Meu tio comeu meu cuzinho bem gostoso

20 de Janeiro de 2018 laureen Gays 1830

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Meu nome é Ale, tenho 17 anos, sou homossexual e minha família é de boa em relação a isso. Moro atualmente com meu pai, minha madrasta e dois irmãos pequenos. Meu pai não é muito presente e sinceramente até gosto disso, pois ele vive mais fora de casa e quando vai passear com sua atual família, prefiro ficar para me livrar dos pestinhas dos meus irmãos.

Nas férias de verão, eles resolveram ir viajar e eu preferi ficar, assim teria mais chances para aprontar e fazer o que eu quisesse enquanto eles estivessem fora. Mas antes de irem, meu pai se certificou de ligar para meu tio Beto.

Papai: - Beto vem sempre aqui dá uma olhada no Ale. Estou indo viajar e ele vai ficar sozinho.

Logico que odiei a ideia, afinal nos meus planos estava uma festa, que eu pretendia fazer aqui em casa e meu tio Beto poderia ver e acabar contando tudo para o papai.

Tio Beto: - Bruno é melhor trazer o Xande para dormir aqui em casa, assim ele vai ficar mais seguro. E não se preocupe que darei uma olhada na sua casa enquanto você estiver viajando.

Papai: - Faça isso. Assim será melhor, pois ele não vai ficar sozinho.

Eu: Mas pai...

Papai: - Beto já estou de saída. Venha pega-lo aqui em casa. – Continuou.

Tio Beto: - Ok Bruno, só vou resolver umas coisas aqui de trabalho e depois passo ai para busca-lo.

Depois de falar com meu tio, meu pai se despediu e foi embora com a sonsa da minha madrasta.

Eu: - Meus planos de verão foram todos por água abaixo, se soubesse tinha ido à porra dessa viagem. – Falei para mim mesmo.

Tio Beto: - Xande tá falando sozinho? – Falou me assustando.

Eu: - Caramba tio, que susto. Pelo que ouvi o senhor disse que iria demorar um pouco.

Tio Beto: - Deixa de onda e vamos que decidi largar o que estava fazendo para te buscar logo e te deixar em casa.

Passamos a viagem inteira até sua casa em silêncio, pois eu não conseguia me conformar com tal situação e acho que o tio Beto percebeu e preferiu me deixar quieto. Quando chegamos, minha tia Íris veio me recepcionar e me ajudar a levar minhas coisas para o quarto de hospedes. E meu tio voltou para o trabalho. Instalei-me e minha tia disse que meus primos foram viajar também, portanto, mas tédio para completar. À noite resolvi sair da toca, vesti um samba-canção, fiquei sem camisa mesmo e fui para sala assistir um pouco de TV.

Tia Íris: - Xande seu tio está chegando e vou tomar banho, se caso ele chegar antes de eu sair do banheiro, abra o portão para ele. – Falou a me ver chegando à sala.

Eu: - Tudo bem tia, pode deixar! – Falei esboçando um breve sorriso.

Assistia televisão, quando um barulho de carro e a buzina avisava que meu tio estava chegando. Fui abrir o portão e notei que ele me olhou meio diferente, mas nem liguei.

Eu: - Benção tio?

Tio Beto: - Deus te abençoe. Cadê sua tia Xande?

Eu: - Deve esta terminando o banho.

Tio Beto: - Já jantou, está com fome? – Falou com segundas intenções.

Eu: - Não tio, estava comendo bolacha enquanto assistia TV.

Tio Beto: - Pois eu estou morrendo de fome! – Falou olhando para a minha bundinha.

E assim coçava seu pau com a mão por dentro da calça, aquela calça de policial militar apertada. Aliás, o tio Beto é musculoso, têm mais ou menos 1.82alt, 85 kg, e como vocês já devem ter imaginado ele é policial.

Eu: - A tia já põe a mesa. – Respondi na inocência.

Minha tia saiu do banho, cumprimentou meu tio e os dois começaram a jantar. Eu estava sem fome mesmo, e fui assistir televisão no quarto. Dei boa noite aos dois e fui deitar. Não conseguia dormir, naquela noite estava meio sem sono, e quando fui ver as luzes da casa já estavam apagadas.

Era praticamente 00h30min quando deu uma vontade de levantar e ir para casa, pois fiquei com uma sensação ruim, mas enfim não conseguia pegar no sono. Foi quando levantei e fui ao banheiro, urinar e encontrei a porta do quarto dos meus tios aberta. Percebi que a tia Íris estava num sono profundo e meu tio Beto não estava no quarto. Fui andando pela casa e vi meu tio em outro quarto assistindo filme pornô.

Quando vi aquilo, comecei a ficar animado com aquelas cenas eróticas: bucetas sendo chupadas, sexo anal, sexo oral. E meu tio sentado olhando aquilo, com muita atenção. De repente ele percebeu que eu estava ali. De imediato me chamou e perguntou se eu gostava do que estava vendo. Eu calado, nada respondia, mas meu samba-canção aprovava sua pergunta.

Tio Beto: - Espera ai que já volto.

Ele foi até o seu quarto para ver se a tia Íris estava dormindo mesmo e voltou.

Tio Beto: - Olha só que legal esse vídeo.

E começou a mostrar um vídeo muito excitante, sentamos no sofá e começamos a assistir aquele filme pornô que o excitava demais. Quando percebi meu tio estava com o pau duro batendo muito. Olhei tudo aquilo e vi que o pau dele é grande, lisinho, com uns sacos grandes, branco com 19 cm de cabeça avermelhada. Quando dei por mim, ele começou a tirar toda a sua roupa, ficando completamente pelado na minha frente.

Eu: - Nossa que peitoral, que abdômen de policial. – Pensei.

Eu olhava tudo aquilo e comecei a me excitar mais ainda.

Tio Beto: - Tira esse samba-canção, me deixa ver esse cuzinho.

Isso já era umas 2h00min da manhã.

Eu: - Tá doido tio? Não, não, não posso. – Falei recusando.

Cada vez que falava não posso, ele se aproximava mais de mim.

Ele vendo que eu não cederia fácil, começou a passar a mão no meu corpo e, com toda força que tem me segurou e me deixou completamente nu. Foi ai que resolvi ceder com medo dele me machucar.

Ele percebendo que eu não relutaria mais, começou a passar a mão no meu rabinho. Depois se ajoelhou e chupou minha bunda com aqueles lábios grandes, lambuzando toda com a sua língua. Em seguida, deitou-me, abriu minhas pernas e com muita força começou a chupar meu cuzinho, e eu gemia sem parar. Logo o senti lubrificando todo meu rabinho e colocando seu pau bem na entradinha do meu cuzinho.

Eu: - Para tio Beto. Isso não pode acontecer!

Eu era um besta tinha medo de tudo naquela época.

Tio Beto: - É gostoso e já está acontecendo. – Falou sussurrando no meu ouvido.

Foi quando em uma só estocada ele enfiou seus 19 cm todo dentro de mim. Lagrimei de dor, mas depois a dor foi virando prazer, então, comecei a rebolar e mexer meu cuzinho naquele pau.

Tio Beto: - Que delicia esse cuzinho Xande! Ahhh, isso rebola e geme gostoso no pau do titio que ele gosta – Falou gemendo e demostrando que estava adorando.

Transamos de quatro, de frango assado, e depois quando ele estava para gozar, tirou a camisinha, e eu comecei chupar o pau dele enquanto ele batia punheta na minha boca. Depois de uns dois minutos, ele jorrou porra pela minha cara e pelo meu corpo, resumindo, fiquei todo melado.

Depois ele me beijou, vestiu sua roupa, tirou o filme, e saiu. Isso já era umas 4h00min da manhã. Sai também, fui me limpar. Queria tomar banho com aquele macho, mas sabia que teria outra oportunidade. Após tomar banho, fui para o meu quarto, deitei e fiquei pensando no tio Beto me fodendo. Depois dormi que nem um anjo. Acordei bem tarde e ele já tinha ido trabalhar. Tomei café todo sorridente, feliz da vida.

Tia Íris: - Dormiu bem Xande?

Eu: Ótimo tia!

Tia Íris: - Estava frio ontem à noite. Você notou?

Eu: - Não tia, estava muito era calor.

Eu: - SABE DE NADA INOCENTE. – Pensei rindo da situação.

Sem sobra de dúvidas, está foi uma das melhores férias de verão que já tive, pois tinha um tio gostoso para me comer e ele era incansável, sempre que via uma oportunidade, me comia ali mesmo onde estivéssemos. Até no dia em que ia voltar para casa, quando ele foi me deixar, transamos dentro do carro. E mesmo de volta ao meu lar, sempre nos encontramos escondido para foder gostoso novamente.


Fim!


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
TEMPOS DE TERROR há 12 horas

TEMPOS DE TERROR Luciana está quase chegando na casa de seus avôs. Al...
marcela Fetiches 10


Enquanto Gustavo dormia... [a melhor parte] há 13 horas

Ontem, compartilhei com vocês uma gostosa aventura que tive, por intermé...
diegomelo Grupal 11


De virgem a puta num piscar de olhos há 13 horas

De virgem a puta num piscar de olhos Luciana, a Lu com 14 anos. É uma l...
marcela Sadomasoquismo 16


UMA HEROÍNA EM APUROS há 15 horas

UMA HEROÍNA EM APUROS - Pode entrar senhorita, o doutor Fernando a espe...
marcela Fetiches 8


Enquanto Gustavo dormia... há 2 dias

Hoje seria só mais um sábado sem graça, daqueles que a gente desliga o c...
diegomelo Jovens 44


bucetona gordinha e deliciosa da minha sogra caren há 3 dias

Meu amigo Julio mandou-me um conto sobre como fudeu sua sogra enquanto sua...
laureen Coroas 54