Dando uma aulinha

11 de Outubro de 2018 Algodão Fantasias 122

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Sou professora de História do ensino médio. Tenho 1,75 mais ou menos, cabelos castanho-claro, olhos esverdeados, eu gosto muito do meu corpo, tenho 20 anos (sim, sou professora aos 20 anos).

Dou aula numa escola "rural", e por isso meus alunos são muito educados, creio que por trabalharem desde cedo, e por conviverem muito próximo aos pais.

Meus alunos também são muito bem cuidados, tenho alunos e alunas que são verdeiros modelos, e os terceiros anos são um colírio pra uma mulher como eu.

Tenho um aluno chamado Ricardo, e ele é loiro, mas alto que eu, um dia eu estava na frente da padaria vendo meus alunos irem embora, e vejo Ricardo indo ao encontro de um carro, e ele tira a camiseta, vejo um abdomem todo definido, coisa de louco, daquele dia em diante decidi que ia traçar aquele menino.

O tempo passou e fui me aproximando dele, virando amiga, sabendo dos casos dele na escola, da sua família... Numa determinada semana nao teríamos aula praticamente a semana toda, pois todos os professores se reuniriam, e com feriado, imenda e as reunioes, só tivemos um dia de aula. Meu aluno disse que ia, pq nao ia perder a opotunidade de ter aulas comigo.

Entao, como o prometido, ele estava lá, começamos a conversar e em determinado momento ele disse algo que desacreditei, e eu disse que se fosse verdade que se fosse verdade eu pagava uma breja pra ele.. Começamos num papo de provar que um bebia mais que o outro...

Ainda faço faculdade, na cidade vizinha, e ele por pura coincidencia mora na cidade vizinha, na rua de cima da minha faculdade, perto de faculdade de faculdade sempre tem bar... rs

Combinamos um dia e fomos beber, eu bebi e comecei a falar besteiras, fazer insinuações... E ele nada bobo, percebeu.

Eu queria sair dali, aquele ambiente nao me levaria a lugar nenhum, disse que estava passando que devia ter bebido muito, nao me sentia nada bem, ele acreditou e disse pra ir pra casa dele, que ele tinha remédio pro meus estomago lá, quando chegamos lá a casa estava vazia, e ele disse que sua mae e seu pai sempre trabalhavam até tarde, ele me deu o remedio eu tomei e e nos sentamos no sofá, eu estava com uma sandália, saia e blusinha, apesar da saia estar na altura od joelho, qdo me sentei, ela subiu, percebi seu olhares, me fiz de doente, e ele mandou eu deitar, senti seu cheiro, e o etílico misturado, de uma vez só me levantei de seu colo e o beijei, ele meio assutado nao sabia o que fazer, mas foi se soltando e logo já subia minha saia, sua mao de boba não tinha nada, fiz um charme de inico querendo tirar a mão dele, mas o que eu queria mesmo, era ficar sem nada.

Tirei sua blusa, e devo tê-lo assustado, mas continuei, e fui beijando seu corpo e ouvindo seus suspiros, cada gominho da sua barriga eu chupava... ele, num golpe só, me deitou no sofá e começou a beijar meio colo e querendo inadir minha blusa, que nao colaborava, por ser muito apertada, entao resolvi dar uma ajudinha e tirá-la, ele caiu de boca nos meus peitos, mamava feito uma criança, me deixando louca... enquanto ele me torturava fui abrindo seu short e massagenado seu pau que latejava de tanto tesao, era uma pica bem gostosa e ja sentia que a cabeçase destacava, tirei tudo e e massageava sua bolas e batia uma punhetinha bem gostosa, ele nao aguentou e parou de mamar, levando minha cabeça ao encontro daquele pau maravilhoso, comecei com beijinhos na cabeça e leves lambidas, saía aquele liquido da cabeça, ele nao estava aguentando, e forçou minha cabeça, mas nao deixei, agora ele seria torturado, desci até sua bolas e fui engolindo uma a uma, chupando, subi com a ponta da língua por toda extensao de seu pau e abocanhei-o, comecei bem devagar o movimento de vai e vem, a deslizava com gosto aquele pau, aumentei a velocidade e ele começou a soltar irros, de repente eu parava, ele olhava com uma cara como quem quer dizer: "não faz isso não, continua..." Rs e eu continuava, fiquei nessa brincadeira uns 15 minutos, ele nao aguento e quis me penetrar, mas disse: "Ainda não meu aluninho, vai ter que fazer a lição de casa primeiro, chupa a professora, chupa?", Ele prontamente atendeu a minha ordem, desceu pela minha barriga, chegando ao meu grelinho, onde chupou com maestria, lambia, chupava, mordiscava, beijava meus grandes lábios, ficando com o rosto todo babado, e me penetrava com a lingua, e bombava, eu nao aguentei e gozei intesamente, vendo aquele ninfetinho (nem tanto assim, se comparado comigo) todo babado.

Ele me pegou, colocou de 4 e foi me penetrando, e eu pedindo: FODE A SUA PROFESSORINHA, COME ELA BEM GOSTOSO... ISSSOOOO... COME, METE BEM FUNDO.. VAI MEU ALUNINHO... tinha uma mesa na sala, e fui até a quina me sentando nela, ele de frente, segurando minhas pernas bem alto, deu uma lambida na minha xoxotinha e meteu de frente, socando aquela pica maravilhosa, engolia ela toda e gozei novamente...

Colouei-o sentado numa cadeira e cavalguei, pulava feito uam égua, e ele batendo na minha bunda, e chupava meus peitos, o barulho da minha coxa, com o liquido que escorria de mim aumentava o tesao... Ele anunciou o gozo, e eu me postei em sua frente, sorvendo cada jato que saia de dentro daquele menino tao gostoso...

Tomamos um banho juntos, onde ele me chupou do novo e me comeu por tras, encostada no box... que delicia.

Quando vi, já estava na hora de ir, minha van sairia logo, me despedi dele, e mandei fazer meu trabalho. Rs.


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
Minha tia ninfomaníaca completo há 1 dia

Bom hj vou contar pra vocês minha história real , ...
russobr Incesto 64


Minha cunhada Gostosa ! há 2 dias

Na época dessa história tinha uns 16 anos como já falei anteriormente ti...
russobr Incesto 67


Minha tia ninfomaníaca - Parte 1 há 2 dias

Bom hj vou contar pra vocês minha história real , Com minha tia " a mulh...
russobr Incesto 37


Minha tia ninfomaníaca - Parte 2 há 2 dias

Bom continuando a história. Naquele tinha descoberto meu pior lado, éo u...
russobr Incesto 25


Meu primeiro sexo anal inesquecível conto REAL há 2 dias

Meu primeiro sexo anal foi inesquecível, foi com meu ex namorado, hoje pai...
laureen Virgindade 70


Dei a bucetinha ao sogrão para acabar com as briga há 4 dias

Dei a bucetinha ao sogrão para acabar com as brigas ,sexo tesão,conto REA...
laureen Incesto 434