O Professor e as Duas Colegiais

27 de Fevereiro de 2014 Del Contos Eróticos 20982

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Conteúdo originalmente publicado pela minha deliciosa parceira Cherry no site Contos Eróticos Aleatórios.

Ai, me chamaram pra uma festa Fantasy! Claro que não ia prestar!

De cara, planejei minha fantasia com segundas intenções. Como eu estava há muito tempo sem uma relação heterossexual, bateu uma vontade de brincar um pouquinho com o imaginário dos homens da festa. Fui na costureira e ela tirou minhas medidas para uma fantasia de colegial sexy… Sim, daquelas tipo normalista. =) Blusa branca, quase transparente na altura da cintura, estilo de escola Normal, saia azul bem curtinha, mostrando a poupa da bunda, meia 3/4 branca e um sapatinho estilo boneca.

Saí de casa e fui pra festinha, que prometia. Chegando lá, fiquei umas 2 horas rodando que nem louca a festa toda, bebendo e observando as pessoas, mas nada me animava por completo… Inclusive os homens da festa (até aquele momento) não eram tão interessantes pra minha buceta, que batia palmas pra um pau bem grande. Nenhum pau presente fazia ela pulsar =(.

Eis que chega uma outra colegial!

Entenda… não sou daquelas mulheres que se irrita quando uma outra chega com uma roupa igual a minha na festa. Pelo contrário, fico até feliz porque sei que mais alguém gostou do modelito. Mas naquela noite, eu queria dar!! Eu queria dar pra todos os gostosos da festa se deixassem! E com ela, vestida daquele jeito eu teria concorrência! Enfim… meu piti de hétero passou e eu acabei me conformando em não pegar ninguém, porque a morena era mil vezes mais bonita que eu. Ela tinha um belo par de seios enormes, cabelo de índia e olhos de um castanho quase mel, era mais alta que eu, tinha pernas perfeitas e uma bunda de passista de escola de samba. Toda poderosa nos seus 1.65 e 59 kg, ela veio e parou do meu lado no bar, pediu uma água “pra começar”, bebeu e ali ficou.

- Chegou tem muito tempo? Tá meio parado isso aqui né?! – Perguntou me olhando como se estivesse esperando um convite pra sair dali. Justamente naquela noite que eu queria um pau bem grosso batendo na minha língua.

- Sim, ta bem parado.

Cinco minutos depois, entra o professor. Tá, ele não estava vestido de professor… Dava pra perceber que ele tinha acabado de sair do escritório e passou na festa. O foda é que ele olhou diretamente pra nós duas assim que chegou, e não parou mais de olhar até vir falar com a gente. O “professor” era alto demais, cabelos bem pretos e tinha olhos azuis, simplesmente um Deus grego! Eu, como não sou nada tarada, bati os olhos na pica dele e percebi o volume que já fazia na calça. Assim, percebi a verdadeira intenção do safado quando olhou pra nós duas e pegou na nossa nuca ao mesmo tempo. Senti um arrepio da cabeça aos pés (nuca é um dos meus pontos fracos), olhei pra ele e pra ela, e minha buceta começou a pulsar, imaginando o que poderia acontecer com aquela mistura.

- As meninas estão sob a supervisão de um professor ou estão aqui sozinhas? – Ele disse, nos fazendo carícias na nuca.

Dissemos que estávamos sozinhas e ele falou que “não era hora nem lugar pras alunas ficarem sem supervisão” e que, por isso, seríamos castigadas quando chegássemos na sala de aula. A menina ria de todo aquele teatrinho que o cara montou, mas eu estava levando bem a sério… Se ela não quisesse participar da brincadeira, minha buceta seria toda dele. Como eu já estava meio bêbada, comecei a sustentar a brincadeira descaradamente, pedindo pra ele não me castigar “senão minha bunda ficaria muito vermelha, como eu explicaria pra minha mãe?” Depois, a menina também foi entrando no teatro e começou a me provocar, passando a mão no meu corpo, mas com a intenção de deixar o cara com o pau mais duro do que já estava...

Quer saber o resultado desse conselho de classe? Visite Contos Eróticos Aleatórios e descubra como o professor puniu Cherry e sua coleguinha de classe.


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
A história verdadeira de Lia,seus sonhos e desejos há 2 dias

Sou Lia,18 anos e a história que começo a narrar mudou minha vida... T...
laureen Virgindade 29


Voltei mas pedi seu cuzinho virgem há 2 dias

Voltei mas pedi seu cuzinho virgem como prova de amor ...sexo delicioso,tes...
laureen Virgindade 44


Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam há 2 dias

Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam Leo me deixava louca, estava ...
laureen Grupal 65


fuderam a bucetinha da minha namorada há 2 dias

fuderam a bucetinha da minha namorada liberal,sexo total delicia Meus mome...
laureen Grupal 37


Mana dormiu em casa e meu marido mandou rola há 2 dias

Minha irmã safada e fogosa adoro rola atolada na sua bucetinha e cuzinho d...
laureen Grupal 75


Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro d há 4 dias

Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro dele, a vagabunda pirou de...
bodiar Traição/Corno 55