menage a trois delicia rola na buceta e delicia

04 de Julho de 2018 laureen Traição/Corno 254

Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Toda mulher tem uma fantasia levar rola na bucetinha numa ménage esta é a minha
Sou morena clara, cabelos castanhos claros,olhos verdes, seios médios empinadinhos e uma bundinha bem saliente....minha marca registrada ...kkkk
Quando eu saio percebo os olhares para minha bunda , fico até envergonhada mas adoro....
Eu e meu marido nos amamos muito na cama, ele é ótimo.
Uma vez, tentou sexo anal mas eu senti dor e recusei.
Depois daquele dia,nunca mais insistiu no assunto.

Fazíamos sexo quase todos os dias. Nossas bocas famintas deslizam sobre os nossos corpos a terminam num delicioso 69 . Depois ele me penetra com sua rola gostosa em todas as posições.
A minha preferida quando ele me pega por trás, eu de joelhos bem separados e apoiados na cama, com o peito esmagado no colchão e com a boca, praticamente, dentro do travesseiro para poder sufocar os meus gritos de prazer.

Nestas horas, ele se coloca ajoelhado atrás de mim e com as duas mãos apertando forte minhas nádegas me fode como um louco, gozando dentro da minha bocetinha apertada e gulosa.....

Entre uma transa e a outra, ficávamos nos beijando e nos excitando, falando um monte de sacanagens, um no ouvido do outro e sempre pudemos manifestar todas as nossas fantasias.

Uma das fantasias de meu marido que no início me deixou preocupada mas que, com o passar do tempo, passou a ser a "nossa" fantasia era a do “ménage-a-trois”.
Aquilo vinha em nossas cabeças sempre que ficávamos excitados durante as nossas transas e sempre sussurávamos:- como seria bom compartilhar a nossa cama e as nossas loucuras com uma terceira pessoa.

preciso esclarecer que sou uma mulher super ciumenta e que nunca aceitei, nem ao menos por fantasia ou brincadeira, que um dia pudéssemos compartilhar a nossa cama com outra mulher.
Estávamos indo muito bem, até que conhecemos Marcoza ....numa palestra que estava sendo realizada no anfiteatro da universidade onde trabalho Marcoza ou Marcos ..... era um agrônomo que havia sido contratado por uma cooperativa da nossa cidade para implantar um novo sistema aos pecuaristas.

Assim que chegamos, ele nos foi apresentado E notei que ele não tirava os olhos de mim. Meu marido também percebeu e, depois que minha colega voltou para chamar Marcoza, meu maridinho reclamou dizendo que eu estava muito assanhada e que, enquanto ficara conversando com Marcoza mantive um sorriso constante e sacana do rosto.

Respondi brincando que Marcos era um "gato" e que eu não era de ferro. Para dar um "tchan" na conversa, eu lhe disse, com um sorriso e com uma voz bem sensual que, talvez, estivesse chegando a hora de passarmos das nossas fantasias para a prática.
Meu maridinho ficou preocupado com a minha resposta e me devolveu um olhar meio bravo, meio malandro e a conversa morreu aí.
A palestra terminou por volta de 23 horas a nós dois saímos dali pra uma pizzaria perto dali, mas para nossa surpresa foi quando Marcos e a secretaria da palestra...vieram tb e dirigiram-se a nossa mesa....

Percebi um ligeiro desconforto em meu marido mas ele foi muito gentil. Levantou-se reorganizando nossos lugares e convidou-os para ficarem conosco.
Pedimos vinho e começamos e beber e conversar .....

Meu marido, a princípio estava meio calado, foi se descontraindo e fomos nos conhecendo melhor......

Marcoza... nos disse que era solteiro, tinha 44anos,1,75 moreno lindão
e que adorava dar palestras em qualquer estado.....e sempre bem remunerado.....
Enquanto a conversa fluía e o vinho era degustado, Marcos roçou sua perna na minha, por diversas vezes.

no começo,tirava a perna,depois deixei rolar e foram diversas vezes em que ele esfregou seu joelho na minha coxa, mal coberta pela minissaia que eu estava usando,
sem contar as encaradas que ele me dava. Com medo que o meu marido percebesse alguma coisa, lembrei ao meu maridinho que já estava ficando tarde, e que a gente devia continuar o papo num outro dia.

Na saída, ao nos despedirmos,Marcos nos convidou para jantarmos na semana seguinte.
Em casa na cama deitados, começamos a falar sobre a noite e, de repente, ele me perguntou se eu tinha sentido algum tesão por Marcos...

Fiquei sem ação mas, não sei se foi o vinho ...
meio bebada ainda disse sim ...! eu tinha ficado molhadinha de tesão por aquele homem.
Ele era moreno bonito,educado,charmoso e que eu tinha ficado muito excitada com o interesse que ele havia demonstrado por mim.
Enquanto eu ia falando, fui me enroscando no maridinho e acabamos tendo uma foda deliciosa....pensando em Marcoza....

Naquela noite, meu marido estava demais dei duas fodas sensacionais
, uma atrás da outra, sem tirar o pau de dentro da bucetinha ...o que não era comum.
Três dias depois, Leila me ligou dizendo que Marcoza para que não esquecêssemos do jantar e que ela não iria,pois iria viajar...

No dia marcado,meu marido me ligou do escritório perguntando se iriamos mesmo ao jantar . Eu respondi que sim. Que não via nenhum inconveniente.
No dia meu marido estava de jeans e um blazer. Eu caprichei um pouco mais.
Vesti um vestidinho vermelho, até aos joelhos,feito com um tecido bem macio e fino, tinha um decote que realçava bastante as minhas tetinhas e, ainda, deixava minhas costas quase nuas.
Por baixo, apenas uma calcinha da mesma cor e bem cavada...kkkk
Era uma roupa extremamente sexy.

Assim que chegamos, fiquei surpresa ao verificar que nós estávamos sozinhos e que nós éramos os únicos convidados para o jantar.

Fiquei até meio intimidada mas depois do primeiro cálice de vinho branco eu já estava solta e rindo de tudo que falávamos.
eles logo se entrosaram e conversavam muito.
Marcos nos mostrou a mesa que estava colocada na sala de jantar. Ele mostrou-se um excelente anfitrião.

A mesa estava muito bem posta e ele revelou ser um grande cozinheiro. Serviu-nos um peixe delicioso que foi acompanhado por três garrafas de um famoso vinho alemão.
Depois do jantar e super entrosados ....fomos todos para uma confortável e ampla sala de estar, decorada com extremo bom gosto e havia um enorme espelho que vi que o meu rosto estava pegando fogo ....
Realmente, eu estava ansiosa e excitada por estar ali com dois homens que, eu sabia, estavam a fim de me foder.,,,,só de imaginar minha bucetinha babava de tesão.....

Deixei-me cair em um macio sofá, e eles sentaram -se a meu lado sempre rindo e conversando muito
O assunto, cada vez mais descontraído, logo resvalou para a vida do homem solteiro.
Marcos sorriu e disse que era uma barra. Às vezes a solidão batia,mas que até então, não tinha encontrado a sua alma gêmea.
Rodrigo, meio irônico, perguntou-lhe o que seria uma alma gêmea para ele.
Ele, sem titubear, olhou bem para mim e disse: "-Em primeiro lugar, ela teria que ser linda, charmosa a sexy como sua esposa com todo respeito e, depois,me acompanhar todas as minhas loucuras"

Eu fiquei rubra e meu marido, sorrindo, quis saber quais seriam essas loucuras.
“- Bem," ele disse, “- Eu estou solteiro até hoje porque ainda não encontrei uma fêmea que, ao mesmo tempo em que fosse tudo isso que eu já falei, ainda tivesse os mesmos ideais que eu.

Ideais de liberdade que, acredito, tornariam o casamento muito mais atraente.”
"-Como assim?", quis eu saber, “
- Quais seriam esses tão misteriosos ideais de liberdade?" “
- Olha!," ele começou a explicar, “
- O casamento, tal como está organizado hoje, é uma chatice.

O sentimento de posse que um cônjuge desenvolve em cima do outro, o ciúme e a rotina, acabam com o tesão.
Depois de pouco tempo ficam os dois amargando suas frustrações e enrustindo seus desejos mais secretos."
Eu troquei um rápido olhar com meu marido e vi que ele continuava sorrindo. Criei coragem e disse “
- Marcos..eu e o Ro não somos assim não,
nós temos consciência de que é preciso apimentar a nossa relação para não cairmos na rotina e não temos essa de ficar pegando um no pé do outro, não.
" Ele, olhando para o Rodrigo, disse: “

- Dá pra perceber que vocês formam um casal feliz, realizado e parecem-me liberais ....
“Bem," disse Ro, “- Não é bem assim não.

Lia está dizendo apenas que a gente tem essa consciência mas, na verdade, ainda não conseguimos colocar a teoria na prática......
a gente não tem com quem compartilhar esse tipo de liberdade.-Infelizmente, não estamos na capital .” “- Isso eu compreendo”,-Marcos
emendou,
“- é verdade ja percebi aqui”

Fiquei muito feliz em conhecer vocês e espero que essa nossa amizade prospere sempre."
“- Então, meu amigo", disse meu marido, “- Por que você não abre outra garrafa pra gente selar a nossa amizade?"

Todos nós rimos e Marcos se levantou para buscar
Enquanto ele foi buscar vinho, meu marido veio até mim e, me erguendo do sofá, enlaçou-me pela cintura dando início a uma dança bem lenta......estava com tesão tb e eu mais ainda ......

Quando Marcoza voltou nós estávamos enroscados um no outro, quase parados.
Eu pendurada no seu pescoço e ele me segurando na altura das nádegas. Eu, querendo me exibir, fazia meu vestido abrir ate à metade da coxa.
Marcos tornou a encher os nossos copos que estavam num aparador e, sentando-se no sofá ficou olhando para nós.
Enquanto nos movíamos lentamente pelo espesso carpete, meu marido sussurrava em meu ouvido:
"- Dessa vez, você não vai conseguir escapar".
acho que ele vai te fuder bem gostosinho minha linda!
- Querido, quem disse pra você que eu quero escapar de alguma coisa? "
meu marido beijou-me e suas mãos deslizaram até minha bunda .....fazendo o tecido leve do vestido escorregar sobre minha calcinha.

Eu sentia sua rola totalmente dura entre as minhas pernas e ele foi descendo a sua boca pelo meu pescoço e pelo meu colo, quase fazendo um dos meus seios saltarem para fora.

Entreabri os meus olhos e notei que Marcos
estava se alisando sua rola por cima da roupa que já estufava a sua calça.
Foi neste instante que o CD chegou ao final. Eu fui até ao aparador tomei mais um pouco de vinho.

Voltando para o centro da sala,descalça ,fiquei dançando ao som de uma música, gingando sensualmente na frente de Marcos e notando sua rola durissima ...por baixo da roupa.....

Quando o som começou ....eu estendi os meus braços na sua direção e disse: "
- Vem Marcoza , agora é sua vez de me fazer ficar doidinha..."
Ele olhou na direção de meu maridinho que deu "positivo" para ele. Então, sem tentar disfarçar a sua ereção, Marcos veio na minha direção e, tomando-me delicadamente em seus braços, começou a me embalar, ao som de "Smile".....
Fui aos céus e imediatamente abracei-o pelo pescoço com as duas mãos entrelaçadas em sua nuca e o puxei para encaixar toda sua rola no meio de minhas pernas ao mesmo tempo que ergui o meu joelho pela lateral de seu corpo, deixando minha coxa totalmente liberada para os seus olhos e mãos.
Senti minha calcinha molhar de tesão quando ele também me deu "aquela juntada" com a sua mão esquerda, por baixo de minha roupa, segurando-me, diretamente pela bunda, fazendo-me sentir pequena em seus braços.

Fiquei com medo da reação de Ro, pois não tínhamos combinado nada sobre fazer ménage com Marcos ......meio com medo, entreabri os meus olhos e vi Ro super excitado, tirando o pau para fora da calça e, dava início a uma bela e lenta punheta.
Fui à loucura...queria a rola de Marcos na minha bucetinha gulosa agora não tinha mais volta.....depois do sinal verde de Ro.
Desprendi a mão direita da nuca de Marcos

e comecei a abrir os botões da sua camisa enquanto ele, muito delicadamente, começou a puxar para os lados as alças do meu vestido que foi, lentamente, escorregando pelo meu corpo.
olhou, encantado, para os meus seios durinhos ele começou a chupar os meus mamilos, levou uma de suas mãos para soltar o lacinho que prendia o vestido em minha cintura.

Aí, sem sustentação, meu vestido começou a descer de vez. ....chutei o vestido na direção do meu marido que sorriu para mim,
Eu, só de calcinhas, continuei enroscada em

Marcos agora, debruçado em meus ombros, se esfregava em meus seios a com as mãos já enfiadas dentro de minha calcinha, alisava a minha bundinha empinada.
eu comprimia minha bucetinha contra o seu cacete, apoiada pelas suas duas mãos em minha bunda, arqueei o corpo para trás e tirei sua camisa.
comecei a beijar o seu peito, mordiscando-lhe os mamilos e fui descendo com a minha boca, na medida em que ia me ajoelhando à sua frente.

Já de joelhos no chão, terminei de abrir a sua calça e, um imenso caralho saltou para fora e, praticamente, me deu uma chicotada no rosto.
, fiquei maravilhada...... era bem maior que a do Ro.Abri bem a minha boca e, com as duas mãos, guiei aquela linda jeba de carne quente até que a senti tocando no fundo da minha garganta.
Depois, enquanto mamava como uma bezerrinha,despi toda sua roupa e ele a minha
......percebi duas outras mãos entrando no jogo.
Senti um arrepio quando vi que o meu marido tinha se aproximado por trás de mim e que estava enroscando os seus dedos,
suavemente e logo beijando minha bunda eu com tesão da porra...caraca ter dois machos me fodendo..... caprichei ainda mais na mamada que eu estava dando na rola de Leo.

Ro deu-me uma mordida na nuca, me deixou super tesuda e arrepiada. Gemi de prazer. Gemido que foi abafado pelo pau de
Marcos em minha boca..... meu marido voltou para o sofá e recomeçou a sua masturbação, cheirando minha calcinha.

nus... eu e Marcos puxei-o para o chão e ele deitou-se com as costas sobre o carpete ficando com o cacete bem duro, lustroso pela minha saliva, bem apontado para cima.
Eu segurei aquele lindo cacete e fui encaixando seu caralho dentro da minha boceta.
Quando eu percebi que a cabeça da rola

estava encaixada bem na portinha da minha boceta eu,fui rebolando e descendo a minha bunda, bem devagarinho, bem empinada, forçando sua rola para trás meu cuzinho ficasse bem aberto, expondo-me sob o olhar fixo de meu marido....que não perdia nenhuma cena e gemia na sua punheta ....
Demorei minutos para engolir toda aquela jeba . Quando senti as bolas de seu saco encostadas na minha bunda, comecei a rebolar bem gostoso deixando -o louco de tesão.
Mas, foi uma loucura. Eu fiquei naquele senta-levanta, engolindo e pondo para fora o imenso cacete na minha bocetinha, por mais de meia hora. ..me segurava em cima, deixando só a cabecinha de seu caralho encaixada na minha boceta a eu ficava louca de vontade de tragar aquele cacete até o talo.

gemendo, eu pedia pra ele com voz de choro: " - Não faz assim comigo... enterra este cacetão gostoso bem no fundo da minha bocetinha... não judia dela...me fode assim ai que delicia ai ai ai
E, então, num solavanco, ele me puxava e enterrava-se todo e de uma só vez bem no fundo de mim, entupindo completamente aquela buceta que, até então, só conhecia o cacete do Ro.

A sensação de estar experimentando um pica diferente me deixava completamente alucinada. Perdi a vergonha. Gemia e gritava como uma louca.
Esqueci que meu marido, ao qual eu tinha sido totalmente fiel até àquele dia, estava ali, logo atrás de mim,
vendo eu me comportar como uma puta, devorando aquele lindo macho que eu nem conhecia direito.....mas era um macho formidável....
Fui acelerando os meus movimentos e, entre gritos e gemidos tivemos um orgasmo inesquecível.
Foi um orgasmo de cinema. Esgotada, arriei-me por cima dele, deitei-me a seu lado....
Estava tão relaxada e saciada que fui apagando. Acabei cochilando com a cabeça apoiada no braço daquele homem que me fizera gozar tão intensamente. Nem sei quanto tempo dormi.
Quando acordei, me dei conta de que alguém havia colocado uma almofada sob minha cabeça e estendido um lençol sobre o meu corpo. Eu sentia que a minha boceta estava inchada e toda esporrada.
Ouvi vozes.Meus homens, estavam sentados no terraço, conversando sobre seus assuntos.....e rindo muito ....
Fiquei um bom tempo olhando para eles, com muita ternura e me sentindo muito feliz por eles terem se dado tão bem e, porque não, fazendo planos para o futuro.

fui ao banheiro onde tomei um reconfortante banho. e depois apareci no terraço para chamar Ro para irmos embora.Marcos me deu um suave beijo nos lábios a me disse: "
- Muito obrigado por tudo, princesa. Você é uma delícia" eu respondi "
- Nós é que agradecemos a sua hospitalidade. Espero que você nos dê a oportunidade de retribuir, qualquer dia desses." Ro entrou na conversa e, sorrindo, disse: “
- Podem marcar qdo quiserem, pois da próxima vez, eu não quero acabar na mão." Todos nós gargalhamos e eu e o meu maridinho fomos para casa felizes por termos realizado a nossa fantasia.

Enquanto nosso carro deslizava pelo caminho da nossa casa, eu disse, numa voz bem suave, quase rouca: "
- Amor, não quero que você fique magoado comigo, mas eu tenho que confessar a você que eu gozei muito, aliás, eu gozei tanto que eu pensei até que fosse morrer!
" Ro deu uma risada a disse: "
- Meu bem, nós viemos aqui pra isso, não foi? Eu ficaria aborrecido se você me dissesse, agora, que não tinha gozado, que não tinha gostado ou coisa parecida.
Se você gostou, normal!"
"-Eu não gostei... Eu adorei..." foi a minha resposta. "- Só fiquei aborrecida por você não ter participado. Por que você não chegou junto?
Você não dizia que queria fazer um "menage a trois" comigo e com um outro homem?"
aí, ele me deixou muito feliz ao responder:

"Meu bem, quem disse que eu não participei? Eu também gozei bastante.
Você não viu..... gozei duas vezes só de vê-la gemendo na rola dele ...Você não imagina o efeito que me causou o fato de ver você, ali na minha frente, fodendo com um cara diferente. Eu fiquei doido de tesão. Espero que você marque logo um bis.....e naquela noite meu maridinho me fudeu bem gostosinho de novo kkkk
fim
para amigo Marcoza,fã e amigo adorável!
000000000000000000


Reportagem especial (UOL)
Dona de Casa revela na Internet: A pílula milagrosa que curou a disfunção erétil do MARIDÃO pra sempre! Ler matéria


Leia também
TEMPOS DE TERROR há 18 horas

TEMPOS DE TERROR Luciana está quase chegando na casa de seus avôs. Al...
marcela Fetiches 14


Enquanto Gustavo dormia... [a melhor parte] há 19 horas

Ontem, compartilhei com vocês uma gostosa aventura que tive, por intermé...
diegomelo Grupal 15


De virgem a puta num piscar de olhos há 19 horas

De virgem a puta num piscar de olhos Luciana, a Lu com 14 anos. É uma l...
marcela Sadomasoquismo 22


UMA HEROÍNA EM APUROS há 20 horas

UMA HEROÍNA EM APUROS - Pode entrar senhorita, o doutor Fernando a espe...
marcela Fetiches 9


Enquanto Gustavo dormia... há 2 dias

Hoje seria só mais um sábado sem graça, daqueles que a gente desliga o c...
diegomelo Jovens 50


bucetona gordinha e deliciosa da minha sogra caren há 3 dias

Meu amigo Julio mandou-me um conto sobre como fudeu sua sogra enquanto sua...
laureen Coroas 59