Coroa preferiu ser abusada do que roubada... (1)

16 de Junho de 2014 challenger Contos Eróticos 33541

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Eu havia acabado de descer do ônibus na minha parada, eram umas onze da noite. Percebi que havia uma mulher escondida, apavorada atrás da parada. Ela me chamou baixinho e fui ao seu socorro. Ela disse que estava indo para a parada quando foi abordada por dois homens, ela gritou e correu, se escondendo atrás da parada. Enquanto ela falava comigo, foi me batendo um medo, pois estava com uma quantia alta dentro da carteira, fora o meu celular. Perguntei para que lado eles estavam e ela apontou. Cacete, eles estavam perto da gente e um deles acabara de esconder uma arma na cintura. Fui para trás da parada e percebi que havia um muro atrás, que dava para um terreno baldio. Dei a ideia de irmos para o outro lado nos enconder deles, mas teríamos que pular o muro, foi quando percebi como aquela mulher era gostosa.

   Ela era mais velha, magra, com cabelos até os seios que eram médios e durinhos, tinha uma bunda empinada e usava um vestido tublinho de legging, bem coladinho e preto, com boras de cano alto até os joelhos. Cacete, que gostosa. Ela nem pensou duas vezes e tentou subir o muro, que não era muito alto, mas servia.A levantei pelos pés e dei uma boa olhada nas suas coxas, calcinha e o que mais eu conseguiria ver. Tive que empurrar sua bunda para que ela conseguisse, e que bunda.

   Já eu fui rapidinho pulando o muro e no maior silêncio, fiquei bem perto daquela coroa cheirosa. Apesar do vestidinho justo ter mangas compridas, ela começou a passar frio e eu também. Foi quando eu a encoxei. Que gostosa! Ela nem tinha dado muita atenção e olhava para o outro lado com um buraco feito no muro. Meu pau latejava de desejo por aquela coroa e fui roçando seu vestidinho justo, até meu pau ficar que nem uma barra de ferro. Ela pedia silêncio, mas quem estava gemendo era ela. Tapei sua boca e comecei a passar minha mão pelo seu corpo, bulinando-a. Enfiei minha mão dentro do seu vestido, indo direto para sua calcinha, roçando meus dedos nela.

   Ela pedia para eu parar e eu nem quis saber, continuei com as minhas investidas naquela coroa, que dizia ter quarenta anos. Levei sua mão para o meu pau e mandei que ela abaixasse o zíper da minha calça, ela se virou de frente para mim, encostou no muro e colocou meu pau para fora da calça. Passei meu pau duro nas suas coxas, ela virou seu pescoço para eu beijar, levantei sua perna direita encaixando minha rola nela. Comecei a dar uns amassos, roçando meu pau bem forte na sua bucetinha que estava embaixo da calcinha.

   De pertinho, percebi que estava sem sutiã e seu vestido era meio transparente. Agarrei sua calcinha e puxei até rasgar, jogando-a para o mato que estava atrás de nós. Com uma certa dificuldade penetrei dentro daquela coroa vagabunda, que só falava "não", mas não reagia. Socava meu pau com tanta vontade dentro dela que enfiava cada vez mais fundo. A chamava de "puta", "gostosa", "vagabunda" e tudo que era nome feio no seu ouvido e ela apenas pedia que eu falasse mais baixo.

   Estava segurando suas coxas e metendo dentro dela, quando decidi me aproveitar mais e comecei a meter meus dedos dentro do cuzinho dela. Ela se contorcia cada vez mais. Minha vontade era de fuder com aquele cú ali mesmo, mas os bandidos estavam agora na parada. Diminuí minha afobação e gemido, mas não parava de socar aquela buceta. Não havia mais como segurar e continuei a meter dentro dela e gozando. Minha porra saía a jatos de dentro daquela coroa. Quando acabei com ela, me vesti e pelo buraco, vi que eles haviam ido embora. Dei essa notícia a ela e mais do que depressa pulamos o muro e ela pediu para que eu fosse acompanhá-la na sua casa.

   continua...


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
A história verdadeira de Lia,seus sonhos e desejos há 2 dias

Sou Lia,18 anos e a história que começo a narrar mudou minha vida... T...
laureen Virgindade 29


Voltei mas pedi seu cuzinho virgem há 2 dias

Voltei mas pedi seu cuzinho virgem como prova de amor ...sexo delicioso,tes...
laureen Virgindade 44


Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam há 2 dias

Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam Leo me deixava louca, estava ...
laureen Grupal 65


fuderam a bucetinha da minha namorada há 2 dias

fuderam a bucetinha da minha namorada liberal,sexo total delicia Meus mome...
laureen Grupal 37


Mana dormiu em casa e meu marido mandou rola há 2 dias

Minha irmã safada e fogosa adoro rola atolada na sua bucetinha e cuzinho d...
laureen Grupal 75


Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro d há 4 dias

Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro dele, a vagabunda pirou de...
bodiar Traição/Corno 55