos e entrega-se por inteiro a suas macias mãos e a seus
delicados toques!






“Se tu
fossi nel mio cuore per un giorno



Potreste
avere un'idea



Di ciò che
sento io



Quando
m'abbracci forte a te



E petto a
petto noi



Respiriamo insieme”






 




Ela
aumenta um pouco mais o som! E continua aquela tão gostosa e relaxante
massagem!! Com toques muito lentos e profundos, desliza suas mãos pelas costas
de J. Seguindo para seu braço e mãos com muita delicadeza! Volta a suas costas
e ombros que massageia por um bom tempo! Ele agora só suspiros! Seus músculos
que antes eram tensos agora mais relaxados e sua febre começa a ceder!



“Melhor
agora? Posso continuar nesse ritmo?” – diz M aproximando seu corpo ao dele e
falando baixinho em seus ouvidos.



“Sim...
Agora sim!! Não pare, está tão bom!! Precisava de uma massagem dessas depois de
todo show!! Que delicia!!”



“Vou
continuar, mas gostaria de tentar outra técnica. Pelo que li se chama Ashiatsu.
One minut! Não se mexa”



Ela
vai até o banheiro, tira as meias e lava muito bem os pés com água morna! Volta
ao quarto. Ele ainda de olhos fechados, apenas pede que ela continue! Assim ela
passa óleo em seu pé, segura com suas mãos em uma pilastra do quarto e assim
começa a massageá-lo com o pé, pressionando bem de leve. Ele um tanto receoso percebe
que agora não eram as mãos que o tocavam! Resolve interromper e diz:



“O que está fazendo?? Mais alguma de suas maluquices!?
E ainda diz que não é sádica!! Ah tá acredito! Ai...”



“Relaxe!!
Sei o que estou fazendo! Essa é a ashiatsu! Massagem com os pés! Quero provar
que sou tão boa com os pés quando com as mãos, Uma amiga uma vez me disse que
tenho toques suaves e sei usar minha força! Vai gostar! Garanto que vai te
relaxar ainda mais.”



“Se
está dizendo! Com a dor que estou e indefeso acho que não tenho outro saída?!”



“Não!!
Não tem outra saída! Agora quem está no comando sou eu! E você obedece! A única
coisa que você pode e deve, e ouça bem é uma ordem: é relaxar!” – diz ela
tomando impulso e subindo com os dois pés sobre o corpo de J.



“Ai..ai...hum...hum…so good M.” 



“Quem
está no comandado agora? Diga? Eu quero ouvir você dizer!” – diz ela
intensificando a força de seus toques.



“Yo...hummmmm...aiiii”
– diz ele, mal conseguindo falar,  com
voz muito baixa e tremula!!



“Não
ouvi!! Diga mais uma vez por favor!”



“YOU!!
Ai...Você está no comando.” – diz J. bradando em auto e bom som! Como se
milagrosamente estivesse bem!



Então,
ela desce de suas costas. Arqueia-se, e com o rosto colado ao dele o beija carinhosamente
no pescoço e diz baixinho:



“Thank
you!! E agora está melhor? Espero que não esteja bravo comigo. Sabe o quanto
gosto de você, só quis ajudar!” – diz ela o abraçando.



“E
ajudou sim!! Obrigada! Sinto-me bem melhor! Só não achei nada interessante não
estar no comandando.”



“Pode acreditar dar ordens é muito mais
difícil! Mas você precisava disso! Garanto que vai se sentir bem melhor!”



“Nossa
até abriu meu apetite! Mas acho que eu deveria comer só coisas leves! Que tal
pedirmos uma sopa para acompanhar as samosas que trouxe? Será que eles tem
minestrone? A tempos não como!” 



“Hummm! Aprovado! Vou ligar na
recepção e perguntar.”



Ela liga e eles dizem que podem fazer!
E também esquentariam as samosas! Em seguida arruma as coisas enquanto J. se
ajeita na cama. Liga a TV e diz:



“Já que terei de descansar poderíamos
assistir um filme, que acha? Vou dar uma olhada no que está passando na TV. Só
please não me diga comédia romântica!! ” 



“Ahahah! Que te faz pensar que todas
as garotas gostem de comédia romântica? Não que condene o gênero, mas poucos me
agradam!” – diz ela enquanto ele zapeia para ver se encontra algo interessante
para verem! 



A comida chega. Ele deixa em um canal
de musica, e seguem para mesa. A sopa veio acompanhada de fatias de pão,
manteiga e queijo – aparentemente gruyere em cubos –! O aroma estava delicioso
e era de uma belíssima apresentação! A sessão de massagem abriu não só o
apetite de J. como deu fome em M.  Além
da comida ela pediu duas taças de vinho!



“Que aroma delicioso!! Parece
deliciosa! Pedi uma taça de vinho. Acho que você merece relaxar! Mas só uma
taça!”



“Obrigado! Deve estar deliciosa mesmo!
Eu pude degustar essa iguaria em uma viagem que fiz à Itália! Apaixonei-me pela
culinária mediterrânea! Mas tenho que confessar que prefiro as receitas mais
leves e com frutos do mar. Da parte Italiana mais próxima da Grécia.” – diz ele
olhando para a tv admirando clipe que começava a passar!



“Nossa!! Eu amo ‘Losing my Religon’. Lembro-me
da primeira vez que vi esse clipe, eu era adolescente, não conhecia R.E.M., foi
muito marcante para mim!



‘Every
whisper



Of every waking hour



I'm choosing my confessions



Trying to keep an eye on
you’” – completa M.



“Eu também gosto muito dessa musica! Adoro a
guitarra que permeia a musica!!



‘That's me in the corner



That's me in the spot light



Losing my religion’” – canta J.!



Ela olha profundo nos olhos de J. e o cala, em um
impulso, beijando seus tão desejados lábios.



“Às vezes tenho vergonha de demonstrar intimidade demais
com você!! Desculpe-me se isso o incomode! È que não consigo resistir quando
escuto sua voz!”



“Estou aqui, não estou? Faça o que tiver vontade.
Estou tentando ser menos sério! E desculpe-me se pareço distante. Quero curtir
muito esse momento também! Obrigado por me ajudar com tudo! Você foi um anjo
que apareceu nesse momento difícil!! Um anjo meio diabinha, mas...”



Enquanto isso na teve passa ‘The Pretenders – I’ll
Stand by You’.


“ ‘Come on and come to me now



Don't be ashamed to cry



Let me see you through



Cause I've seen the dark side too.’



‘Nothing
you confess



  could
make me love you less’”  - canta M. carinhosamente em um tom de voz bem
sexy!



  “Muito
obrigado! Quem diria, que honra, estou ficando com Chrissie Hynde e não sabia!! Sério você canta muito
bonitinho!”



“Imagina!” – responde M. com voz tremula e muito
tímida! Corada com o aparentemente sincero elogio de J. - um cantor de voz tão afinada
e doce -!!



Terminada a
comida e a conversa, ele resolve voltar para a cama e ver se tem algum filme
interessante passando!  Ela não sabe
muito como agir, mesmo com o comentário dele para fazer o que tiver vontade!
Ele percebendo a chama para ficar ao seu lado na cama.



“Aceito ficar ao seu lado! Mas prometa que vai
descansar! Nada de estripulias hoje.” – diz M. se ajeitando bem colada ao corpo
dele e segurando sua mão.



“Ahahaha! Nem pensar em tentar alguma coisa do
jeito que ainda estou! Podemos só ficar juntinhos!” – diz J. zapeando pelos
canais.



“Nossa!! Deixe ai! Adoro esse filme!! Já viu??
‘Adoráveis Mulheres’. Com o Cristian Bale novinho, a maravilhosa Winona Ryder e
Suzan Sarandon!”



“Olha só, também gosta de cinema! Não me lembro de
ter visto. Costumo ser cavalheiro, mas se me permite dizer: acho Winona Ryder
muito interessante! Além de excelente atriz é claro!”



“Ahahahah! Você tem bom gosto. Já eu acho, outro
conterrâneo seu, Christian Bale bem mais interessante!! Viu ‘Velvet Goldmine’? Excelente
filme, não é?!”



“Ahahaha. Vi sim. Muito bom mesmo.” – diz J. a
afagando carinhosamente com caricias em seus longos cabelos.



“Se me perguntassem um casal de filmes que eu goste
muito diria esse: a Josephine (Winona)
e o Friedrich (Gabriel Byrne). Não é só simplesmente amor, é uma admiração tão
forte que um sente pelo outro. Acho lindo! Além de ele ser professor. Eu admiro
tanto a profissão de professor!!” – diz M. junto a um suspiro gostoso,
prestando bastante atenção no filme!



“Você fala isso só para me agradar...!” – diz ele
sussurrando baixinho, quase pegando no sono!



“Falo
sério! E tenha certeza de que não é porque me apaixonei por um!!” – responde M.



Ela
tão preocupada em respondê-lo não se da conta de que estava falando sozinha!
Ele tinha pegado no sono. Os remédios, a massagem, a comida quentinha e
acolhedora enfim o ajudaram a relaxar! Suas feições eram mais tranqüilas, sua
respiração mais calma. Ela toca seu rosto e constata que sua febre
aparentemente cedeu! Termina de ver o filme e resolve tirar um cochilo também. Desliga a teve. Baixa a luz. Fica ao seu lado na
cama em duvida a pensar. Queria dormir abraçada a sua paixão segurando suas mãos
macias, mas não queria atrapalhar seu sono! – Ai. Ai... Dormir abraçadinha ou deixá-lo
descansar? – Suspira ela pensando em que fazer! – Ele coincidentemente em resposta
acomoda sua face ao peito dela e segura com mais força sua mão. Suspira suave e
assim adormecem.




Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
buceta deliciosa da minha tia há 15 dias

Minha tia é uma mulher de 39 anos, uma coroa muito enxuta, toda trabalhada...
laureen Incesto 42


quando fui comer um cuzinho apareceu uma bucetinha há 16 dias

quando fui comer um cuzinho apareceu uma bucetinha tb demais sexo gostoso r...
laureen Grupal 86


Fodendo Gostoso com o Veterinário da nossa Fazenda há 16 dias

"Fui tomar um banho antes que faltasse luz, eu estava em um misto de apr...
dammasafada Aventura 69


ENTRE TAPAS E BEIJOS COM MINHA TARADA! há 17 dias

Há anos que não visitava aquela cidade litorânea e como teria que ficar ...
luiz_sanches Hetero 52


Futebol e Sexo - Sempre tem um cuidando do alheio há 18 dias

Herbert e Luzia, um casal jovem, ele com seus 23 anos e ela com seus 19 ani...
juck Aventura 73


Como desvirginei a putinha de minha filha delicia há 20 dias

Como desvirginei a putinha de minha filha, delicioso tesão demais,bucetinh...
laureen Incesto 264