Uma paixão impossível. Salinas-Mg

07 de Junho de 2014 Luiz Passos Contos Eróticos 2292

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Minhas aventuras em Minas Gerais



Uma paixão impossível. Salinas-Mg



Os contos são verídicos,
alguns nomes das pessoas envolvidas serão modificados.



Estes
fatos ocorreram quando tinha entre 25 a 27 anos.Minas Gerais 1985 a 1987



Tive
uma estada de três anos a trabalho no vale do Jequitinhonha-Minas Gerais,
conhecendo 72 cidades, e em muitas dessas cidades sempre comia uma xoxota, às
vezes duas, ou três.


Salinas
é conhecida como a capital mundial da cachaça, lá estava eu, executei vários
serviços na cidade, e um serviço no Banco do Brasil e fiquei preso na cidade
aguardando o pagamento, enquanto isso, fui fazer outros serviços, chegou a
12:00 hs e saímos para almoçar, quando cheguei numa esquina, avistei no ponto
de ônibus uma gata que fiquei maravilhado, morena, cabelos longos pretos, um
corpo lindo, toda gostosa, vestia uma calça branca bem apertada e uma blusa
preta bem justa, mesmo estando de carro não me atrevi a oferecer uma carona
porque eu estava todo sujo de óleo e graxa, mas a imagem dela ficou em minha
cabeça boa parte do dia.



Chegou
à noite eu estava de conversa fiada com o dono do hotel onde estava hospedado,
e o meu ajudante na porta do hotel no carro escutando som, com um monte de
mulheres feias, ele entrou correndo me chamando dizendo que tinha uma gata
querendo me conhecer,



- Eu
em?



Pensei,
esse negocio só pode ser uma baranga, lá fui eu, sentei no passeio perto de meu
carro e fiquei de cabeça baixa esperando ver o canhão, ela se aproximou e meu
ajudante disse,



- É
essa a moça,



Eu
levantei a cabeça e não acreditei no que estava vendo, fiquei por alguns minutos
sem palavras, era a morena que vi no ponto, levantei e me apresentei e já fui
logo convidando para dar uma volta, parei em uma pracinha bem sossegada, fui logo
beijando, depois lhe disse que ela não saiu de minha cabeça o dia inteiro desde
a hora que a vi no ponto, ela me disse a mesma coisa, eu estava me sentindo
muito bem ao lado dela, conversamos bastante ela me disse que estava separada,
era filha única e muito rica, eu confidenciei que estava casado, tinha uma
filha e não iria largar a esposa por ninguém, nem vimos à hora passar que já
era madrugada, não rolou nada nesse dia mais atrevido, só beijinhos e mão nos
peitos.



Segundo
dia, não tirei-a da cabeça, não via a hora de chegar o encontro, chegou à hora,
ela estava mais linda, perguntei para onde poderíamos ir para ficar mais a
vontade, ela me guiou ate um campo de futebol deserto, bem afastado da cidade,
ali podemos ficar mais a vontade, nos beijamos muito, nos acariciamos muito,
quando percebemos já estávamos totalmente pelados, desci do carro, fui ate a
porta do carona, puxei as pernas dela para fora do carro, abri bem, a fiz
deitar e montei por cima, estávamos tão ansiosos e com tanto tesão que mal eu
meti ela foi gozando, eu também, nisso notamos que o dia já estava amanhecendo,
ela assustou-se porque não poderia dormir fora sem avisar os tios, nos vestimos
e partimos prometendo logo à noite nos encontrar.



Terceiro
dia, conversei com o dono do hotel para ele liberar a entrada dela, estava
irredutível, me comprometi em pagar outra diária, ele cedeu, chegou à hora do
encontro e nada dela aparecer, fiquei louco, fui procurar as amigas e elas
disseram que os tios não iam deixar sair, mas que ela mandou avisar que no dia
seguinte estava tudo certo.



Quarto
dia, as horas não passavam, não conseguia trabalhar direito ate chegar à hora
do encontro, comuniquei-a que poderíamos entra no hotel, só teríamos que
esperar o movimento dos hospedes diminuir para ninguém ver a nossa entrada,
enquanto esperávamos, ficamos nos beijando e acariciando para a minha surpresa
ela abriu meu zíper, colocou a boca em minha pica e começou a chupar, coisa que
ela disse anteriormente que não faria, me senti muito feliz, mas com medo,
feliz porque ela era linda, muito gostosa, estava se mostrando que era muito
boa na cama, inteligente e rica, medo porque estava sentindo que já estava
apaixonado por ela, e o meu senso de responsabilidade dizia que isso não
poderia acontecer por causa de minha esposa e filha, mas era uma coisa que eu
não podia dominar, chegou à hora de irmos para o hotel, já dentro do quarto, me
senti como se fosse a minha primeira vês com uma mulher, meu corpo tremia,
senti que ela também estava sentindo o mesmo, comecei a retirar a roupa de
Lucia e logo após a minha, parei, admirei aquele corpo nu na minha frente que
logo mais estaria degustando, comecei a beijá-la pelo pescoço e terminei em
seus pés, ela vibrava, virei-a de costas e continuei a beijar todo o seu corpo,
montei nela e comecei a roçar a minha pica em sua bunda e continuava a beijar
seu pescoço, virei-a e desci a minha boca em sua xoxota, chupei-a muito, ela
mexia, gemia, que delicia de mulher, virei-a para um 69, ela me chupava com
muito prazer, dizia que estava gostoso que não queria que a noite terminasse,
dessa vez foi ela que tomou iniciativa, se virou e veio cavalgar em cima de
minha pica, deixei-a se divertir à-vontade ate vim o seu primeiro gozo, retirei-a
de cima e coloquei-a de quatro, e fui me enfiando bem devagar em sua xoxota,
ela gemia, não segurei mas o meu gozo e larguei lá dentro, tirei de dentro
saciado, mas queria mas, ela foi se banhar e logo depois, mal retornou montei
nela e demos mas uma gozada. Nos não dormimos aquela noite, afinal era a nossa
primeira noite juntos, fudemos muito, pela manha levei-a em sua casa e já
estávamos combinando para logo mais a noite.



Os
dias restantes que fiquei em Salinas, dormimos juntos, sábado e domingo só
saiamos do quarto para fazer as refeições.



Chegou
o dia de ir embora, coração em pedaços, Lucia pediu-me que a levasse, disse que
não poderia fazer isso por causa de minha família, ela dizendo que não queria a
minha família e sim a mim, dizendo que alugaria uma casa na mesma cidade, que
iria vender a fazenda e as cabeças de gado, se eu não aparecesse dentro de 15
dias que iria embora para São Paulo, eu retornei no décimo quinto dia,
procurei-a e nada, procurei as amigas e me informaram que ela foi embora para
São Paulo um dia antes, fiquei arrasado ninguém tinha mais nenhuma informação
dela, se eu soubesse do meu futuro, teria ficado com ela e não passaria 27 anos
casado com uma pessoa desprezível, de mau humor e mau caráter.





Skype: luiz.passos5 


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
Ensinando novos truques a Andreza há menos de 1 hora

Salve Salve galera! Esses dias estava lembrando das muitas fodas que dei co...
cachorrao Grupal 4


Terapia Sexual há 9 horas

Sou psiquiatra com pós no exterior e tenho digamos assim, uma clínica...
donovanbr Sadomasoquismo 46


comecei com 13 anos e não parei mais sexo gostoso há 12 horas

comecei com 13 anos e não parei mais sexo gostoso e Com 13 anos , ...
laureen Virgindade 234


A melhor ferias do ano,,no CRUZEIRO,,,tudo é novo há 1 dia

Ola galera vou começar a narrativa dos fatos da viagem do cruzeiro,,,,vou ...
bodiar Grupal 134


dei o cuzinho bem gostosinho p um amigo safado há 1 dia

Um dia estava conversando com um ‘”amigo “safado e tarado que envia ...
laureen Virgindade 309


Minhas duas filhas safadas. há 1 dia

O que passo a relatar não me deixa orgulhoso, mas não quero privar ...
donovanbr Incesto 664