safadinha dando pra dois caras

24 de Maio de 2014 loirinha33 Contos Eróticos 17315

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Olá taradinhos ! Meu nome é Re*, sou de Ribeirão Preto (SP),
tenho 20 anos e vou contar como realizei um dos meus fetiches.



Sou loira , cabelos longos, tenho 1,55 cm e peso 50 kg. Sou
magra mas tenho uma bunda grande e redondinha, seios médios bem durinhos e um
apetite sexual enorme. Sou muito safada e não tenho vergonha de admitir. Namoro
há mais de três anos mas sempre tive vontade de dar pra outro cara, essa era
uma fantasia que eu nunca tive oportunidade e nem coragem de realizar mas que
acabou acontecendo sem que eu planejasse.



O conto é um pouco longo mas tenho certeza que vai excitar muita
gente pois  é uma delícia!



De vez em quando eu e o Lucas* trocávamos mensagens picantes,
ele tem a mesma idade que eu e vivia no meu pé, estava sempre esperando uma
chance pra gente ficar mas por eu ter namorado nunca podia acontecer nada. A
gente sempre falava de assuntos quentes e isso acabava  me deixando com
vontade de ficar com ele.



Uma noite ele veio puxar assunto comigo e começou a falar que
estava com tesão de ver as minhas fotos, que eu era muito gostosa e que ele era
louco pra me comer, tentei não dar corda pro assunto mas aquele papo já estava
me excitando e me deixando louca pra dar. O Lucas começou a namorar há poucos
meses mas isso não o impedia de vir me procurar pra conversar . Eu, é claro,
fazia de tudo pra não dar moral, pra cortar o assunto , mas de vez em quando
não conseguia conter o desejo que acabava falando mais alto .



Nessa noite depois de muita conversa quente ele falou que o
pinto dele estava muito duro e perguntou  se eu não queria ver, eu disse
pra ele parar de me provocar que aquilo não ia acabar prestando mas ele, vendo que
estava me deixando louco, continuou insistindo em me mandar uma foto do pinto
dele duro, pronto pra gozar. Eu disse que estava louca pra ver mas que não
podia, disse que ele era um safado por estar me falando todas aquelas coisas
mas ele não estava nem aí e me mandou a foto mesmo eu dizendo que não. Quando
eu vi aquele pinto grande e duro eu fiquei molhadinha, louca pra ir até lá dar
pra ele, mesmo que escondido. Morrendo de tesão e sem pensar muito nas
consequências eu combinei com ele de ir até o prédio dele, assim de última hora
mesmo. Me troquei voando, coloquei uma calcinha fio dental preta, um vestidinho
bem curto preto , com um decote delicioso que fazia os meus peitos saltarem pra
fora , peguei o carro e fui. 



Estava tomada por aquela sensação de prazer deliciosa mas muito
nervosa pois aquela situação nunca tinha acontecido antes. Cheguei no prédio,
entramos e subimos para a cobertura. No elevador ele estava me comendo com os
olhos e disse que eu estava muito gostosa. Chegando na cobertura fomos direto
pra escada de emergência e ali  ele me agarrou, me puxou pela cintura sem
que eu nem pudesse dizer nada, começou a me beijar com muita vontade e a passar
a mão pelo meu corpo, descendo pra minha bunda  e subindo meu vestido. Por
um momento pensei em desistir, em sair dali enquanto era tempo, mas o tesão era
tão grande que eu não conseguia, quanto mais eu tentava mais excitada eu ficava
em pensar que enquanto meu namorado estava trabalhando eu estava lá dando para
um cara que também tinha namorada.



Ele começou a levantar meu vestido, puxou minha calcinha pro
lado e enfiou seu dedo na minha buceta que, aquela altura já estava molhadinha.
Eu gemia baixinho enquanto ele enfia ainda mais o dedo me fazendo sentir muito
tesão. Foi então que eu tirei a blusa dele, abaixei sua calça e comecei a
chupar aquele pinto delicioso. Estávamos os dois morrendo de tesão, ofegantes,
eu não aguentei e pedi pra ele enfiar todo aquele pinto em mim. Ele me puxou
pelo cabelo, me empurrou para o chão e mandou eu ficar de quatro. Eu obedeci,
ajoelhei no chão e fiquei de quatro, ele começou a enfiar e eu só conseguia
gemer e gritar cada vez mais alto. Ele começou a enfiar mais rápido me fazendo
delirar e eu gritando mais e mais. Em pouco tempo ele gozou tudo na minha
buceta e caímos os dois no chão vencidos pelo cansaço e pela excitação do
momento.



Olhei  a hora e disse que tinha que ir embora, me troquei
rapidinho, ele me levou até a porta e eu disse que dei pra ele uma única vez,
falei pra ele nunca mais me procurar e sai dali o mais rápido que pude. Entrei
no carro e fui até o trabalho do meu namorado, liguei pra ele e disse pra ele
vir até o carro que eu queria falar com ele. Quando ele chegou eu fui logo
 subindo em cima dele e dizendo pra irmos em alguma rua mais deserta
porque eu queria dar pra ele.



Fomos então até uma rua mais deserta, ele começou a tirar a
minha roupa com tesão e a me beijar com força enquanto eu tirava a roupa dele.
Subi em seu colo e montei naquele pinto gostoso, ele começou a enfiar com força
e eu só conseguia gemer. Recuperei o folego e falei que eu tinha uma coisa pra
contar.. Eu pedi pra ele me bater e me chamar de cachorra enquanto eu contava
pra ele que tinha dado pra outro cara havia poucos minutos. Ele começou a me
bater e a me chamar de cachorra, vadia e isso só fazia o meu tesão aumentar.
Ele disse que eu ia ter o troco por eu ser tão safada e começou a meter com
toda a sua força me fazendo gritar de tanto tesão.  Eu perguntei se ele
não estava bravo e ele falou que não importava, que ele ia terminar de me comer
e depois pensava no que ia fazer comigo. Ele começou  a gozar e eu, mais
uma vez, senti aquela porra quente me inundando. Foi uma delicia, eu acabava de
ser comida por dois caras em poucos minutos, estava cansada, me sentindo suja
por dentro e por fora mas acima de tudo eu tinha acabado de realizar um fetiche
meu. 



E ai taradinhos , gostaram da minha aventura sexual rs ?! Esse
foi meu primeiro conto, se gostaram me escrevam pra eu continuar contando um
pouquinho mais das minhas aventuras pra vocês ;)



Beijinhos com muito tesão,



Re.



*O conto é verídico mas os nomes foram modificados .


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Sempre fui putinha e de papai tb sexo incesto há 1 dia

O que vou contar aconteceu quando eu tinha 18 anos.Sou filha única,minha m...
laureen Incesto 598


De moça virgem a garota de programa luxuoso há 1 dia

conto de uma gde amiga Maria box box box.............. É um segredo qu...
laureen Virgindade 270


Agarrei a bunda gostosa da coroa ruiva no ônibus. há 2 dias

Olá, me chamo Marcos e amo uma boa oportunidade de tocar em bundas, mas va...
ylovearrimon Aventura 448


Nanda - Bombadas no Ano Novo há 2 dias

Nanda – Bombadas no Ano Novo (Conto Real) Uma amiga em comum nos apres...
kasa Heterosexual 210


Meu natal com a Fer, a ultima foda antes da viagem há 3 dias

Olá galera esse será o último conto antes da viagem,,,,,,,,, o meu Nata...
bodiar Exibicionismo 222


DE VOLTA À PIZZARIA - Capítulo 12 há 3 dias

DE VOLTA À PIZZARIA CAPÍTULO 12 ATENÇÃO ESSE É O DÉCIMO SEGUNDO ...
carlaomg Aventura 138