A estagiária virgem no arquivo (1)

19 de Junho de 2014 challenger Contos Eróticos 7258

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Miriam, morena clara, cabelão ondulado preto e volumoso, alta, magra mas com curvas. Ela era a típica menina dentro de um corpo de mulher, ou seja, era um pouco infantil. Tudo o que os homens não fantasiam. Ela estava de calça jeans com o cós baixo e uma a blusa de estagiário, mas dava-se para ver o volume grande dos seus seios. Chegou em mim para que eu a ajudasse a procurar uns processos, que eram muitos e com certeza iria durar uma semana de procura.

   No primeiro dia, conversamos pouco, pois eu estava com os pensamentos bem maldosos em relação à ela. Eu não parava de olhar aquele cós baixo, imaginando estar com a língua ali, fazendo calafrios nela. O arquivo até que estava tranquilo, mas não se pode abusar da sorte, já que eu fui pego por uma estagiária enquanto transava com a feia mais gostosa da empresa. Tudo bem que a estagiária estava se masturbando enquanto eu transava com a outra, mas ela nunca mais voltou. Trabalhei normal, fui educado e só.

   No segundo dia, que era uma sexta-feira, ela foi com a mesma rouoa é claro, mas como o arquivo estava com pouca ventilação e os estagiários usam normalmente duas blusas, ele perguntou se eu a deixaria tirar a blusa do trabalho, pois ela estava morrendo de calor. Eu, que não era bobo nem nada, liberei. Sabem aquelas cenas de filme, quando uma mulher linda e maravilhosa, sai da piscina ou tira a roupa e a imagem fica lenta? Foi o que aconteceu, quando aquela deliciosa estagiária tirou sua blusa e mostrou o melhor decote da semana, fora o perfume que ela espalhou. Cacete, como eu quero chupar aquela estagiária! Ela fez tudo isso sem segundas intenções e suas conversas eram...muito sem graça. 

   Brincava com ela, falando pequenas maldades, mas ela nem entendia e nem nada. Mas quando ela foi procurar uns arquivos que ficam nas gavetas de baixo, ajoelhada na minha frente, tive a maravilhosa visão. De cima, seus peitos eram muito provocantes. Meu pau começou a se mexer na minha calça social. E safado como eu estava, não resisti. Fui chegando perto do ombro dela, encostei e com meu pau latejando fiquei birncando. Ela só olhava os papeis, imóvel e eu mexia apenas meu pau no seu ombro. Meu pau começou a ficar muito "em pé", então passei por trás dela, passando meu pau duro nas suas costas. Eu só não tirei meu pau para fora, porque naquele momento me chamavam na recepção.

   Quando voltei, depois de verificar que não havia mais ninguém dentro do arquivo, pensei que ela seria igual a outro estagiária e já teria ido embora. Mas não, ela ainda estava lá, só que em pé, separando mais arquivos. Me olhou com vergonha nos olhos e aquele olhar fez meu pau endurecer rapidamente. Passei de novo por trás dela, passando meu pau na sua bunda. Ela nada fez e eu, louco, passei de novo, só que ficando atrás dela. Com um documento na mão, perguntei se ela achara outro documentos e quando ela começou a contagem, comecei a encoxalada. Ela parou de contar por um momento e eu pedi que continuasse. Voltando a falar, minha encoxada começou a ficar forte e bem safada. Meu pau duro como ferro na sua bunda. Mas minha insanidade não parava ali, tinha que ser mais ousado!

   Baixei o zíper da minha calça social e tirei meu pau para fora da cueca. Ele latejava de desejo por aquela estagiária. Então, coloquei meu pau duro bem no meio da bunda dela. Fazendo-a parar de falar. Fiquei enfiando meu pau duro nela. Peguei suas mãos e a fiz segurar nas estantes. Ela então virou para me olhar, que carinha de sonsa mais safada! Eu peguei na sua cintura e comecei a socar meu pau, como estivesse comendo sem roupa. Soquei forte nela e ela começou a gemer bem baixinho. Que deliciosa! Afastei seus cabelos e comecei a beijar seu pescoço. Nós ficamos descontrolados e tive que tapar sua boca, pois começava a gemer mais alto. Ela também começou a rebolar no meu pau, não sabendo como fazer, mas estava excitada. Fiquei louco para meter dentro dela e a foder como se fosse puta, mas aquele não era a hora e nem o lugar. Ela então passou seus braços nos meus cabelos, puxando de leve. 

   -Vai...vai..vai...vai... Ela não parava de gemer isso e muito menos eu parava. Comecei a ficar muito suado e insano e quando estava prestes a gozar, ela desabou no chão. Quase não consegui segurá-la. Precisava continuar e fui batendo uma punheta gostosa na sua frente. Ela me olhava com aquela cara de burrinha puta com seu belo decote. Aquilo tudo meu fez gozar aos jatos, longe dela e dos processos. Ela me olhava impressionada e com curiosidade. Eu a olhei com desejo, com "fome", com cara de "quero mais". Ela ficou toda vermelhinha e eu, tive que correr para limpar tudo aquilo. Ela disse que iria no banheiro. 

   Quando voltou, continuamos a trabalhar, como se nada tivesse acontecido. Só que eu quero mais. Antes de acabarmos nosso trabalho, a peguei pela cintura e a beijei bem safado na sua boca e falei no seu ouvido que queria vê-la amanhã. Conversamos e ela falou que iria para o meu apartamento, amanhã pela manhã, pois teria aniversário do pai dela.

   Estou louco para que chegue sábado!

                                                                                                                  continua...


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
DE VOLTA À PIZZARIA - Capítulo 39 há 5 horas

DE VOLTA À PIZZARIA CAPÍTULO 39 ATENÇÃO ESSE É O TRIGÉSIMO ...
carlaomg Traição/Corno 9


Meu Professor, Meu Macho Gostoso! há 8 horas

Meu nome é Songeun, Sonji para os amigos. Agora eu tenho 19 anos. O que vo...
songeun Aventura 27


ESPOSA CONFESSA QUE SE ENGRAVIDOU DO AMANTE há 17 horas

Uma amiga minha encontrou o site de pintos Mórmon e queria que eu visse so...
tigreraiado Traição/Corno 34


Depois de casada fui amante de papai delicia,bucet há 23 horas

Quando esse fato aconteceu fazia pouco tempo que tinha casado, ainda estáv...
laureen Incesto 56


meu tio arregaçou minha bucetinha virgem há 2 dias

Jà desconfiava de titio há muito tempo sempre que vinha em casa não tir...
laureen Incesto 152


ARROMBADA NA INTERATIVIDADE - DELICIA DE MORENO há 3 dias

Estava muito ansiosa aquela noite. Eu e meu namorado estávamos indo para...
lsanchesb Aventura 94