Minha maninha era lésbica,eu não sabia bucetinha d

11 de Setembro de 2018 laureen Lésbicas 86

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Minha maninha era lésbica,eu não sabia bucetinha deliciosa,tesão demais sexo,conto real

Sempe fico no computador em casa fazendo meu trabalho de faculdade até tarde da noite ......Não aguentava mais estava realmente cansada ....me espreguicei na cadeira....sentia dores nas costas, depois de horas sentada naquela escrivaninha olhando para uma tela.
Nesse momento, minha irmã Aninha entrou no quarto....me tirando das nuvens ....
-“Oi...Bia . Já acabou esse trabalho da facu?”
- “Quase terminando ....ai mana..... Estou toda quebrada!”

- “Bom, se você quiser maninha , te faço uma massagem.”
não havia nada de malícia no convite...da minha mana caçula...ela sempre foi boa em massagens nas costas.
Todos pediam em casa mamãe papai enfim todos.....

adorava que ela me massageasse .....tanto que nem exitei em soltar meu soutien e deixar minhas mamas à vontade.....-ai mana que delicia “Hum, eu precisava mesmo disso”,
quando notei que, com a massagem e muita conversa jogada fora, fiquei mais tranquila e as dores melhoraram....
-“Acho que vou deitar. Tá muito tarde.” Como sempre faço, abracei-a e lhe dei um beijo na face , dizendo-lhe boa noite.
Entretanto, notei que desta vez ela ficou ali parada, começando a ficar vermelha.
Me afastei um pouco e olhei nos seus olhos, num daqueles momentos intermináveis ,,,e indecifráveis ..... Aninha deu um passo à frente e me deu um selinho na boca.
confesso.... que levei um susto, fiquei chocada – depois notei que havia gostado. num impulso devolvi o beijo gostoso e, quando nossos lábios se encontraram, escorreguei minha língua para dentro da boca da minha irmã.
Ficamos ali por dez minutos, entrelaçando nossas línguas,que beijo gostoso caraca ...nunca tinha experimentado assim o desejo por outra mulher que delicia que prazer estranho descoberto de maneira tão natural..... abraçadas, experimentando aquele novo prazer......
interrompi os acontecimentos inusitados , respirando fundo.
caraca estava tão excitada. Meus mamilos estavam duríssimos por baixo da camiseta....um leve rubor um tesão invadiu minha bucetinha que começou a molhar....
Não pude evitar olhar para os seios da Aninha , que também pareciam querer rasgar seu top de algodão.
disfarcei e disse: “Acho que é hora de dormir, né?”, me afastei, sem saber o que fazer. Me tranquei no banheiro da nossa suíte. Lá dentro, nem sabia o que pensar.
Escovei os dentes e tirei a roupa para colocar a camisola. Minha calcinha estava molhada, e a joguei no cesto de roupas sujas.
Me olhei no espelho. Vi ali uma mulher de 20 anos, corpo bem feito, mamilos eretos, rosto vermelho de se lembrar do que havia feito há pouco.
Porém, estava também extasiada com aquele beijo. Aninha era ainda mais bonita que eu. Aos 18 anos, tinha um colégio inteiro atrás dela os meninos queriam namorá-la mas nunca apareceu com nenhum namoradinho....seus seios durinhos como perinhas lindos tesudos...
. Pensando nela, senti minha bucetinha tremer. Coloquei um dedo nela, e vi o quanto molhada estava. Com medo daquele sentimento, enfiei logo a camisola e voltei para o quarto.
O lugar estava escuro, iluminado somente pela luz do rádio relógio. Aninha já estava na parte de cima do beliche. Tomada pelo momento, disse
“sorte sua que você está aí em cima”, enquanto me enfiava embaixo dos lençóis na parte de baixo. Então tomei um susto. Aninha desceu rapidinho e se aninhou do meu lado .....sim me apertando na minha cama.
-“Mas...” Como resposta, ela me deu um beijo no rosto, que logo deslizou para minha boca. Começamos nossa guerra de línguas novamente.
Não quis mais nem saber e puxei minha irmã pra bem perto de mim. Comecei a acariciar e chuopar seus seios durinhos.
Ela gemeu baixinho e colocou as mãos por baixo da minha camisola, passando a procurar os meus.
Senti um furacão passar por mim quando ela tocou meus seios.
Acendi o abajur, para que eu pudesse vê-la tirar a roupa. Também tirei a minha. Já tinha visto Aninha nua, mas fiquei maravilhada....que corpo lindo durinho seios mais lindos ainda e uma bucetinha apertadinha bem escondida que visão linda.....que tesão me deu ....
Puxei minha irmã em direção aos meus seios, para que ela os chupasse. Ela mamou com força, até que eu a puxasse de volta para minha boca, onde nos encontramos num violento beijo, que acabou comigo deitando em cima dela.
passeando minha língua pelo corpo dela. Ao chegar à sua bucetinha novinha ainda que frescor que perfume delicioso de sexo....estava com tesão demais , acariciei seus pelinhos com o rosto e comecei a lamber seu clitóris....seus labios vaginais perfumados que delicia quase fui à loucura
Nunca tinha sentido aquele gosto antes. O proibido somado aos gemidos indefesos, de menininha, da Aninha , estavam me enlouquecendo.
Minha irmã é aquela menina toda decidida e teimosa mas, que no final das contas, só quer colo. Sempre a amei muito, mas nunca pensei naquele tipo de contato.
Subia por seu corpo e a beijava dividindo com ela seu próprio gostinho. Ela deu uma risadinha, dizendo
-“nossa! O que foi que a gente fez?” O tom da sua voz, porém, não era de arrependimento algum. Com a mão direita, começou a acariciar minha buceta dizendo baixinho:
“também quero...sua bucetinha mana ” Ela colocou dois dedos dentro de mim, e comecei a me mexer em vai-vem, para que aquela mãozinha me penetrasse fundo. Olhávamos uma nos olhos da outra e sorríamos, maliciosas.
Também comecei a gemer. Aquilo estava bom demais...depois ela tirou os dedinhos de minha bucetinha e os lambia como se chupasse um picolé.
E, pelo visto, um muito gostoso.
ai amna que dleicia ai ai.... estamos transando,delicia ai ai caraca ai isso me fode ocm seus dedos ai !
Porque nunca transamos antes?”, perguntei. “Vai ver estávamos muito ocupadas com homens!”,
ela riu gostoso e mais beijos .....depois , olhando fixamente para meus pelos pubianos. Quem tomou a atitude, no entanto, fui eu. Me agachei na cama, colocando minha bucetinha sobre seu rosto que, baixinho, continuava rindo muito, mas nem por isso deixou de, com as mãos, separar meus lábios vaginais e enfiar a linguinha bem fundo. Ela me lambia freneticamente, e me segurei na cabeceira da cama para me equilibrar direito e forçar mais minha buceta de encontro a sua lingua quente e deliciosa...
. Com suas mãos livres, minha irmã começou a se masturbar enquanto me satisfazia, sentindo o orgasmo chegar à medida que ficava mais molhada. Nós duas mexíamos nossos quadris de prazer, ritmo gostoso que só parou quando nós duas gozamos. Relaxamos, abraçadas, enquanto nossa respiração e pulsação voltavam ao normal. Olhei para Aninha .
- “Eu te amo muito,mana ai ai que delicia estou relaxadinha ai ai que tesão
-.” “Eu também te amo.” Um singelo beijinho na boca e dormimos como bebês mas a noite seguinte prometia mais gozo e orgasmos maravilhosos!
fim


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
TEMPOS DE TERROR há 12 horas

TEMPOS DE TERROR Luciana está quase chegando na casa de seus avôs. Al...
marcela Fetiches 10


Enquanto Gustavo dormia... [a melhor parte] há 13 horas

Ontem, compartilhei com vocês uma gostosa aventura que tive, por intermé...
diegomelo Grupal 11


De virgem a puta num piscar de olhos há 13 horas

De virgem a puta num piscar de olhos Luciana, a Lu com 14 anos. É uma l...
marcela Sadomasoquismo 16


UMA HEROÍNA EM APUROS há 15 horas

UMA HEROÍNA EM APUROS - Pode entrar senhorita, o doutor Fernando a espe...
marcela Fetiches 8


Enquanto Gustavo dormia... há 2 dias

Hoje seria só mais um sábado sem graça, daqueles que a gente desliga o c...
diegomelo Jovens 44


bucetona gordinha e deliciosa da minha sogra caren há 3 dias

Meu amigo Julio mandou-me um conto sobre como fudeu sua sogra enquanto sua...
laureen Coroas 54