Querido chefinho Pt8(O Mascarado )

03 de Junho de 2014 Branca de neve Contos Eróticos 1948

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Bil seca minhas lagrimas
com beijos  que eu correspondo na anciã
de devora-lo, pois não quero perde-lo.



Bil: _ você quer ir
embora minha linda? 



Eu:_ Sim quero.



Bil: _ vou ligar pro
meu cunhado buscar minha mãe ai vamos.



Confirmo com a cabeça
ele sai discutindo com a mãe outra vez junto as malas e coloco  tudo no porta malas.



Entro no carro e buzino
para Bil, ele sai e Dona Magnólia esbravejando e ele berra para ela que não é
mais moleque e entrou no carro batendo a porta o do meu pobre Jeep Renegade SUV.



Eu: _Ei não tem geladeira
não.



Bil: _Ai desculpa mais
a minha mãe esta me dando nos nervos.



Eu: _Mais meu carro
não tem nada com isso.



Bil: _Amor você gosta
desse carro em?



Eu: _Foi presente de
meu pai de aniversario do ano passado, lembra?



Bil: _Lembro mais você
gosta mais do carro do que de mim.



Eu: _Não seu bobo eu
te amo.



Bil: _Também te amo.



Eu: _Amor e quanto ao
divorcio segunda ainda vamos ao advogado.



Bil:_ Sim vamos amor
impossível esse filho ser meu e mesmo que fosse, filho não segura casamento.



Eu:_ Amor dirige o
carro? Não estou legal.



Bil: _Que foi? 



Eu: _Nada só aquela
dor de cabeça chata.



Parei o carro e passei
o volante para Bil.



Bil: _Agora eu sei que
você me ama,  esta me deixado dirigir o
seu carro.



Diz me beijando.


Bil: _Amor me ajudar
organizar o casarão ao lado da empresa



Eu: _O casarão? 



Bil: _Sim ele é meu
vou morar lá, porque o espanto?



 Eu: _Nada, e porque já fiz muita fara lá na
adolescência e  morria de medo de
você  quando ia lá  eu me escondia pois estava usando a
piscina 



Bil: _Era você?



Eu: _Sim eu era uma
peste como dizia sua esposa.



Bil: _Verdade uma
peste  linda.



Eu: _Por que a casa sempre
ficou fechada?  



Bil: _Porque era
grande.



Eu: _Achei que erra
por causa dos fantasmas buuuu...



Chegamos esquecemos os
problemas por um tempo. Fomos direto para o casarão um local antigo mais
cuidado, pois Bil sempre teve carinho por aquele local  tinha uns 17 anos quando ele comprou  o local que pertenceu a minha família fiquei
possessa pela venda  pois sempre gostei
da piscina que foi mantida por meu amado limpa e funcionando  e eu na adolescência pulava o muro para nadar
lá vivi muitas coisas naquele lugar Bil interrompe meus pensamentos.



Bil: _Branca, eu ainda
não acredito que era você, que vinha nadar aqui.



Eu: _Desde criança eu
gosto desse lugar e meu avô o vendeu porque era grande demais e minha mãe e
tias não queriam viver aqui. Ai você veio para cidade o bonitão  eu estava no colegial e sempre te via de
carro na porta da escola buscando Jr eu sempre tive um misto de medo e curiosidade
sobre você.



Bil: _Branca você fez
a tatuagem quando?



Eu: _Há um tempo antes
de eu começar a trabalhar no escritório. Por quê?



Bil: _Quando você
vinha aqui nadar não havia tatuagem.



Eu: _Não eu fiz depois,
mais por que esse assunto?



Bil: _Você disse que
sempre me notou branca?



 Eu: _Eu e todas as meninas da escola, o cara
bonito recém-casado quando você ia à loja da minha mãe, meu Deus eu suspirava
atrás daquele balcão.



Ele me beija e diz



Bil: _Branca eu sempre
me escondia aqui nas quartas feiras  para
ver você mergulhar nessa piscina por isso que sempre mantive a casa  intacta 
de alguma forma me apaixonei por aquela garota cheia de vida que pulava
o muro ate que minha ex-mulher descobriu a xingou de peste e expulsou  você daqui.



Eu: _Ai eu fiquei de
castigo e parei de vir aqui ate...



Ele me beijou me
interrompendo e disse



Bil: _Que tal realizar
um sonho meu?



Eu: _Claro meu amor. 



Ele saiu correndo e
foi para  dentro e eu entendi para onde
ele ia  então arranquei o vestido e a
calcinha e saltei nua na piscina e comecei a mergulhar  naquele lugar de minhas diversões
juvenis  e  vejo meu amado me observando da sacada  ele desapareceu novamente  de repente ele salta na piscina atrás de mim
e me abraça e me beija  e começa me
acariciar  me levando para berra que uma
escada submersa  e começa beijar todo meu
corpo  e me consome ali na agua que
estava fria mais foi aquecida com  o
calor de nossos corpos fui tomada de um prazer que fez estremecer todo o meu
corpo ele me carregou para uma espreguiçadeira que havia ali estava sob o sol e
ali nos amamos mais uma vez e ficamos ali por um tempo nos olhando.



Bil: _Branca quando
você veio trabalhar no escritório você não disse nada sobre o casarão  por 
que?



Eu: _Sei lá fiquei de
castigo um tempão pelo que fiz sabia ai depois você começou aluga-lo para festa
vim aqui algumas vezes e quando comecei a trabalhar com você achei que não
fosse mais seu.



Ai somos interrompidos
por uma chamada no celular de Bil



Eu: _Você não vai
atender?



Bil: _Atende pra mim é
a  Shirley.



Quando atendo a megera
grita esbraveja que estou com o pai do filho dela  eu entrego telefone para Bil que diz que ira
no advogado na segunda ele imediatamente fala que não que quer um reunião
naquele momento esta na porta do escritório 
com advogado dela ele desliga e diz 
vamos  tenho que falar com
advogado dela e preciso de um também. 



Ligo para o sócio de Bil
que é advogado e segue para lá.



 Quando chego ao  local ela já esta  gritando 
que quer uma posição de Bil



Que entra sem dar um
pio e vai rumo ao cofre o advogado diz que ele será processado por abandono de
lar  quando o sócio de Bil o Ted pede
calma todos entrando na sala



Então Bil entrega um
envelope a Ted com fotos que comprovam o adultério logo o advogado dela propõe
um acordo Bil interrompe diz



Bil: _Antes quero o DNA
.



Ai ela se recusa ao
exame  



 E sai e me empurra no sofá e diz



Shirley: _Fedelha dos
infernos devia te matar.



Quando vou para cima
dela Bil e Ted me seguram.



Bil: _Calma linda Bil
diz a meu ouvido



Eu me aconchego em seu
colo ele diz:



Bil: _Porque choras minha
menina? 



Ted nos deixa a sós:



Eu: _Tenho medo de
você  querer ficar com ela por causa do
bebe.



Ele me beija:



Bil: _ Jamais vou te
deixar. 



Começa descer meu
vestido lentamente  eu a tirar sua camisa
 me pega em seu colo e  me leva para sofá e ali  começa sussurra
em meu ouvido que sempre me amou e me desejou que se sentia um idiota por ter
sonhos com um  menina que ia nadar
piscina do casarão estava ali toda para ele 
então começou a me penetrar eu  a
beija-lo ele pediu  que eu o cavalgasse e
enquanto ele acariciava meus seios e assim eu fiz  enquanto ele gemia  e 
segurava meu seios em suas mãos.  Acabei
dormindo no escritório acordando no domingo de manhã com um zilhão de ligações
no meu celular da minha mãe envie uma mensagem dizendo que estava viva. Ele despreguiça
diz



Bil: _Bom dia, Linda.



Eu: _Bom diaaaa...



E pulo em seus braços.



Ele me deita sobre seu
peito e diz



Bil: _Branca você
nunca me contou como foi sua primeira vez.



Eu: _Eu não falo sobre
isso  acho que nunca contei a ninguém



Bil: _Por que te
magoou de alguma forma ?



Eu: _Não foi meio
surreal.



 Bil: _como?



Eu: _Hora vamos para o
casarão levar suas coisas eu ainda tenho que da as caras lá em casa hoje ou
minha mãe arrancar meus cabelos com auxilio de uma pinça. 



 Bil: _Você não vai me contar?



Eu: _Não sei, vamos
arrumar suas coisas



Bil: _Vamos! 



Ele me diz e me beija.
 



 Bil: _Mais antes vamos tomar um café?



Eu: _Sim senhor. 



Tomamos banho e fomos
à padaria e comemos por lá. E começamos a levar as coisa para o casarão nada
mais que malas de roupas e um computador pois o local era mobiliado desde que
foi construído com a mesma mobília luxuosa e histórica escolhida por minha
tataravó. E adentro a casa abrindo as janelas e retirando os lençóis que
cobriam a mobília.



Bil: _Escolhe o quarto.



Eu me dirijo ao quarto
principal da casa no andar de cima um quarto enorme  com uma 
cama  antiga que é uma obra de
arte.



Bil desse as coisas e
pergunta



Bil: _Por que esse
quarto?



Eu: _Bom sobre o assunto
de mais cedo posso te contar mais você não pode rir sequer ficar com raiva e
nem me jugar promete?



Bil: _Jamais te jugaria,
eu prometo, me conta  como foi?



Eu: _Foi bem aqui
nesse quarto que tive aminha primeira vez...



Bil: _Com quem?



Eu: _Não sei



Bil: _Como assim não
sabe?



Eu: _Você se lembra do
baile de mascaras que teve a um tempo atrás aqui eu tinha acabado a escola e
vim a esse baile para comemorar. Comprei uma fantasia perfeita uma espécie de
gatinha cor de rosa com uma mascara  bem
decorada que cobria meu rosto deixando apenas minha boca e queixo expostos  um vestido curto que assimilava uma boneca de
porcelana só que tinha espartilhos 
sapatos altos.



Bil se senta na cama
imóvel.



Eu: _O que foi?



Bil: _Nada, continua
estou ouvindo.



Cheguei à festa com
alguns amigos e fui direto para pista montada no lado de fora  da casa quando comecei a dança logo veio
um  cara alto vestido com uma fantasia de
cigano mais com o rosto coberto por uma mascara preta com detalhes
dourados  e começou a dançar comigo  e ali mesmo eu o beijei sem pensar em nada e
viemos para esse quarto  e ele começou a
soltar os fios que prendia  meu vestido e
me livrando dele  e  começando a explorar meu corpo de uma forma
que jamais havia sido explorado  e   sugou
mês seios  e desceu ate minha  pipita e a beijou com a mesma doçura que
beijou meus lábios e me entreguei a suas caricias  nos permanecemos de mascara eu me entreguei
aquele homem que me penetrou  voraz e
delicadamente, pois ele percebeu que era meu primeiro homem e me tratou com
carinho apesar do silencio pois não trocamos nem uma palavra  eu adormeci e acordei pela manhã com um
bilhete e uma rosa vermelha  no bilhete
estava escrito...



Bil me interrompe diz:


PERDOI-ME POR TER
ROUBADO SUA INOCENCIA, MAS COM VOCÊ ME SENTI UM HOMEM COMPLETO.



Eu fiquei estática,
pois era as exatas palavras do bilhete do mascarado, ele se levantou foi a
outro quarto e troce uma caixa e me entregou ao abrir vi a mascara preta e
dourada não contive as minhas lagrimas.



Bil: _Branca desculpa?



Eu: _Por que você esta
me pedindo desculpa?



Bil: _Por não ter
ficado com você e deixado você sozinha sempre me culpei disso mais nunca
imaginei que era você na piscina na festa e depois trabalhando comigo.



Eu: _Nunca tive raiva
disso, e não sabia que você me observava na piscina e tão pouco imaginei que
era você no baile.  Só passei a te
procura mais você sempre esteve tão perto. Quando começamos a namorar ate me
esqueci do mascarado



Ele me abraçou me
pegou em seus braços e me colocou sobre a cama e ali me amou como em minha
primeira vez só que sem mascaras dessa vez.



Bil: _Estou começando
a acreditar nos seus papos de destino Branca.



 Eu: _Bom quanto a tato eu fiz por causa da
rosa que você deixou na cama e no papel que você deixou tinha marca d’ água de
uma serpente então fiz a tatuagem como forma de recordação do mascarado
pois  achava que nunca mais ficaria em
seus braços novamente.



Bil: _nunca mais vou
te deixar quero te ter para sempre em meus braços. Te amo.



Eu: _Também te amo, e
acho melhor irmos para casa antes que minha mãe me mate e te acuse de sequestro.



E assim fomos para minha
casa e eu segura que o destino havia colocado Bil em meu caminho e aquela
insegurança se foi.



Eu: _Bil vamos daqui
um mês para São Paulo tenho que avisar lá em casa que vou passar um tempo fora.



 Bil: _Oba! Vou ter você só para mim.



Eu: _Seu bobo!



E assim cheguei em casa
levei uma bronca pois minha mãe já estava em novena para me achar  deu uns tapas em Bil então  tivemos um domingo normal em família.


     


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
A história verdadeira de Lia,seus sonhos e desejos há 2 dias

Sou Lia,18 anos e a história que começo a narrar mudou minha vida... T...
laureen Virgindade 29


Voltei mas pedi seu cuzinho virgem há 2 dias

Voltei mas pedi seu cuzinho virgem como prova de amor ...sexo delicioso,tes...
laureen Virgindade 44


Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam há 2 dias

Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam Leo me deixava louca, estava ...
laureen Grupal 65


fuderam a bucetinha da minha namorada há 2 dias

fuderam a bucetinha da minha namorada liberal,sexo total delicia Meus mome...
laureen Grupal 37


Mana dormiu em casa e meu marido mandou rola há 2 dias

Minha irmã safada e fogosa adoro rola atolada na sua bucetinha e cuzinho d...
laureen Grupal 75


Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro d há 4 dias

Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro dele, a vagabunda pirou de...
bodiar Traição/Corno 55