mamei seus peitinhos e chupei sua bucetinha delici

11 de Maio de 2018 laureen Heterosexual 307

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria




Sou um cara casado e tenho uma esposa muito ciumenta. Não sou nenhum deus grego, Mas tenho um rosto que chama muito a atenção, pois é bonito, iluminado com belos olhos verdes.

Como disse, tenho uma esposa muito ciumenta, que marca em cima o tempo todo, de maneira que tenho que andar (quase) na linha. Isso é bom porque me fez estar sempre alerta e com uma capacidade de improvisação muito grande. ......quero

compartilhar uma que foi a última que me aconteceu, aqui no edifício em que moro.

Nosso prédio e dotado de 15 andares sendo que acima destes há ainda alguns lances onde há as antenas de TV e Internet. Tem, também, áreas de lazer, e lógico, piscina. Foi na piscina que começou minha história.

Há uma mulher, muito atraente, de seus 40 anos, que pelo estilo, faz academia há muitos anos. Tem um corpo super definido, com algumas tatuagens, e que chama a atenção quando ela chega na piscina. evito descer quando minha mulher está lá, porque a vizinha é assídua, já que ela trabalha à noite e tem os dias livres.

Ela mora só, mas tem três filhas, casadas, que as visita com alguma frequência nos finais de semana. Como explicado em meu perfil, eu gosto de aventuras e num dias desses eu inventei uma maneira de chegar até ela. Descobri qual era o numero de seu apartamento e numa tarde liguei.

Ao atender eu pedi desculpas e disse que, por vê-la muitas vezes voltando da academia, queria saber se ela conhecia algum personal pra me indicar, já que eu estava precisando melhorar meu condicionamento físico.

Dei uma deixa: "Pelo seu físico bem definido, achei que a "senhora" fosse uma personal e por isso resolvi ligar". Ela riu, me deu um esculacho por chama-la de "senhora", mas disse que não. Ficamos conversando por alguns minutos e consegui o telefone dela, já que falar pelo interfone era muito chato. Pedi uma gentileza: quando passar por mim na piscina, finja que não me conhece. Tenho uma mulher muito ciumenta.

Acho que isso despertou um interesse nela, pois logo ela disse: "Hum, o que anda aprontando para deixar sua mulher tão desconfiada? Comecei a entender que já estava despertando um interesse nessa mulher, que nem mesmo sabia quem eu era, mas que por conta de um bom papo e um timbre de voz pra lá de sensual, deve ter deixado ela com vontade de me conhecer.

O tempo passou e forjei uma maneira de chegar até ela. Num dia chuvoso, eu estava em casa. Tenho uma empresa e por conta disso eu faço meus horários. As vezes atendo em minha região, as vezes viajo e fico alguns dias fora.

Nesse dia chuvoso eu mandei uma mensagem pra ela dizendo que era um excelente dia pra tomar um café quente e ficar deitadinho no sofá vendo um filme. Ela falou. Poxa, bem que você poderia comprar um pão pra mim.

Sair nessa chuva não é nada agradável. Eu falei: quer que leve? Claro, tem coragem de sair na chuva por mim. Eu não me fiz de rogado. Falei que dentro de 15 minutos estaria lá. Comprei o pão subi para entregar.

Não toquei a campainha, bati de leve na porta. Eu já estava excitado com a possibilidade e ao abrir a porta eu fui a loucura. Ela estava com um top de academia e um shortinho minúsculo. Certamente para me provocar.

Ela falou que as filhas estavam para chegar e que por isso não me convidaria para entrar. Eu disse que estava apreensivo porque alguém poderia aparecer no corredor e me ver. Eu falei, vem cá. A levei para a escada e dei um beijo bem molhado e sacana.

Quero ressaltar aqui, que eu já havia conversado com ela muitas vezes pelo zap e com isso já tinha tido a oportunidade de quebrar o gelo e de falar muitas besteiras também. Assim foi fácil, na escada, colocar ela pra dar uma mamada no meu cacete. Nossa, como ela chupa bem.

Ela envolveu toda a minha pica com sua boca, chupou minhas bolas e tomou toda a minha porra, quando eu gozei alucinado. Ela não deixou abaixar

seu short, com medo de alguém aparecer, mas deixou tocar no seu grelo,

uma noite recebo uma mensagem dela dizendo que estava precisando de dinheiro

Combinei de lhe emprestar o dinheiro e no dia seguinte eu fui até seu apartamento para entregar. Ela me convidou para entrar e se disse muito envergonhada por ter que apelar a mim. Eu, claro, falei que sempre que ela precisasse poderia me contatar.

Eu já estava com meu pau duro e vendo aquela mulher ali, com roupas tão minúsculas, me atiçava ainda mais. "Nem sei como te agradecer" - disse ela. Posso te dar um beijinho? Eu falei.

Claro, você é um amor. Me acheguei dei um beijo sacana, bem molhado. Aproveitei para acariciar seus seios e falei que seria ótimo poder beijá-los. Ela deixou e comecei a sugar, a principio bem devagar, passando a linguinha nos biquinhos enrijecidos, depois de maneira mais frenética.

Minhas mãos percorria, seu corpo, ora segurando sua bunda, ora apalpando sua buceta, que percebi estava muito molhada, mesmo tocando por cima do short. Com ela sentada no sofá eu me ajoelhei e falei que queria sentir o cheiro da sua xoxota. baixei o shortinho e vi uma buceta linda, com lábios carnudos e um grelho bem avantajado.

Eu comecei a mamar aquele grelo e ela , abriu as pernas e falou queria
minha língua bem fundo dentro dela. Usei minha língua e meus dedos, numa siririca que a levou a loucura. Nesse momento eu já estava alternando meus dedos na buceta e no cu daquela cadela no cio. Ela estava louca e falou que queria experimentar meu cacete.

no quarto e deitei-a de costas na beirada da cama e, em pé eu comecei a passar a cabeça do meu cacete na entrada da sua grutinha, só para deixa-la mais louca e para vê-la implorar.
Como eu estava em pé, eu controlava os movimentos.

Ela estava com as pernas sobre os meus ombros e forçava para meu cacete entrar. Não me fiz de rogado e bem devagarinho fui lhe penetrando, de maneira que ela foi sentindo minha pica entrar suavemente. Eu coloquei tudo, até o talo e fiquei paradinho, forçando para ver se as bolas entravam também , mas com a intenção de vê-la se deliciando.

Comecei um vai e vem frenético, ora devagar, ora forte (batendo com tudo nela). A cada estocada e dava um gemido e isso me excitava mais ainda. Eu falava putaria enquanto a fodia: vai sua cachorra, fode me cacete... gosta de pica forte assim é... Isso, engole ele todo.... aperta com sua buceta....

Ela gemia e fazia o que eu pedia. Nesse interim eu já tinha percebido que ela havia goza. Ela estava tremula e queria mais. Eu tinha tara em sua bunda e falei para ela ficar de costas pra mim. Ela disse: quer minha bundinha é?

Lógico... Ela virou a bundinha pra mime ,coloquei na sua buceta, enquanto que com meus dedos eu comecei a abrir aquele cuzinho delicioso. Coloquei uma camisinha que eu havia levado preventivamente e fui enfiando minha rola naquele rabo dos sonho. Ela foi a loucura, e eu também...

Comi com gosto. Penetrei forte porque era assim que ela gostava... Gozei gostoso e depois desse dia, lhe visito com frequência... Principalmente nos dias de chuva

fim do amigo carlobo


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
fudendo a bucetinha da colega de escola delicia há 1 hora

Eu com 18 anos e ela mais de 30 e divorciada. Começamos uma amizade dentro...
laureen Heterosexual 8


Meu sogrão tarado me engravidou duas vezes há 6 horas

Meu sogrão tarado e gostoso me engravidou duas vezes,meu maridinho era est...
laureen Traição/Corno 31


AS TRÊS MULHERES há 11 horas

No tempo antigo, três mulheres caminhavam por uma estrada. O destino delas...
madalao Masturbação 22


O DESCONHECIDO há 11 horas

Ela desembarcou no terminal do Jabaquara. Saiu apressada em busca de ônibu...
madalao Casual 21


depois que papai viu que era putinha me fudeu deli há 2 dias

Sou filha única,minha mãe morreu quando eu era muito nova e por isso semp...
laureen Incesto 121


Meu sogro fudeu minha bucetinha delicia de foda há 2 dias

Meu marido sai para trabalhar todas as noites e fico solitária e carente n...
laureen Traição/Corno 76