Saciando a fome de sexo do Sr. leonel

19 de Junho de 2014 Emme Gardini Contos Eróticos 11102

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Meu primeiro emprego ao chegar à cidade foi cuidar da Sra.
Elene, uma senhora de 63 anos acamada. Loira de cabelos bem lisos e um belo par
de olhos azuis, pelas fotos espalhadas pela casa via que era uma mulher  que chamava muito atenção.  Ela não tinha os movimentos devido atrofias,
mas tinha plena consciência e se comunicava através de um aparelho trazido por
um dos seus filhos da Europa. Casada com o Sr. Leonel  um senhor alto de mais ou menos 1,90,branco,
olhos castanhos claros, careca e um cavanhaque que o deixava muito charmoso, o
que era de se admirar a paciência que tinha com a Sra. Elene, que  quase sempre estava estressada  e chateada talvez pela situação que ela
vivia. O ciúmes que Elene tinha do Sr. Leonel era bem claro, muitas enfermeiras
contratadas para cuidar dela teriam ido embora sem dar satisfações pelas
humilhações que sofriam pela Sra.



 Elene  por causa do ciúmes que sentia por  Sr. Leonel.  Sua cama e todos os seus aparelhos foram
montados na sala para que ela pudesse vigiar tudo de bem perto.  Evitava todas as formas falar com o Sr.
Leonel  sabendo do ciúmes dela, talvez
tenha sido isso que ganhei sua confiança. Por duas vezes pedi pra sair por ter
arrumado um emprego melhor, e todas às vezes eles cobriam as ofertas assim
fiquei na família por 3 anos, pagaram minha faculdade de enfermagem para que
melhor cuidasse da Elene. No ultimo ano as internações da Sra. Elene eram mais
extensas e as vezes que ficava na UTI chegava a durar até meses.



 Em uma dessas
internações na UTI pude conhecer melhor Sr. Leonel  as conversas se tornavam mais frequentes e  um dia se ofereceu para me levar na faculdade
eu meia sem jeito agradeci e não aceitei, mas insistiu muito pois estava chovendo
e eu acabei aceitando e depois  desse dia
virou rotina as vezes me levava outra buscava e no caminho ia nos aproximando
mais e percebendo que estava acontecendo um interesse dos dois.  Dia 13/10/2001 e a Sra. Elene voltaria pra
casa, tudo foi preparado  para novamente
recebe-la, e no final da tarde o médico comunicou uma piora e não poderia vir
pra casa. Fui pra casa para dar a noticia para o Sr. Leonel e então ele me
pediu para ficar e jantar com ele que se sentia muito sozinho.



Nesse jantar me relatou que antes da Sra. Elene ficar doente
eles eram muito ativos, que ela era mulher espetacular na cama, me contou das
loucuras que os dois faziam nas viagens pelo mundo. Fiquei imaginando a vontade
que ele estava de dar uma boa trepada depois de tanto tempo de dedicação com
Sra. Elene doente, sabia que estava correndo o risco de perder o emprego e toda
a mordomia que tinha na casa, mas eu tinha que experimentar pelo menos uma vez
aquele homem.  De terça-feira e a folga
da empregada  e teria que ser aquele dia,
para o retribuir, fui pra faculdade com uma blusinha bem decotada e uma saia
longa que ficasse bem fácil, ao me buscar na faculdade ficou me admirando nunca
tinha me visto daquele jeito, eu estava vestida pra ele, com uma langeri
branquinha com detalhes de renda.



No caminho foi me elogiando, então arrisquei fazer um
carinho na sua cocha e pronto ele já tinha entendido o recado. Em um dos semáforos
se virou e me beijou, sem pudor algum começou a passar a mão no meu corpo que
já estava todo arrepiado de tesão. Olhou bem dentro dos meus olhos e me
perguntou se eu queria o mesmo que ele e como respostar dei um beijo, fechou o
portão  da garagem e já com muito cede
tirou meus seios para fora da blusa e os admirando foi delicadamente passando a
língua no biquinho rosado, minha mão já estava abrindo sua calça e tirando
aquela rola gostosa me inclinei dentro do carro mesmo e so de encostar a ponta
da minha língua na cabeça do seu pau pude sentir o Leonel se estremecer



 Segurou meu cabelo
firme e empurrou minha cabeça me fazendo engolir tudinho, que delicia de rola. Me
levou pro quarto do casal e tiramos toda a roupa, e ficou me olhando de pé
mesmo colocou sua pica na minha xaxinha e começou a estocar, quanta vontade ele
tinha, me comia com força segurando meus seios nas suas mãos.



Colocou-me de quatro na cama e lambia todinha minha xana e
meu cuzinho, nunca tinha sentido uma língua no cuzinho, achei delicioso, deixou
a xaninha e o cuzinho bem  babados.



De joelhos na cama colou minhas pernas no seu peito
esfregava a sua rola por cima da minha xaninha, dava uma entradinha e tirava  isso me deixava louca de tesão. Que delicia de
patrão enchia minha xana com a sua rola, cada estocada eu gemia de prazer. Ao
me colocar de quatro chupou mais um pouco meu cuzinho  enfiando sua língua pra dentro e com dois dedos
socados na minha xaninha, colocou sua rola de novo na xaninha e com um dedo
acariciava meu cu, meu cuzinho piscava de tesão. Cuspiu na rola e foi colocando
devagar na portinha do meu cuzinho, gritei de dor e ele tirou um pouquinho e
foi lamber mais pouquinho pra lubrificar e novamente foi socando pra dentro, começou
a socar devagarzinho e cada vez q eu dava um gritinho ele socava um pouco mais,
parecia que os meus gritos te davam excitação, quando conseguiu colocar a rola
inteira pra dentro  começou a socar mais
forte e bombear meu cu de rola e eu já 
gritava alto de dor e tesão, pedia pra ele socar mais socar mais, eu
massageava meu grelinho e ele socava no meu cuzinho até jorrar todo seu gozo
dentro dele.



Deitamos na cama por um tempo para descansar e depois fomos
para um banho gostoso, ficamos com duas semanas todas as noites só nossa, trupávamos
todos os dias sem pensar na Sra. Elene, pude saciar a vontade do Sr. Leonel. Até
a Sra. Elene voltar pra casa, e agora como seria nossas noites? já que não
podia passar uma mosca que ela acordava e já não conseguíamos mais ter sossego
bom isso só foi no primeiro mês esse desassossego  de não conseguirmos nos encontrar e nem mesmo
ele ir me buscar na faculdade, até um dia em consenso tiramos o aparelho dela
nas noites  e seu médico receitar
remédios tão forte que a fazia dormir a noite inteira ou quase toda. Um dia que
o nosso fogo estava grande, eu quase fui pega por Sra. Elene com a rola do seu
marido na boca, já era 22:00 e a casa já estava toda vazia  só eu e a Sra. Elene e agora o meu Leo,
achamos que ela estava dormindo e começamos nos acariciar ali perto dela mesmo,
ele sentou do meu lado no sofá e começou a passar a mãos na minha coxa ate dar
umas passadas de mão na xaninha por cima da calça, tirei seu pau pra fora e
comecei a chupar e ali na cama hospitalar do nosso lado e aquela situação
parecia que estigava o Leonel  ele socava
a rola inteira na minha boca e fazia engasgar e em uma dessas engasgada ela
acordou e ficou de olhos arregalados abertos ouvindo a movimentação, só que ele
não me deixou parar e gozou tudo dentro da minha boca, tive que engolir a sua
gala. No outro dia quando liguei seu aparelho me perguntou o que era aqueles
barulhos a noite e eu respondi  que não tinha
escutado e me disse que era pra  ficar de
olho porque ela estava desconfiando que uma das empregadas estava dando em cima
do Sr. Leonel....rs



Ela faleceu seis meses depois e eu o Leo ficamos juntos mais
uns dois anos até que resolvemos nos separar.


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
A história verdadeira de Lia,seus sonhos e desejos há 2 dias

Sou Lia,18 anos e a história que começo a narrar mudou minha vida... T...
laureen Virgindade 29


Voltei mas pedi seu cuzinho virgem há 2 dias

Voltei mas pedi seu cuzinho virgem como prova de amor ...sexo delicioso,tes...
laureen Virgindade 44


Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam há 2 dias

Vizinho jovem safado e seu primo me fuderam Leo me deixava louca, estava ...
laureen Grupal 65


fuderam a bucetinha da minha namorada há 2 dias

fuderam a bucetinha da minha namorada liberal,sexo total delicia Meus mome...
laureen Grupal 37


Mana dormiu em casa e meu marido mandou rola há 2 dias

Minha irmã safada e fogosa adoro rola atolada na sua bucetinha e cuzinho d...
laureen Grupal 75


Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro d há 4 dias

Davi no tempo certo, fez a Fer sentir o pau duro dele, a vagabunda pirou de...
bodiar Traição/Corno 55