ACABEI PUTINHA Aos trinta anos delicia sexo

01 de Dezembro de 2018 laureen Heterosexual 225

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Meu nome é Paula e aconteceu fazem quatro anos... E quero contar de tudo, todas as perversões que me aconteceram e as que mais amei claro... Mas o fato é que queria saber como minha tumultuada vida chegara a esse ponto: Cursei três anos de pedagogia e pela minha competência mesmo sem estar formada virei diretora de uma escola e precisei abandonar... Ali conheci meu marido e nosso casamento acabou faz um ano enquanto os novos donos do meu emprego me deram um ultimato para terminar o curso...


Fiz minha matrícula no dia em que completei 30 anos... Não sabia em que tipo de perversão me meteria... E as aulas começaram e logo eu me juntando ao pessoal ficando muito amiga de duas meninas que moravam em um casarão próximo a faculdade a Diana com 24 anos e a Nadia com 22... A primeira loira alta e corpulenta (gostosa) e a segunda mais baixa e morena... Eu a menor com 1,64 e meus 50 kg morena tipo índia e com marcas de biquíni... E carente pois terminar casamento não é fácil...

Com três meses de amizade começamos a ficar mais íntimas e eu sempre revelando minha carência as duas... E sabia que elas estavam tendo mais do que eu imaginava pois eram muito carinhosas entre si e a Nadia noiva... Um dia estávamos na minha casa e eu reclamando quando elas se beijaram e eu fiquei atônita pois meu primeiro beijo foi com uma amiga... A Diana me colocou contra a parede literalmente falando e me deu um amasso forte e me beijou de assalto me queimando por dentro e depois que eu gemi gozando sem ser tocada ela me disse:
- Amanhã tem festinha no casarão!!! Aparece lá e assume seus desejos Paula!!!
Ela era mais severa e dominadora que a Nadia essa um amor de pessoa com feições de menina e eu por fim apareci na festa no dia seguinte... Seria uma vinholada e conheci muita gente mesmo... E rolou baseado e vinho direto comigo ficando bem tonta... A Nadia me deu um abraço e me chamou na sala pois a festa rolava no quintal... E me deu um beijo longo nos entendendo rápido...
- A Diana é assim mesmo!!! Você quer brincar com a gente hoje???
- Ah não sei... Mas preciso não é???
Ela desabotoou minha calça e colocou a mão quando a Diana apareceu na sala e já era uma da manhã... Ela riu me olhando com tesão e falou com a Nadia:
- Despede deles amor que eu vou ajeitar nossa convidada...
Ela me levou ao seu quarto me dando um banho e depois colocou uma saia minúscula em mim e me beijou roçando seus seios aos meus... Me mostrou um cinto e pegou na geladeira um consolo no formato do pinto de um cachorro e encaixou no cinto falando para eu me virar... Eu ri chapada e ela enfio na minha bunda onde eu disse o que não deveria:
- Eu nunca dei a bunda porra!!!
Ela colocou o cinto prendendo bem minha bunda... E depois começou a lamber minha xana exposta por um vão no cinto... E eu gozei e ela me colocou uma máscara de cachorra e ela mesma se produziu com látex e couro e se abriu me oferecendo a xana falando que se eu quisesse participar seguiria regras... E se decidisse parar não nos conheceríamos mais... Sua máscara era de uma vaca e a Nadia entrou colocando uma de gata e tirando a calcinha... Ficamos um tempo nos pegando e foi as duas da manhã que a Diana me amarrou e disse para a Nadia que eu não servia para ser lésbica... As duas estavam debochadas e eu disse que não, que tinha gostado muito... A Nadia riu e ligou:
- Amor pode vir... Tem um presente lindo aqui na cama para você...
Ele pareceu subir escadas e apareceu no quarto... Eu notei que o Sandro noivo da Diana se dava bem com ela... A Diana tirou um cacete de 20 cm da sua cueca para fora e começou a mamar como uma verdadeira vaquinha falando:
- Você é um homem de sorte!!!
E a Nadia me fazendo chupar sua xana bem maior que a minha... Eu nunca tive uma xana enorme apesar dela ter crescido muito nos últimos anos... E ele perguntou se estava tudo bem e eu disse que sim... A Diana se abriu e colocou o pinto dele na xoxota enorme pedindo enquanto acendia um baseado e ele outro...
- Me usa!!! Você é o único que pode!!!
Ele rindo perguntou se estava gravando e a Nadia me colocou um baseado na boca e foi me dando tequila e o Sandro não se agüentou falando que ia alimentar a vaca... A gente chapada acha tesão de tudo e vi quando ela escorreu gostoso e seu pinto se contraía indo e vindo e eu imaginando quanta proteína aquela vaca não estava levando... O consolo estava derretendo e a Diana se levantou tesuda e saciada beijando a Nadia e as duas me seguraram as pernas pedindo ao Sandro:
- Vamos garanhão!!! Come essa cadela e faz filhotes nela!!!
Eu me debatia mas minha xana me denunciava e escorria com ele colocando com facilidade dentro e gemendo de prazer:
- Que cadela!!! Eu quero dentro!!!
Eles não falavam nomes e a máscara do Sandro era de um touro... Ele demorou uns 20 minutos comigo amarrada e mamando as duas e depois de lamber peitos e as xanas e ouvir ele louco sendo beijado pela Nadia ele pediu para esporrar na cadela e eu me debati... A Nadia ficou em dúvida e a Diana me segurando falou que era para me explodir porque cachorra leva é na buceta... Eu quase latia:
- Sandro me emprenha!!! Goza dentro!!!
Ele se desfez em mim e a Nadia começou a mamá-lo... A Diana me puxou e tirou a cinta... Na verdade o consolo era um supositório de gel que derretia e ela me disse que queria continuar... Eu pedi que não abusasse... Ela me soltou e me amarrou em cada lado da sua cama com a cabeça para baixo e colocou almofadas na minha barriga amarrando muito bem minhas pernas... Depois falou colocando outro consolo mas esse de verdade na minha xana e tapando a entrada com fita adesiva e eu fiquei louca... Ela colocou uma fita na minha cara e depois sua xana na minha boca e eu comecei a berrar e ela não respondia falando que eu me colocasse no meu lugar e pedindo a Nadia:
- Anda!!! Chama logo os machos sem vergonha!!!
Eu berrei mais alto e ela se divertiu comigo ouvindo vozes minutos depois... Não reconheci nenhuma delas e as duas mamavam e falavam que cabia... Depois a Diana pediu licença e falou no meu ouvido para eu berrar a vontade e colocou fones... Eu senti uma coisa descomunal me penetrando e depois me pegando pela cintura com gosto... Enfiou até o fim e o que eu podia fazer ouvindo música alta era berrar... Pensei na senha para parar mas eu gozava muito com um consolo na minha xana e um pinto desconhecido na minha bunda... Assim senti meus seios sendo mamados ou bolinados e enfim alguém tirou o consolo de mim e um tempinho depois um enorme pinto invade minha xana na carne... Como uma estocadeira ele solta umas dez marretadas no meu útero e depois um creme descomunal... A Nadia tira o fone e fala que está mamando o segundo... E sinto uma língua na minha xana e um baseado na minha boca junto com vodka... E um segundo pinto parecendo maior que o primeiro enfiou em mim e eu me debati mas gozando com aquela furiosa língua na minha xana... A camisinha desse ardia e começou a me esfolar e senti um pinto na minha boca... E novamente alguém tirou a camisinha desse homem e levei uma boa esporrada na buceta... A Diana tirou o fone e eu ouvi apenas o barulho no banheiro... Ela me perguntou tirando a fita:
- Está bom para você???
Eu perguntava arfando:
- Quem são??? Me fala!!! Vocês são loucas!!!
Recebi um tapa...
- Responda!!! Quer parar te solto...
- Não!!! Eu gozei muito!!!
Ela foi tirando a cinta e o consolo da minha xana... Escorreu porra grossa e riu:
- Além de cachorra é uma porca!!!
Ela enfiou minha calcinha na xana e tirou comigo indo as nuvens e depois falou colocando a fita e os fones de novo:
- Venham meninos!!! Não tenham pena!!!
Eu senti o pinto maior (o segundo) entrar em mim... E me esfolar horrores comigo fumando baseados e tomando vodka... Depois de uma esporrada quente na xana o segundo meteu sem dó... Levei porra enquanto mamava o outro que esporrou na minha boca... E esse depois de me encher de vez levou sua mamada também... Demorou dez minutos... Elas voltaram e me deram um banho depois de me soltar... Eu estava pegando fogo e deitei na cama pedindo o Sandro... Esse delicioso de 26 anos me devorou e virou meu amante desde aquele dia... Somos nós quatro... E quem me comeu eu descobri um mês depois com as duas me mostrando o vídeo e eu de algemas sentada no colo do Sandro... Sua pica em mim e de costas... Quem quiser eu conto


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
fudendoa bucetinha da enteada sexo gostoso demais há 8 horas

Olá. Hoje venho relatar como foi minha primeira vez com o meu padras...
laureen Incesto 60


FUDI GOSTOSO A BUCETINHA DA MINHA SOBRINHA há 8 horas

Minha sobrinha é muito safada e trepadeira. Chamo-me Marcos, tenho 4...
laureen Incesto 47


SOU TRANS E ELE IA ME BATER MAS ME FUDEU DEMAIS há 8 horas

Esse relato aconteceu em meados de 2010, eu tinha recém assumi...
laureen Gays 34


A MADRE SUPERIOR SAFADA há 11 horas

O que passarei a relatar a seguir ocorreu há uns três meses atrás, comig...
tigreraiado Aventura 41


Carol, a ruiva infiel e o estuprador há 16 horas

Carol, a ruiva infiel e o estuprador Carol, ainda vestindo o pijaminha ...
marcela Fantasias 52


Carol e o sequestro diabólico há 16 horas

Carol e o sequestro diabólico Carol e o marido, finalmente conseguiram ...
marcela Fantasias 31