Descobertas Adolescentes-Cap-8:

26 de Abril de 2014 guilherme Contos Eróticos 491

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Fernando: não Pedro, por favor cara para...para, não me recuperei ainda daquela noite.

Pedro: pow Nando, esse tempo todo sem nada, to com saudades.

Pedro foi se aproximado de Fernando, tocando seu rosto e beijou-lhe. Um beijo de prazer para Pedro e de dor para Fernando, não era dessa forma que ele queria o Pedro. O garoto foi retirando o resto das roupas de Fernando.

Pedro começa a beijar a boca de Fernando apulso, aos poucos ambos já estavam nus, Pedro com seus 18cm ereto, e Fernando sem ter sinal de ereção, lagrimas abundantes do rosto do rapaz.

Fernando: por que você faz isso?

Pedro: ora por que te quero so para mim meu amor, de forma brutal.

Fernando: você é um monstro Pedro, um monstro.

Pedro: pow, que isso Nando, agora vai me faz um carinho.

Pedro segurava a cabeça de Fernando o forçando a descer.

Fernando: não, não vou fazer isso.

Pedro: olhe nadinho, a ultima vez você se machucou feio. Quer de novo?

Pedro alisou seu rosto, Fernando abaixou a cabeça, segurou o pau de Pedro e o colocou na boca, começou a chupar devagar, o gosto do pau de Pedro se misturava com suas lagrimas.

Pedro: ai nando, que delicia minha putinha.

Aquelas palavras doíam no coração de Fernando.  Que o chupava sem parar. Pedro encostou-se no sofá gemia de prazer.

Pedro: chupa viadinho, chupa... depois vou te comer todinho, minha mulherzinha querida.

RESIDENÇIA FAMILIA BRATHO

Léo chegou em casa, não tinha mais ninguém, subiu para seu quarto.

Léo: vamos ver se essa é realmente boa, como dizem.

Léo abriu a mochila e pegou uma cartela, eram papeis secantes, com um desenho de uma bicicleta, destacou quatro e engoliu.

Léo: diz que o efeito começa em 30 min, espero ser bom o bastante.

HOSPITAL.

Havia um rapaz forte e loiro no balcão do hospital, falava com a atendente.

Garoto: bom-dia, vim visita Rafael Brandão, foi internado em coma.

Atendente: espera um segundo.

A mulher  digitiu o nome do garoto.

Atendente: lamento, mais a família não permiti visistas.

Garoto: o que, como assim? A senhora precisa deixa eu entrar, preciso ve-lo

Atendente: lamento garoto é as normas, so pode entrar com os pais deles.

O Rapaz se enfurece e sai .

Garoto: como vou te ver rafael?

Uma lagrima sai do rosto de garoto.

ESCOLA CONVIVENDO E APREDENDO

A aula continuava em debate sobre o mesmo assunto.

Aluno: mais professora, pense comigo, a criança adotada por esses tipos de casais, vão ver aquilo e acha normal fazerem o mesmo na rua.

Deise: meu filho, a pessoas ser assim pode talvez não ser por querer, ser sentimentos, a criança não vai crescer e acha certo, sabe por que. Pois se fosse assim, não ia haver gays no mundo, pois foram todos criados por um casal “ normal” então ao seu ver, era pra existir nenhum gay.

Aluno: isso é diferente, mais esta bem, não posso forçá-la a crer em uma coisa que a senhora não crer.

Deise: bem turma, então é isso que vamos retratar em nossas aulas, temas assim, homossexualidade, a questão do machismo, religião entre outros temas em que envolve o ser humano e a convivência.

O sinal tocou, terminando a aula.

Deise: bem para completar, vocês devem aprender a viver e compreender as escolhas dos outros, para conviver bem.

Todos começaram a se levantar. E a saíem.Tonia e Ricardo conversaram quando foram interrompidos por Maicon.E foram para casa os 3 juntos.

Maicon: fiquei pensando em você a aula toda?

Tonia: em mim, pensando como?

Maicon: como você, na sua idade, mora sozinha.

Tonia olhou para Ricardo.

Ricardo: sozinha? Como assim? E sua família?

Tonia: depois te explico. Tchau

Tonia puxou Maicon para o outro lado e seguiram caminho.

Ricardo se sentiu abandonado ali, tonia seguiu caminho com Maicon e o deixou ali e sem resposta, e com o pensamento “ por que ela morava sozinha? Nisso foi se aproximando Carol e Marilia.

Carol: fala Rick, se juntou com o tonia agora e abandonou agente.

Ricardo: ow amor nada disso, vocês que me abandonaram.

Ricardo lembrou-se do dia da festa e de que nunca mais falará com Marilia.

Ricardo: estava sempre ali, vocês que se afastaram.

Carol: verdade, mais por que né?

Marilian: Carol, por favor.

Carol deu um sorriso.

Carol: ah oi Janiele, miga depois nos vemos, xau.

Carol saiu deixando Marilia e Ricardo a sós. Marlian ficou vermelha.

RESIDENÇIA FAMILIA MATARAZZO

Amanda fazia suas tarefas de casa, quando alguém bate na porta.

Amanda: já vai, já vai.

Ao abrir Breno entrou.

Amanda: ah é você, o que veio fazer aqui?

Breno retira de trás das costas um buquê de flores amarelas e rosas, ajoelhou-se.

Breno: vim te pedir desculpas pessoalmente, fui um tolo, você esta esperando o filho meu, eu preciso ser homem e assumir isso, não importa o que aconteça, quero você ao meu lado Amanda, para sempre.

Amanda foi pega de surpresa.

Amanda: nossa, você nunca fez isso. Pra mulher alguma que eu saiba.

Breno: para você ver, o quanto eu te amo, meu amor.

Amanda pega as flores, levanta Breno e o beija. O Rapaz a segura pelos cabelos os espalhando ela se prende ao seu pescoço. Depois de um tempo se desgrudam.

Amanda: precisamos conversar antes.

Breno: deduzi isso, pedi o carro de meu Pai emprestado, quero te levar a um lugar.

Amanda: hum aonde?

Breno: é uma surpresa

Amanda: hum... amo surpresa, vou me arrumar, espera.

Passados uns 10 min ela saiu do quarto, bermuda colada jeans, e uma camisa que Breno o dera uma vez.

Breno: vamos?

Amanda: vamos sim.

Entram no carro e saíram em partida.

RESIDENÇIA FAMILIA BRANDÃO

Martha acabará de bater o telefone, estava feliz, correu e beijou o marido.

Daniel: o que houve meu amor?

Martha: Dani, o medico ligou, foi do hospital que o Rafa esta, ele disse que ele esta dando sinal de recuperação, ele mexeu o dedo.

Daniel: que notiçia maravilhosa meu amor, tenho outra também, estava mexendo nos contatos dele e achei um dos melhores amigos dele.

Martha: e como você sabe quem é ele amor?

Daniel: esta escrito melhor amigo e ele já esta a caminho.

Martha: ai hoje o dia esta sendo ótimo meu amor.

Passado alguns minutos alguém baterá na porta. Martha o atendeu.

Martha: você  é o amigo do Rafa?

Garoto: sim, me chamo Gabriel

Gabriel era forte e muito belo, olhos castanhos e cabelos lisos e negros.

Gabriel: não tenho muito tempo, tenho que ir para o trabalho, mas quero entrega-lhe a chave que ele me pediu para guardar.

Daniel: muito obrigado meu filho, você sabe o que pode ter aqui dentro?

Gabriel: sei sim, senhor, mais é melhor que seja como o Rafa pediu, olhe o que vocês vão saber, não é fácil, mas quero que vocês entendam, e procurem compreender.

Daniel: como assim?

Gabriel: irão saber, tenho que ir.

Daniel; tem idéia de quem esteja com a outra chave?

Gabriel: deve estar com Miguel, só que ele esta viajando e só retorna quarta-feira.

Martha: ah sim, muito obrigado meu filho, vá com Deus.

Grabiel: obrigado senhora.

Martha e Daniel voltaram para casa, colocou a chave no cadeado e abriu agora so faltava uma chave.

RESIDENÇIA FAMILIA SOARES

Pedro levantou Fernando, o pressionou no sofá, começara agora a chupar o pescoço do garoto, roçava sua pica na bunda de Fernando. Que continuava sem excitação, estava chorando.

Fernando: por favor... Pedro para com isso, por que não pode ser tudo calmo.

Pedro: qual é, ta achando que sou viado, pra ir com calma, o viado aqui é você.

Pedro da um tampa na bunda de Ricardo o fazendo gritar.

Pedro: se prepare que vou te comer agora.

Pedro puxa uma camisinha do bolso e coloca em seu pau. Com as duas mãos abri a bunda de Fernando, e mete de vez.

Fernando: ahhhhhhhh

Um grito de profunda dor e desespero, foi uma dor tão forte que Fernando por um monto quase desmaia, já havia acostumado, mais Pedro o penetrou violentamente que doeu bastante dessa vez, ainda doendo, Pedro começara a bombar forte.

Pedro: ahh q deliçia de cu menina. Vou te estraçalhar.

Fernando ia e via com as estocadas de Pedro.

RESIDENÇIA FAMILIA BRATHO

Léo: essa porcaria não esta fazendo efeito, que merda é essa, será que aquele desgraçado me vendeu um falso.

Léo pegou mais três e tomou. Foi para a cozinha começara a sentir uma sede insaciável. Abriu a geladeira.

???: LÉO

Léo se assustou e deixou o vaso da água cair.

Léo: Marilia? Mas o que vocee esta fazendo?

Marilia estava nua, mostrando seu corpo, o Pau de Léo ficou duro de uma hora para outra, piscou os olhos e ao abrir a garota tinha sumido.

Léo: será que ta começando a fazer efeito. Aff que sede.

Leó reabriu a geladeira, pegou um copo de água colocou no copo, e virou na boca. Ficou tonto, paro de beber e sentiu coisas andando dentro de sua boca, com um dedo retirou uma aranha. Começou a gritar.

Léo: to tendo alucinações, é so isso.

O garoto começara a suar, seu coração acelerava, parecia que ia enfarta ali agora, um medo o apoderou-se completamente. Na sua mente começou a ter flsahs de sua vida. “ se viu criança, brincando com o irmão” a cena mudou “ agora estava brigando com o irmão”

Léo; por que voce tem um carro melhor que o meu? Por que.

Léo pegou uma faca e cortou o braço do irmão.Sua mente voltou ao real.

Léo: mais o que esta acontecendo comigo? A casa ta tremendo.

A Casa começou a tremer para Léo ele saiu de casa, continuava tonto.

Léo: paraa, paraa por favor.

Começava a ouvir vozes

Léo: o que você quer?

Léo continuava ouvir.

Léo: o que Ricardo esta com Marilia, tenho que mata-lo.

O Garoto começou a rodar pela rua, via os carros vindo e imaginava dinossauros, começou a correr.

Léo: dinossauro, corram, corram.

Todos o olhavam.

RICARDO E MARLIAN.

Os dois andavam em silencio. Ate que foi quebrado por Ricardo.

Ricardo: quero me desculpar pela aquela noite.

Marilia: se desculpar de que?

Ricardo: tratei-te mal naquela noite, e você não merece isso mesmo, desculpa, mais é por que não sinto o mesmo por você o que sente por mim.

Marilia: eu sei, mais tudo bem, Carol me disse que o amor é meu, não seu, vai demorar para te esquecer, mais pelo menos longe daqui, vai ser mais fácil.

Ricardo: longe daqui? Como assim?

Marilia: vou para o Rio de Janeiro.

Ricardo: serio? Que legal

Marilia: aham, Carol talvez vai comigo, não é certo ainda.

Ricardo: nossa que bom hein.

Marilia: sim, muito bom

TONiA E MAICON

Maicon: ninguém da sua sala sabe que você mora sozinha?

Tonia: não, escondi isso de todos, por favor nao conte a ninguém

Maicon: esta bem,mas por que você mora só?

Tonia: nunca contei para ninguém, mais sinto algo em você que posso contar e confiar.

Maicon: com certeza.

Tonia: eu fugi da minha cidade?

Maicon: mas porque?

Os olhos de tonia encheram-se de lagrimas novamente.

Tonia: vou te contar tudo.

RESIDENÇIA DONA FÁTIMA

Sâmara estava lavando sua roupa, no fundo da casa da avó. Quando percebe que uma suzuki vermelha parou na porta, seu coração acelerou. A garota correu em direção ao rapaz sentado em cima da moto, era uma perola negra, forte, malhado, cabelo curto, cara de macho mesmo, de fazer qualquer garota e alguns garotos delirarem so de olhar.

Sâmara: meu amor?

Marcelo: conta-me o que houve?

Sâmara: aff... Calma, eu não roubei nada.

Marcelo: Sâmara, sua mãe foi contra você, eles tem fortes motivos.

Sâmara: meu amor não acredito que ate você acha que sou ladra.

Marcelo: claro que não, sua avó ta ai?

Sâmara: ta sim, por quê?

Marcelo: quero falar com ela.

Sâmara: quer falar o que?

Marcelo: você vai ver.

O Rapaz desligou a moto e desceu, acompanhado da garota ele entrou na casa. Dona fátima estava sentada em sua cadeira de balanço.

Marcelo: lincença senhora, queira falar com a senhora.

Fátima: pois não meu filho.

O Garoto sentou-se no sofá.

Marcelo: bem, tenho 26 anos, a Amanda tem 19 começamos a namorar já a 4 anos, amo muito ela, queira a permissão da senhora, para que eu possa vim ve-lá toda noite.

Sâmara assustou-se.

RESIDENÇIA FAMILIA SOARES.

Pedro continuava a socar em Fernando,cada vez mais forte, metade da dor já estava a sumir, mesmo sendo violentado Fernando sentira de leve um pequeno prazer, ate que uma coisa assusta Pedro, retirando seu pau do cu de Fernando. Alguém bate na porta.

Perdo: quem é?

Fernando: socorro, socorro.

Pedro calou a boca de Fernando com a mão. A porta foi empurrada por Théo.

Théo: mais o que é isso? Pedro, oque você esta fazendo, solte ele.

Pedro: ah é só o outro viadinho do tipo fêmea louca. Kkk

Théo: sou mesmo, e assumo, e não me escondo por trás de uma falsa aparência como você.

Pedro: retire o que você disse sua bichinha de merda.

Pedro foi ate Théo, e deu um soco na boca do garoto fazendo cair, Fernando foi tentar ajudá-lo, Pedro o empurrou para trás, fernando caiu no chão.

Pedro: escute aqui sua bicha louca e maluca, nunca mais me insulte entendeu.

Pedro voltou a chuta-lo. Theo se contorcia.

Theo: nunca vou me rebaixar a você seu lixo.

Pedro: que é isso Theo, ate parece que você não esta doido, pra vê essa rola aqui deliciosa, no seu cuzinho arrochando.

Théo: preferia ser perfurado por balas do que ter você em meu corpo.

Pedro: é o que vamos ver, Nando meu amor, não se importa de me dividir mais seu amigo não né?

Ao se virar para trás, Pedro vê Fernando desmaiado no chão e se assusta.

TONiA E MAICON.

Maicon:entao voçe era prostituta?

Tonia: sim, espero que não mude nossa amizade.

Maicon: claro que não,mas então você sofreu muito.

Tonia: sim, nem imagina o quanto.

Maicon: olha so vou para minha casa, mais tarde se quiser venho cá ficar com Você, para não se sentir sozinha. E você me mostra as cicatrizes.

Tonia: obrigado.

Tonia estava na porta de sua casa, era pequena e velha. Ela entrou. Dentro da casa não tinha absolutamente nada, somente uma cama no chão, seus livros, posto em cima da cama, e uma mala no canto. Ela deitou-se na cama.

Tonia:ai Plínio, como queria ta com você agora. Sei que você não vai me perdoar nunca, te abandonei sem nem dizer adeus meu amor. E você Ricardo você se apaixonou por mim, e eu só o usando para tentar esquecer o Plínio e meu passado.

RICARDO E MARILIA

Já estavam próximos a casa de Marilia, quando a figura de Léo surge ao longe ainda correndo.

Marilia: aquele não é o léo?

Ricardo: é sim, por que será que ele num veio para a escola hoje?

Marilia: vai saber, você é amigo dele.

Léo foi se aproximando sem parar de correr, avistou Ricardo e Marilia seu rosto tomou a forma de raiva o vê-los. Chegou perto de Ricardo e deu um soco.

Marilia:léo, para oque é isso?

Ricardo: oque deu em você cara?, para com isso

Léo: seu trairá, desgraçado.

Marilian: Meu Deus léo o que houve com você?

Leó conseguira derrubar Ricardo no chão, que chutou o amigo para tirar de cima dele.

Ricardo: Marilia os olhos dele esta dilatado.

Marilia: o que deu nele Ricardo?

Léo: você sabe que a amo e esta dando em cima dela.

Marilia: como assim Léo?

Leó: eu te amo Marilia, e esse desgraçado esta dando em cima de você.

Marilia se assustou. Leó continuou a bater em ricardo.

RESIDENÇIA FAMILIA SOARES

Pedro assustou-se ao ver Fernando no chão

Théo: oque você fez seu desgraçado, Nando fala comigo amigo.

Pedro foi para junto de Fernando e o segurou levanto a cabeça. Ele nem viu foi muito rápido, num gesto rápido Fernando enfiou uma faca na mão de pedro.

Pedro: ahhhhh... seu desgraçado.

Fernando segurava a faca na mão.

Fernando: eu te juro Pedro, por tudo que você me fez, hoje eu mato você...

Continua...


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
DE VOLTA À PIZZARIA - Capítulo 39 há 8 horas

DE VOLTA À PIZZARIA CAPÍTULO 39 ATENÇÃO ESSE É O TRIGÉSIMO ...
carlaomg Traição/Corno 16


A Noiva e Filha do Meu Amigo me Seduziu!!! há 10 horas

Voltando novamente para escrever um pouco sobre como...
dotado_safad Jovens 27


Meu Professor, Meu Macho Gostoso! há 1 dia

Meu nome é Songeun, Sonji para os amigos. Agora eu tenho 19 anos. O que vo...
songeun Aventura 56


ESPOSA CONFESSA QUE SE ENGRAVIDOU DO AMANTE há 1 dia

Uma amiga minha encontrou o site de pintos Mórmon e queria que eu visse so...
tigreraiado Traição/Corno 47


Depois de casada fui amante de papai delicia,bucet há 2 dias

Quando esse fato aconteceu fazia pouco tempo que tinha casado, ainda estáv...
laureen Incesto 86


meu tio arregaçou minha bucetinha virgem há 3 dias

Jà desconfiava de titio há muito tempo sempre que vinha em casa não tir...
laureen Incesto 188